Publicado em Deixe um comentário

🔥Promoção Vitamina D3: Melhor preço e onde comprar!

Promoção da Vitamina D3 com melhor preço, Saiba onde comprar!Tempo de Leitura: 3 minutos

Aproveite a 🔥promoção de Vitamina D3 com o melhor preço e descubra onde comprar esse essencial suplemento. A Vitamina D3 desempenha um papel crucial na saúde dos ossos e no sistema imunológico, e agora você pode obtê-la com economia.

Essa oferta especial oferece uma oportunidade única para adquirir a Vitamina D3 por um preço vantajoso e garantir seu bem-estar. Encontre aqui informações sobre essa promoção imperdível e saiba onde adquirir a Vitamina D3 com facilidade.

Compreendendo a importância da Vitamina D3 para a saúde, a 🔥promoção atual permite que você obtenha esse suplemento essencial com o melhor preço do mercