Posted on Leave a comment

Dextrose: Um dos suplementos mais eficientes para o ganho de massa muscular!

Tempo de Leitura: 8 minutos


Tem sentido o seu corpo com cansaço e sem energia durante ou após seus treinos? A dextrose é um suplemento que pode reduzir esse cansaço e promover resultados melhores e mais interessante.

Conhecida por ser uma fonte de fácil e rápida energia para o corpo, a dextrose é um dos queridinhos no mundo esportivo, fazendo com que a sua procura seja cada vez maior. Ela é consumida como pós-treino e participa ativamente do processo de ganho de massa muscular. Só que a dextrose também é eficiente para outros objetivos.

Fique comigo nessa leitura e tenha todas as informações que você precisa sobre a dextrose, um dos suplementos mais consumidos entre os praticantes de musculação. Saiba para que serve, quais são os seus benefícios, qual a dose recomendada para se tomar, efeitos colaterais e MUITO MAIS.

Vamos juntos?

O que é a dextrose?

O suplemento mundialmente conhecido como dextrose é uma molécula de glicose extraída a partir de carboidratos simples, portanto, a absorção pelo organismo é muito mais rápida. Dessa forma, a glicose se torna muito mais presente na corrente sanguínea, fazendo com que nossas células a transformem em energia para o corpo.

A dextrose contém um alto índice glicêmico, com o valor aproximadamente de 110. Podemos dizer então, que é um suplemento responsável por gerar energia para o corpo de forma muito mais rápida e intensa. Ela é muito recomendada para o pós-treino, porque, além de gerar energia para o músculo, ela promove um maior pico de insulina, facilitando assim a absorção de outros tantos nutrientes.

Tudo sobre o suplemento dextrose

Existe uma grande dúvida no mundo esportivo e até mitos que associam a dextrose com a maltodextrina. Realmente há coisas em comum, contudo, são suplementos diferentes. Ainda nesse artigo nós falaremos da diferença entre todos os carboidratos disponíveis no mercado, incluindo a maltodextrina.

Para que serve a dextrose?

Existem dois momentos do nosso dia em que precisamos de muita energia: depois de acordar e depois do treino de musculação. São exatamente nesses dois momentos que ocorrer o temido catabolismo, que nada mais é do que o corpo usando as fibras musculares como fonte de energia, e assim diminuindo o músculo.

É nesse momento que o corpo precisa da dextrose, porque o organismo prefere utilizar os carboidratos como fonte de energia. Quando não há carboidratos disponíveis, ele utiliza as fibras dos músculos. Os carboidratos são bem mais fáceis do corpo absorver do que as fibras musculares.

Além disso, a dextrose é muito utilizada em pessoas que estão internadas e precisam se alimentar através de sonda. Ela também serve para aquelas pessoas que precisam aumentar o nível de açúcar no sangue.

Quais os benefícios da dextrose?

A dextrose é um suplemento voltado para a geração de energia para o nosso corpo e isso acarreta no ganho de massa muscular. Só que podemos destacar outros benefícios que esse carboidrato promove ao nosso corpo, tais como:

  • Fundamental para o ganho de massa muscular;
  • Age na formação de glicogênio;
  • Fornece energia para treinos prolongados e intensos;
  • Indicado para indivíduos que precisam aumentar os níveis de açúcar no sangue;
  • Indicado para pacientes internados;
  • Fácil administração;
  • Melhora a recuperação muscular após exercícios;
  • Melhora a absorção de nutrientes.

No tópico a seguir, nós falaremos especificamente com você que pratica musculação. Saiba como a dextrose pode ser eficiente no seu processo de ganho de massa muscular.

Quais os benefícios para o praticante de musculação?

A grande maioria dos usuários da dextrose são atletas, principalmente praticantes de musculação. Esse é um dos suplementos mais indicados pelos nutricionistas, por ser peça fundamental no processo de construção e manutenção dos músculos.

Benefícios da dextrose para o praticante de musculação

Como o corpo utiliza o carboidrato fornecido pela dextrose como a sua principal fonte de energia, as proteínas conseguem trabalhar na construção muscular. Elas fazem a manutenção das fibras musculares que foram danificadas durante o seu treino. Assim, o ganho de massa se torna muito mais eficiente.

Além disso, a dextrose pode ajudar no ganho de massa de outra forma, ajudando a restaurar a síntese se glicogênio do corpo, responsável por dar volume e melhor aparência aos músculos.

O glicogênio é uma das principais fontes de energia para o músculo garantindo assim uma melhor performance durante os treinos. Dessa forma, os resultados sem dúvida serão cada vez mais satisfatórios.

A dextrose pode fazer engordar?

É comum ter esse tipo de dúvida, uma vez que a dextrose nada mais é do que carboidrato. Sabemos que em excesso, e quando não é convertido em energia pelo corpo, o carboidrato se transforma em gordura. Mas calma, a dextrose não irá fazer você engordar, se consumida de maneira adequada. É por isso que ela é usada como pós-treino.

Em um treino de alta intensidade você pode queimar, em média, 200 calorias e ao mesmo tempo perder muita energia. Isso faz com que o seu metabolismo esteja muito mais acelerado. Dessa forma, o corpo precisa de energia para repor a que foi gasta durante o treino intenso. Essa energia será disponibilizada através da dextrose.

Sendo assim, não se preocupe com a possibilidade de engordar, já que a dextrose irá apenas fornecer energia gasta pelo corpo e, de quebra, atuar na regeneração das fibras musculares, promovendo assim o ganho de massa muscular.

Muitas pessoas possuem práticas alimentares ruins que geram o ganho de peso (engordar) e colocam a culpa em suplementos de carboidrato, como a própria dextrose. Por exemplo: se você consome um número elevado de calorias durante o dia, acrescentar a dextrose na sua dieta pode sim ocasionar o ganho de peso.

Se você consumir a dextrose e não praticar exercícios de forma correta, ou seja, não queimar esse carboidrato, as chances de você engordar são gigantescas. Em outras palavras, não adianta você tomar dextrose ou se empanturrar de alimentos calóricos e ficar sentado no sofá esperando um milagre acontecer.

Como tomar a dextrose?

A dextrose é um suplemento para ser consumido após o treino. Isso porque ele é um carboidrato simples, ou seja, de rápida e fácil absorção. Dessa forma, se você o consome antes de treinar, é provável que fique com o nível de glicose muito elevado (hipoglicemia) e você venha a ter tonturas durante o treino.

Caso você faça exercícios aeróbicos de alta intensidade, como corrida, natação, ciclismo, entre outros, não há problema em consumir a dextrose antes, já que você vai precisar de muita energia em curtos espaço de tempo.

Como consumir a dextrose

Muitos atletas consomem a dextrose junto com com alguma fonte de proteína, como o whey protein. Isso porque ela é um carboidrato de fácil absorção. Dessa forma, os nutrientes e vitaminas serão melhor aproveitados pelo músculo, facilitando assim a hipertrofia e evitando o catabolismo.

A sugestão de uso é de 50g de Dextrose por dose de uso. Ou seguir as recomendações do seu nutricionista.

Efeitos colaterais

Além da possibilidade de engordar (se usada de forma incorreta), o mal uso da dextrose pode levar o indivíduo a desenvolver um estado hiperglicêmico, que é o excesso de glicose presente nas nossas células. Nem sempre essa situação pode acontecer, porém quando aparece os principais sintomas serão:

  • Falta de ar;
  • Excesso de cansaço;
  • Febre;
  • Enjoos;
  • Vômitos;
  • Mal estar;
  • Dores no estômago;
  • Entre outros.

Por esse motivo, sempre recomendamos que você peça ajuda a um (a) nutricionista para ter certeza se você realmente precisa consumir e qual a quantidade necessária, de acordo com as suas individualidades.

Contraindicações

Pessoas que são diabéticas ou que têm predisposição para desenvolver essa doença não devem de forma alguma consumir a dextrose. Além disso, os indivíduos que se enquadrem nos seguintes perfis:

  • Grávidas;
  • Mulheres em em fase de amamentação;
  • Pessoas acima do peso;
  • Pessoas com inchaços (edemas) em algumas partes do corpo;
  • Pessoas com edema pulmonar.

Devem procurar ajuda profissional antes de consumir a dextrose ou qualquer outro tipo de suplemento a base de carboidrato. Em alguns destes casos, o consumo desse suplemento pode não ser a melhor opção.

Vale a pena tomar a dextrose?

Em termos científicos sim. Veja bem, quando você acaba de treinar, o organismo pode levar até uma hora para absorver todos os nutrientes que ele precisa para repor as energias gastas, antes de recorrer aos tecidos musculares, que quando são usados como fontes de energia, acontece o que chamamos de catabolismo.

Então, se você mora longe da academia e demora muito até chegar em casa e preparar alguma coisa pra comer, podemos dizer que vale e muito a pena você suplementar com a dextrose. A dextrose serve (entre outras coisas) para que os seus esforços durante o treino são sejam em vão.

Diferença entre Maltodextrina, Palatinose e Waxy Maize

Muito se fala em carboidratos quando o assunto é musculação. Mas a dúvida que sempre permanece, principalmente para que está começando, é qual o suplemento certo? No caso dos carboidratos, existem os mais populares que são a maltodextrina, palatinose, waxy maize e claro, a dextrose. Há muitas coisas em comum entre eles, porém, eles são suplementos com funções específicas. Conheça a diferença entre cada um.

Diferença entre maltodextrina, palatinose e waxy maize

• Maltodextrina

Diferente da dextrose, a maltodextrina é um polissacarídeo, ou seja, possui mais de um carboidrato em sua composição. Essa é uma das principais diferenças entre eles, visto que, como já falamos aqui, a dextrose é conhecida por ser de fácil e rápida absorção.

Em outras palavras, a dextrose tem o poder de levar energia ao músculo muito mais rápido do que a maltodextrina. Só que é bom deixar claro que a maltodextrina fornece energia de forma gradual, ou seja, ela vai se transformando em energia aos poucos, no decorrer do treino. Por esse motivo a maltodextrina é utilizada como pré-treino.

CONHEÇA MAIS SOBRE >>> Maltodextrina

• Palatinose

A palatinose é um carboidrato muito utilizado por atletas que praticam treinos mais demorados, como correr, pedalar, nadar etc. Esse carboidrato te garante energia por muito mais tempo, já que não promove picos de insulina, diferente da dextrose.

Entre outras funções, a palatinose ajuda na queima de gordura, pois ela ativa o metabolismo do tecido adiposo, que são as nossas gorduras estocadas pelo organismo. A palatinose faz com que o organismo transforme essas gorduras estocadas em fonte de energia para o nosso corpo.

CONHEÇA MAIS SOBRE >>> Palatinose

• Waxy Maize

Esse é um carboidrato complexo, que contém um baixo índice glicêmico. Diferente da dextrose, ele não gera picos de insulina no corpo. O Waxy Maize é um suplemento que é de fácil absorção e facilita que o organismo também absorva outros nutrientes.

Ele é extraído a partir do amido de milho ceroso, cultivado nos Estados Unidos. Esse amido não contém açúcares e nem glúten. Ele também evita edemas (inchaços) porque o amido de milho ceroso não retém líquidos.

CONHEÇA MAIS SOBRE >>> Waxy Maize

Onde encontrar dextrose?

Não é difícil encontrar dextrose, já que é um dos suplementos mais consumidos no mundo esportivo. Você encontra em farmácias, lojas de suplementos e até mesmo em alguns supermercados. Mas se você é daqueles que prefere a facilidade de fazer as compras sem sair de casa, existem vários sites especializados em suplementação esportiva.

O preço também pode variar muito de acordo com a marca e a quantidade. Por exemplo, a dextrose da Growth Suplements custa R$ 16,00 com a quantidade de 1 kg (quilo). Em outros sites você encontra esse mesmo produto de marcas inferiores por até R$25,00. Além do preço justo, a Growth Suplements garante produtos de alta qualidade e aprovada pelos principais nomes do mundo fitness.

Conclusão

A dextrose é um dos suplementos mais consumidos em todo o mundo pelos praticantes de musculação. Seus benefícios são cientificamente comprovados, o que o torna cada vez mais conhecido e requisitado. Contudo, é preciso ter cautela ao consumir esse suplemento para evitar problemas, como o ganho se peso.

Caso você precise fazer essa suplementação, tenha certeza da quantidade ideal para você, para que os efeitos colaterais sejam evitados.

Para ter resultados muito mais satisfatórios consumindo a dextrose ou qualquer outro suplemento voltado para o ganho de massa, é necessário ter uma boa combinação da suplementação com o treino adequado e também com a dieta.

Para isso, hoje que quero indicar um programa chamado Consultoria Perfeita, criado pelo coach físico e personal trainer .

Boa suplementação!

Posted on 1 Comment

Palatinose: Carboidrato que gera Energia para um dia inteiro!

Tempo de Leitura: 7 minutos


A maioria dos atletas, tanto profissionais, quanto amadores procuram sempre consumir algum tipo de carboidrato em seus treinos como fonte de energia, e assim os resultados serem mais satisfatórios. A palatinose é um carboidrato que promove energia ao corpo de uma forma mais equilibrada, além de promover outros diversos benefícios ao organismo.

Extraída de uma fonte natural de sacarose, a palatinose é muito procurada por indivíduos que desejam aumentar seus rendimentos em atividades físicas de longa duração, por promover um aumento de energia ao corpo de forma constante e duradoura, sendo eficaz também na queima de gordura.

Neste artigo preparamos um guia completo sobre este carboidrato, que vem se tornando a nova sensação do mundo esportivo. Aprenda quais são seus principais benefícios, como tomar a palatinose, onde encontrar e muito muito mais!

O que é a palatinose?

A palatinose, ou isomaltulose, é um tipo de carboidrato que é derivada da sacarose (açúcar) extraída da beterraba. O açúcar de cana, que é o mais comum de ser consumido, também é uma sacarose.

estrutura molecular da palatinose

Trata-se de um dissacarídeo que é composto basicamente por uma molécula de glicose e outra de frutose. A diferença entre a sacarose da beterraba e da cana de açúcar é a ligação química, fazendo com que a palatinose (sacarose da beterraba) seja um carboidrato de índice glicêmico baixo.

Como funciona no organismo?

Ao contrário de outros carboidratos, como a maltodextrina, a palatinose evita os picos de insulina em seu organismo. Esses picos de insulina fazem com que você tenha uma rápida energia no corpo, mas que essa energia acabe rápido também. A palatinose evita esses picos, fazendo com que você tenha uma energia duradoura por mais tempo.

A palatinose é um carboidrato de digestão muito mais lenta do que qualquer outro, ou seja, ela vai liberar insulina de forma muito mais equilibrada para o sangue, promovendo um aumento de energia ao seu corpo por mais tempo, fazendo com que o rendimento nos treinos sejam mais significativos.

Para que serve?

A Palatinose serve para que você possa fornecer energia ao seu corpo. Também serve para que você possa completar os seus macronutrientes de carboidratos, caso essa seja uma necessidade de sua dieta.

A vantagem em usá-la ao invés de utilizar outros suplementos de carboidratos é sua ação gradativa, que garante energia ao corpo durante várias horas do dia, enquanto outros suplementos possuem picos de energia por minutos e depois essa energia acaba.

Outra vantagem interessante da Palatinose são para pessoas que querem queimar gorduras. A palatinose consegue ajudar na queima de gorduras, pois ela ativa o metabolismo do tecido adiposo (gorduras estocadas), fazendo com que esse metabolismo seja mais ativo e seja utilizado para continuar gerando energia ao corpo.

Quais os benefícios da palatinose?

Veja agora uma lista com os principais benefícios da palatinose, e descubra porquê esse carboidrato é tão desejado entre os praticantes de musculação, corredores e outros tipos de atletas.

  • Ajuda no emagrecimento;
  • Baixo índice glicêmico;
  • Melhor absorção de outros nutrientes;
  • Promove mais energia ao corpo e por mais tempo;
  • Retarda a fadiga muscular (cansaço muscular) durante o treino;
  • Diminui a fome durante e após as atividades físicas;
  • Apesar de ser um tipo de “açúcar” não causa cáries;
  • Regula os níveis de glicose no sangue.

Viu como vale a pena aderir a palatinose à sua dieta? Se estiver com dúvidas ainda sobre ela, continue lendo este artigo que mostrarei mais alguma vantagens do uso da palatinose.

gráfico liberação de glicose no sangue: carboidratos X palatinose

 

Como consumir?

A maioria dos profissionais recomendam o uso da palatinose antes dos treinos, para que o corpo possa tirar o máximo de proveito da energia gerada. Ela pode ser consumida, tanto de forma isolada, quanto como acompanhamento em sucos, ou outras bebidas.

O recomendado é consumir 15g ao dia, em porção única, sendo que não há um horário específico para consumir, ou seja, o consumo da palatinose vai depender dos horários do seu treino.

Outra forma de utilizar a palatinose também é para adoçar a sua vida. Por exemplo, ao invés de você usar açúcar refinado para fazer seus doces e etc, utilize a palatinose. Você terá mais saúde e não perderá em nada o seu sabor (desde que use a palatinose sem sabor).

Para apenas manter um índice glicêmico equilibrado, o recomendado é 10g ao dia, e para acelerar a queima de gordura, o recomendado é o consumo de 18g ao dia, ambos em porção única.

Quais os benefícios para o praticante de musculação?

Praticantes de musculação sempre estão em busca de formas de aumentar a sua energia, para que possam desempenhar um treino melhor, e a palatinose pode ser uma solução para quem busca esse objetivo.

A palatinose é um carboidrato que é liberado de forma muito equilibrada no sangue, fazendo com que seu corpo tenha energia durante todo o treino, sem altos e baixos na sua energia. Além disso, ela preserva os estoques de glicogênio muscular, assim evitando fadigas musculares (cansaço) durante o treino.

Sendo assim, a palatinose pode ser considerada bastante eficaz para quem deseja aumentar a massar muscular e obter resultados melhores em treinos de força intensa e para quem pratica exercícios de longa duração, como corrida, bicicleta e outros.

A palatinose emagrece?

A resposta é sim. Talvez não de maneira tão direta quanto um termogênico, mas ela com certeza ajuda na queima de gordura e no emagrecimento.

Por ser uma carboidrato de ação gradual, ela garante a reposição dos estoques de glicogênico muscular, fazendo com que as gorduras precisam ser queimadas para gerar energia de forma continua. Esse processo vai ocasionar na oxidação de gorduras durante os execícios, ou seja, as moléculas de gorduras são quebradas durantes os treinamentos.

Outro ponto interessante é que, como a palatinose mantem o açúcar no sangue por mais tempo e é liberado lentamento em forma de energia, a necessidade de ingerir alimentos doces durante o dia será muito menor, o que ajuda a evitar mais acumulo de gordura.

Só é importante lembrar que nesse caso o emagrecimento é uma consequência, ou seja, não é recomendado o uso da paltinose com o objetivo único de perder peso, para isso existem outros suplementos melhores.

Palatinose engorda?

Como pudemos entender, a palatinose é um carboidrato. E todo carboidrato em excesso pode engordar sim. E excesso é tudo aquilo que o seu corpo não necessita, por exemplo, se o seu corpo necessita de 50g de carboidratos por dia e você ingere 60g, significa que esses 10g a mais serão acumulados em gorduras (se não forem gastos).

Portanto a palatinose pode engordar sim, se você usá-la de maneira errada.

Por isso é essencial que você busque um profissional de nutrição para ajustar a sua dieta e encaixar a palatinose dentro da dieta, de forma que ela não fique em excesso de carboidratos.

Diferença entre Maltodextrina, Dextrose, Waxy Maize e Palatinose

A palatinose é um tipo de carboidrato que se diferencia dos outros, pois, além de gerar energia ao corpo, essa mesma energia é mantida por muito mais tempo, diferente de outros suplementos carboidratos, tais como: Maltodextrina, Dextrose e Waxy Maize.

Agora que conhecemos bem a Palatinose, vamos também conhecer um pouco destes outros carboidratos para entendermos melhor a diferença entre eles.

– Maltodextrina

Se trata de um carboidrato de alto índice glicêmico. A maltodextrina é um polissacarídeo, ou seja, é formado por uma série de moléculas de glicose.

Com esse índice glicêmico mais elevado, os picos de energia que são utilizados pelo músculo serão muito mais intensos, porém a duração desses picos de energia é também muito mais rápida, o que é ruim para quem precisa de energia para um dia inteiro.

APRENDA MAIS >>> Maltodextrina: um suplemento esquecido por muitos…

diferenca maltodextrina dextrose waxy maize

– Dextrose

A dextrose também é um carboidrato de alto índice glicêmico e que possui uma absorção bastante rápida, pois não precisa passar pelo fígado para ser metabolizado. Ela é um monossacarídeo, pois contém apenas uma molécula de glicose e é considerado um carboidrato simples.

Apesar de ter uma absorção muito mais rápida do que outros carboidratos, a sua geração de energia também é bastante rápida, sendo aproveitada por poucos minutos. Portanto não é um suplemento que deve ser usado para quem busca energia por um dia inteiro.

– Waxy Maize

Esse carboidrato é o mais parecido com a palatinose, por também conter um baixo índice glicêmico, por ser um carboidrato complexo e não gerar picos de insulina no corpo.

Se trata de um carboidrato feito de um amido de milho ceroso, cultivado nos Estados Unidos. Um dos benefícios desse carboidrato é que ele é absorvido de maneira muito eficaz, facilitando também que o organismo absorva outros nutrientes.

O amido que compõe a waxy maize é livre e açúcares e glúten, além de não reter líquidos, o que evita inchaços indesejáveis.

APRENDA MAIS >>> Waxy Maize: Um excelente carboidrato para praticantes de musculação!

Onde comprar palatinose de qualidade?

A palatinose é um produto relativamente novo aqui no Brasil. Por isso, não se espante se você for em alguma loja e não a achar. O mais provável é que você encontre a palatinose nas principais lojas online.

Eu recomendo o site da Growth Supplements, que é uma marca nacional, mas com reputação internacional e que tem os melhores preços do mercado quando o assunto é suplementos alimentares.

O preço deles está saindo, por volta de R$76,50 em 1kg do suplemento. Isso garante a você, pelo menos 2 meses de uso do suplemento, o que é um excelente custo X benefício.

Conclusão

A palatinose é um tipo de suplemento carboidrato que se diferencia dos outros, pelos benefícios que ela proporciona ao corpo e por seu tempo de geração de energia. Ela promove mais energia, por muito mais tempo, e sem gerar picos de insulina em seu organismo.

Portanto este pode ser considerado hoje, como a revolução dos suplementos em carboidratos!

Recomendo que procure ajuda de um profissional para que ele te oriente a melhor forma de incluir a palatinose na sua dieta de forma correta e segura, para que você desfrute apenas de seus benefícios.

Boa suplementação!

Posted on 10 Comments

Waxy Maize: o Guia Completo – o que é, benefícios, como usar

Tempo de Leitura: 6 minutos


O Waxy Maize pode ser considerado uma revolução no mercado de suplementos alimentares, quando suas características superam as necessidades nutricionais e auxiliam na performance.

Por suas características, o waxy maize tem substituído a maltodextrina ou mesmo a dextrose, carboidratos tipicamente utilizados em momentos pré e pós treinamento.

Nos últimos anos, tem recebido uma grande aderência por inúmeros praticantes de musculação e outros e esportes e tem elucidado a indústria de suplementos alimentares.

E agora muitos começam a perguntar, mas o que é esse suplemento waxy maize que vem substituindo grandes nomes como a dextrose? Quais seus efeitos? Quais seus benefícios? Porque ele é melhor que a dextrose? Quais são as funções desse suplemento? O que ele pode fazer por você? Será que seu custo realmente vale?

Enfim, quando uma novidade revolucionária chega ao mercado, ela acompanha inúmeras dúvidas, as quais tentaremos responder com este artigo. Vamos lá!

O que é waxy maize?

Waxy maize é um suplemento a base do chamado “amido ceroso”, o qual pode ser considerado um amido diferenciado por conter cerca de 70% de amilopectina e 30% de amilose, o que faz dele um composto de fácil digestão dentro do organismo, não causando nenhum tipo de dificuldade na hora de ser quebrado e absorvido.

amido-de-milho-ceroso-po

Além disso, o amido ceroso também é interessante quando mostra outros benefícios, como a capacidade de atrair outros nutrientes de difícil assimilação, por exemplo, proteínas, creatina, beta-alanina e etc, fazendo com que a absorção destes nutrientes seja mais fácil e rápida. Outro ponto posivito é que ele é zero açúcar, não retem líquidos e nem possui glúten, o que evita qualquer tipo de inchaço. Por fim, este amido possui uma baixa osmose, o que favorece para que ele seja absorvido na corrente sanguínea e possa ser transportado para os músculos debilitados.

Diferenças entre Waxy Maize, Maltodextrina e Dextrose

Antes da chegada do waxy maize ao mercado, ele era dominado por suplementos como a maltodextrina e a dextrose, suplementos também a base de carboidrato, mas que são diferentes do waxy. Vamos entender melhor a diferença entres os 3 e aprender porque o waxy maize é a melhor opção.

A maltodextrina e a dextrose eram e ainda são muito utilizadas por praticantes de musculação, seja por desconhecerem as novas tecnologias ou pelo preço, já que custam aproximadamente R$10 um caso de 1kg. Porém, essas soluções apesar de fornecer energia rápida pelo pico de insulina que promovem, podem também fazer com que essa energia seja facilmente tirada de circulação, ocasionando problemas como hipoglicemias rebote, problemas como tonturas, náuseas e muito mal estar. Principalmente em indivíduos que possuem algum tipo de problema insulínico, esses efeitos são claramente observados.

maltodextrina-dextrose-waxy-maize

A maltodextrina também é um suplemento que advém do amido de milho, assim como o waxy maize, porém é de um milho diferente. Ela é um suplemento a base de carboidrato complexo e que possui uma digestão mais lenta, o que resulta em aumento de insulina na corrente sanguínea, aumento de glicose nas celulas, recuperação da fadiga muscular e etc. Ela também possui em sua composição frutose e glicose.

A dextrose já é diferente da maltodextrina, pois é um suplemento a base de carboidratos simples, que é absorvido de maneira rápida pelo organismo. Por ser simples, a dextrose rapidamente eleva a taxa de glicose no organismo e supri as necessidades de energia do corpo. Por ser de alto índice glicêmico, ela promove picos de insulina no organismo e ajuda a transportar outros nutrientes, como proteínas, creatina, BCAA e etc.

O waxy maize, como já citado, é um suplemento a base de amido ceroso, de carboidrato complexo e que possui uma digestão lenta, porém facilitada. Além disso, ele é um suplemento de baixo índice glicêmico e que não produz picos de insulina no organismo, fazendo com que você não tenha os malefícios citados acima. Ele ajuda no transporte de nutrientes e possui baixa osmose, facilitando sua entrada na corrente sanguínea e chegando ao músculo com mais fluidez.

Benefícios do suplemento

Inúmeras recomendações na dieta envolvem protocolos os quais pregam o não uso de carboidratos de fácil digestão para a dieta convencional. Diferentemente de estarmos ou não falando de índice glicêmico, carboidratos na dieta humana devem ser complexos, como o amido, por exemplo. Isso porque, além de promover uma liberação gradual de energia, eles não tenderão a problemas como rápida glicólise, glicogênese e o acumulo de gordura, caso haja quantidade para armazenamento.

Para praticantes de esportes, alguns carboidratos de mais fácil digestão podem ser interessantes em alguns momentos, favorecendo a recuperação, a redução da fadiga e a performance de uma maneira geral. São os casos de alguns momentos pré-treinamento, pós-treinamento e mesmo durante o treinamento.

Entre as principais características do amido de milho ceroso estão a melhor hidratação, possuem a capacidade de produção de maior viscosidade e são utilizados para melhorar a retenção hídrica em alguns compostos, assim como a viscosidade.

Com um carboidrato que tenha maior atração pela água e maior capacidade de gelatinificação (formação de gel no trato gastrointestinal), são possíveis efeitos como: a diminuição da retenção hídrica, uma vez que a água subcutânea será destinada à hidratação dessas moléculas de amido, uma maior capacidade de aproveitamento de nutrientes no trato gastrointestinal, visto que consegue-se maior tempo de digestão e contato enzimático de outros nutrientes no trato gastrointestinal, tendo uma melhor digestão e absorção sem perdas ou com perdas mínimas e etc.

Em 2011 a Department of Health & Exercise Science, no EUA, observou que em comparação com a maltodextrina, o waxy maize aumentou a quebra de lipídios armazenados no corpo (que é a gordura corporal).

Os picos, assim como a liberação de glicose para ser absorvida e de insulina para que ela seja aproveitada em tecidos insulinodependentes, acontecem de forma mais lenta com a utilização do waxy maize, em comparação com a maltodextrina, o que nos possibilita concluir também que o carboidrato consegue fornecer aportes energéticos por um período bem mais longo.

Como usar o waxy maize

O waxy maize é um suplemento que, assim como outro qualquer, necessita de formas e protocolos corretos de utilização, do contrário, sua eficácia será mínima ou até mesmo nenhuma. Entre as formas mais frequentes de utilizá-lo, estão imediatamente antes e imediatamente após o treinamento.

produto-waxy-maize

Usa-se o waxy maize antes no caso de necessidade de uma refeição pré-treino imediata, caso sua refeição sólida pré-treino tenha uma distância muito elevada do treino, por exemplo, você treina as 15h, fez um pré-treino sólido as 13h e necessita de uma refeição antes de treinar. Então, mistura-se normalmente uma solução de waxy maize, aminoácidos e o whey protein hidrolisado, pois sua digestão é praticamente mínima, não causando desvio significativo do fluxo sanguíneo para o trato gastrointestinal. Pessoas que treinam nas primeiras horas do dia, logo ao acordar podem se beneficiar com esse uso.

Utiliza-se imediatamente após o treino para fornecer energia rapidamente, não gerar picos insulínicos e auxiliar na melhora da digestão e na absorção de nutrientes de outros suplementos, especialmente a creatina, que mostra-se muito melhor absorvida na presença de waxy maize.

O waxy maize não deve ser um suplemento utilizado como substituto de outros carboidratos como, por exemplo, em refeições. Procure sempre utilizar carboidratos complexos como o arroz, as batatas, mandioca, cará, inhame, entre outros.

Sem sombra de dúvidas, apesar da eficácia, o waxy maize necessita de protocolos corretos de utilização, sejam nos momentos, no respeito às necessidades individuais, nas quantidades e nas misturas feitas com o mesmo. Portanto, não pense que esse é mais um milagre da indústria, mas veja-o como mais uma ferramenta para o desenvolvimento físico.

Onde Comprar mais barato?

Um bom lugar para se comprar produtos mais barato é a internet. E como você está pesquisando o mesmo por ela, acredito que já saiba disso e está acostumado. Um site que indico muito, que é onde fazemos as nossas compras da equipe, é o da Prozis. É um site Europeu, que chegou no Brasil a uns 3 anos e possuem preços super acessíveis, entrega garantida e produtos de qualidade.

Conclusão:

A tecnologia está ai para ser usada e para que possa trazer cada vez mais inovações ao mercado de suplementos. Pudemos comprovar isso com o Waxy Maize, que é quase que uma mistura da maltodextrina com a dextrose, trazendo a parte boa dos dois suplementos e fazendo com que ela seja melhor.

Porém como nem tudo são flores, apesar de um excelente suplemento, hoje os seu preço no Brasil ainda é relativamente alto, principalmente em comparação com os seus rivais. Um saco de dextrose ou maltodextrina tem saído a R$10,00 o kg. Já o waxy maize tem um valor, aproximadamente, de R$70,00 o kg. Inclusive esse é um dos motivos deste suplemento ainda não ter caído no gosto popular.

Porém, como mostramos ele vale a pena ser utilizado e o seu retorno, em melhor saúde e melhores ganhos musculares é notável. Por isso, se você tiver condições, não pense 2 vezes, vá de waxy maize!

Posted on Leave a comment

Waxy Maize da Prozis Sports, o que esperar do suplemento?

Tempo de Leitura: 3 minutos

No mundo da musculação, quando se fala em carboidrato de rápida absorção, logo lembramos da maltodextrina e da dextrose. Porém nos últimos anos, é sabido que carboidratos simples, como os dois citados, não são mais os ideais para o corpo ingerir, isso porque eles alteram em muito o nosso organismo. Por isso, novos alimentos foram buscam e novos carboidratos de rápida absorção, porém compostos, foram descobertos. E o de maior relevância é o que conhecemos como Waxy Maize, um suplemento a base de carboidrato do milho.

O Waxy Maize da Prozis Sport é anunciado como o próximo passo na evolução dos carboidratos para atletas de esportes de força e potência. Nós testamos o produto e tiramos nossas conclusões. Descubra o que descobrimos.

O que é Waxy Maize?

Traduzindo para português, Waxy Maize é “milho ceroso”. Basicamente, o milho ceroso é um tipo de carboidrato complexo, cuja composição molecular se assemelha à composição da cera – daí o nome “ceroso” – e que tem um peso molecular 100x mais pesado que os carboidratos habitualmente utilizados em bebidas energéticas.

O enorme peso molecular do milho ceroso se deve ao seu alto teor de amilopectina, um polímero de glicose altamente ramificado e que é rapidamente digerido e utilizado no corpo humano.

Comparado com polímeros de glicose normais, o milho ceroso consegue passar pelo processo digestivo do estômago 80% mais depressa e é capaz de restabelecer os depósitos de glicogênio corporais 70% mais rapidamente.

APRENDA MAIS: Sobre o Waxy Maize e como ele pode ajudar em sua dieta

Há cerca de 10 anos que o milho ceroso vem sendo usado pela comunidade de praticantes de fitness e fisioculturismo, devido a sua enorme capacidade de restabelecimento de glicogênio corporal. Porém só nos últimos 3~4 anos ele foi difundido para o publico em geral, sendo antes usado apenas por especialistas.

O waxy maize pode melhorar meus resultados atléticos?

Se você pratica algum esporte de força e/ou potência – como fisioculturismo, crossfit, halterofilismo, powerlifting, esportes de combate – então sim, carboidratos podem ajudar na performance. Inúmeros estudos comprovam a rapidez do waxy maize no processo de restabelecimento de glicogênio corporal.

Na verdade, o milho ceroso tem a capacidade de restabelecer os níveis de energia no corpo quase imediatamente após o treino, ou seja, bem mais depressa que as bebidas energéticas e esportivas que apenas usam açúcares simples em sua composição. E por que é isso importante? Porque, além de recuperarmos a energia, o pico glicêmico que é imediatamente gerado pelo milho ceroso no plasma também ajuda a transportar todos os nutrientes do sangue até às células musculares.

O waxy maize não só restitui os níveis de energia após o treino, como ajuda muito a melhorar o processo de recuperação das fibras, ou seja, o crescimento muscular.

O waxy maize da Prozis é um bom produto?

Sim, é. A Prozis é uma marca já conhecida no mercado brasileiro, com uma série de produtos de alta qualidade que comprovam a seriedade da empresa. Esse é sempre o primeiro elemento a se ter em conta para determinar a qualidade de um suplemento.

Em relação ao suplemento propriamente dito, o Waxy Maize 1000 g é um produto de puro milho ceroso em pó, facilmente solúvel em água, que constitui uma excelente adição ao seu batido proteico pós-treino. Tomado juntamente com proteína, o waxy maize não só ajuda a rapidamente regenerar o glicogênio muscular, como também facilita o transporte de aminoácidos para os músculos, acelerando e melhorando a síntese proteica muscular.

Disponibilizado em embalagens de 1Kg e com doses de cerca de 30g, o suplemento durará cerca de 1 mês. O produto tem um preço bem acessível, custando uma média de R$35,99, quando comprado através da loja da própria Prozis Brasil. Ou seja, considerado a relação qualidade/eficácia/preço, estamos perante um ótimo produto, sem ingredientes adicionais desnecessários, que aumentam o valor do suplemento, mas sem aumentar seu benefício.

Onde comprar?

Como este é um produto de fabricação da Prozis Sports, o único lugar que você o encontrará é na própria loja da Prozis Brasil, pela internet. Esta loja, apesar de nova no Brasil, vem surpreendendo e muito com seus valores baixos e principalmente com a sua marca de suplementos, de muita qualidade e baixos preços.

Portanto se você quer experimentar um bom Waxy Maize e não quer pagar cerca de R$80,00 em um pote, este é o produto certo. Vá ao site e faça logo o seu pedido, pois com este valor, não sei quanto vai durar nos estoques.

Conclusão

Quando surgiu no mercado, o milho ceroso foi uma fantástica adição no arsenal dos suplementos para atletas de força e potência. Ele ajuda qualquer pessoa a alcançar seus objetivos, principalmente atletas com dificuldades crônicas em aumentar seu peso e massa corporal.

Com o Waxy Maize 1000 g, a Prozis Sport oferece uma opção legal, natural, de bom preço e de boa qualidade para atletas interessados em melhorar a sua recuperação energética e anabólica após os treinos.

Posted on 3 Comments

Maltodextrina: um suplemento de valor que foi esquecido

Tempo de Leitura: 6 minutos


Durante anos utilizou-se a maltodextrina para diversas finalidades, em especial, no ramo atlético com o fundamento de reposição energética ou fornecimento rápido de energia.
Entretanto, com o passar dos anos e com a revolução dessa nova onda de inúmeros suplementos alimentares, a maltodextrina foi deixada de lado, sendo até mesmo vulgarizada por muitos praticantes de atividades físicas os quais desconsideravam e desconsideram sua efetividade.


VEJA TAMBÉM:
CONHEÇA: O Suplemento pré-treino mais PODEROSO do Mercado e Obtenha Excelente Ganho de Massa Muscular!
DESCUBRA: 04 Erros Que te Impedem de Alcançar a Hipertrofia Muscular e Saiba como Eliminá-los!
DESCUBRA: O Que Ninguém Te Conta Sobre Ganhar Músculos Grandes e Definidos em Poucas Semanas!
CONHEÇA: Como Montar Dieta e Treino Personalizado, Pensando em suas Necessidades e Individualidades!
Mas afinal, a maltodextrina, frente a tantos suplementos de maior tecnologia, ainda representa certo grau de importância ao praticante de atividades físicas? Se você pensa que não, sugiro entrarmos um pouco mais adiante nesse assunto.

O que é a maltodextrina?

A maltodextrina é um carboidrato e trata de duas moléculas de glicose, ligadas pelo que chamamos de ligação glicosídica, o qual anteriormente fazia parte de uma estrutura mais complexa e de maior tamanho, ou seja, o amido, principal carboidrato presente na dieta humana, obtido de fontes alimentares tais quais a mandioca, a batata, o arroz, o milho, entre outros.
Por ser um carboidrato onde há poucas ligações de glicose que não necessitarão de longos processos de digestão, este apresenta-se de certa simplicidade, apesar de não poder ser denominado um carboidrato simples.
Apresentando também alto índice glicêmico (quando consumida sozinha), a maltodextrina, após sofrer digestão é rapidamente absorvida no intestino delgado através dos receptores SLGT-1 e enviada para a corrente sanguínea, onde será utilizada como combustível energético para inúmeras células.

Quais são os principais usos da maltodextrina?

A maltodextrina é um carboidrato atualmente utilizado em inúmeros alimentos com rumo dietético ou não, ou seja, ela é usada alimentos destinados ao mercado light e/ou diet bem ou para alimentos “comuns”. Possuindo uma peculiaridade de adoçar compostos, esta, normalmente está presente em sucos e outras bebidas. Porém, além do uso da maltodextrina para a finalidade industrial alimentícia, ela possui aplicabilidades mais próximas a nós praticantes de esportes:

Por possuir fácil digestão e apresentar-se com uma osmolaridade mais conveniente do que a dextrose, a maltodextrina foi durante anos um dos suplementos mais utilizados entre os praticantes de atividades físicas a fim de fornecer energia de maneira rápida e sem causar sérios desconfortos gástricos. Sendo utilizada antes, durante e após os treinamentos, esse suplemento representou também uma forma de adição energética em inúmeros suplementos alimentares, como por exemplo os hipercalóricos. Mais do que isso, por seus efeitos relacionados à insulina e também na melhora da absorção de alguns compostos, a mesma foi e ainda é utilizada com inúmeras misturas como com a creatina ou mesmo com o famoso “shake pós-treino“.
Sabe-se hoje que, especificamente falando da musculação, a utilização de carboidratos no pós-treino, frente a síntese proteica pode ser considerada desnecessária, tanto porque, um treino de musculação intenso e que vise ganhos máximos não irá causar a depleção completa ou extrema de glicogênio muscular. Entretanto, para muitos outros esportes, a reposição energética imediatamente após o treinamento é fundamental (esportes esses, tais quais corridas de longa duração, ciclismo ou mesmo a natação). Esses mesmos esportes, em sua maioria de endurance, necessitam de um consumo rápido durante o treinamento, inclusive, fazendo uso da maltodextrina em formas de géis.

Por que a maltodextrina foi esquecida com o decorrer dos anos?

Como tudo necessita de renovações, não poderia ser diferente com o mercado de suplementos alimentares, que hoje move milhões e milhões de dólares nos quatro cantos do mundo.
Apesar desse envolvimento com o lucro, devemos saber que muito do que se populariza e muito do que se cria, não passa de marketing. E se hoje podemos considerar a maltodextrina como um suplemento desaparecido, provavelmente esse é o principal motivo. Logicamente, não quero traçar a maltodextrina como sendo o suplemento ideal ou tampouco como o melhor suplemento do mundo, mas sim, trazê-la diante de sua eficácia frente a sua simplicidade.
Observemos que, se a tecnologia evolui não faz jus continuar a vender ou popularizar suplementos os quais possuem um baixo valor, não é mesmo? E qual o preço mesmo da maltodextrina? Cerca de 8-15 reais o quilograma (dependendo da loja)? Pois bem, esta aqui um dos motivos da “morte” deste suplemento. Ele é barato demais, o que faz com que empresas tenham um menor lucro e o consumir, que esta acostumado a pagar caro, fica desconfiado de um suplemento tão barato.
Frente a esse novo conceito então de que os carboidratos não são necessários no pós-treino para o praticante de musculação, esta pode ter sido mais um dos motivos para o abandono da maltodextrina.
Verdade seja dita: barata ou não, sendo usada no pós-treino ou não, a maltodextrina não é um suplemento totalmente descartável! Ela ainda possui inúmeras funções e sim, pode ser um ótimo suplemento para nós praticantes de musculação.

A maltodextrina pode ser conveniente para praticantes de musculação?

A maltodextrina pode causar acúmulo de gordura corpórea (bem como quaisquer macronutrientes em excesso), bem como disfunções insulínicas e outros. Entretanto, além disso não necessariamente ser via de regra, devemos saber quem e como está se fazendo o uso de tal suplemento. Porém, se utilizada adequadamente, a maltodextrina pode representar inúmeros benefícios, entre os principais:
– Fácil fornecimento energético: Perceba que estamos falando de FACILIDADE no consumo energético e não NECESSIDADE DE VELOCIDADE, ou seja, falamos na praticidade e na conveniência de ingerir grandes quantidades de carboidratos (que estejam de acordo com suas necessidades individuais, claro), com uma simples bebida, o que por exemplo, para indivíduos que possuem extrema dificuldade em comer e em subir de peso, podem ser convenientes. E não é por acaso que a maltodextrina ainda é o suplemento com maior uso em hipercalóricos.
– Substituição de carboidratos caros: O mercado de suplementos alimentares cada vez mais vem investindo nos mais diferentes suplementos a base de carboidratos, com altíssimas tecnologias. Entre eles, podemos destacar o Waxy Maize, a D-Robose, as Pentoses e outras. Porém, isso não é conveniente para indivíduos que possuem menores condições financeiras. Na prática, a maltodextrina tem os mesmos fundamentos destes suplementos a base de carboidratos de ordem mais cara, sendo assim uma ótima opção de carboidrato barato.
– Fácil digestão: Alguns indivíduos, ou melhor, muitos indivíduos costumam realizar sua refeição pré-treino muito próximas ao treinamento, tornando muitas vezes o consumo de alimentos sólidos algo inviável e/ou desconfortável. Além disso, por próprias questões metabólicas, não é conveniente comer pouco tempo antes do treinamento. Dessa forma, shakes contendo maltodextrina podem auxiliar nesse período, fornecendo um aspecto digestivo muito mais rápido.
– Melhora na absorção de alguns nutrientes: A maltodextrina, bem como alguns outros carboidratos, pode favorecer na absorção e aproveitamento de alguns nutrientes. Um belo exemplo que costumamos usar é com a própria creatina, indispensável para o crescimento muscular.
– Gosto menos adocicado do que a dextrose: A maltodextrina, em suplemento, possui um gosto muito menos doce do que o da dextrose. Para alguns indivíduos o sabor extremamente doce pode gerar contratempos como enjoos, desconfortos gástricos entre outros. Portanto, a maltodextrina pode ser um excelente suplemento para os mais “frescos” em sabor.

Maltodextrina engorda?

Como dissemos acima, sim, ela pode causar um acúmulo de gordura (engordar), pois ela é um suplemento a base de carboidratos. Na maioria dos casos, a pessoa usa a maltodextrina de forma incorreta ou comete o erro de usá-la exageradamente, ingerindo mais do que o corpo necessita e fazendo com que o excesso, o corpo transforme em gordura. Na própria embalagem do suplemento, vem a indicação de uso (indicação da fabricante), não ultrapassar muito daquilo é uma maneira de não usá-la incorretamente. Porém a melhor forma de usar a maltodextrina e não engordar é saber quais são as suas necessidades e não ultrapassá-la, pois qualquer coisa em excesso vai gerar um maior acumulo de gordura.

Onde comprar a malto?

Esse suplemento é liberado para utilização e venda em todo o mundo, inclusive no Brasil. Ele é um dos suplementos mais baratos do mercado, custando em média R$15,00 cerca de 1kg do produto. Você o encontra nas melhores lojas de suplemento do Brasil e também na internet.
Conclusão:
A maltodextrina é um dos suplementos mais antigos no mercado, porém com a chegada de suplementos a base de carboidratos mais complexos, como Waxy Maize, ela vem perdendo um enorme mercado em todo o mundo. Porém ainda é muito utilizada em diversos alimentos e na composição de diversos suplementos, como os hipercalóricos. Portanto não é um suplemento que possa ser desprezado.
Apesar de hoje existirem suplementos semelhantes e mais caro, a maltodextrina mostra possui os mesmos efeitos práticos quando comparados a alguns dos novos suplementos a base de carboidrato. Portanto cuidado com o marketing.
Portanto, nem sempre desvalorize o mais barato, ele pode ser uma grande alternativa.
Como falamos, a maltodextrina é um suplemento super barato no mercado, custando por volta de 15R$.
Bons treinos!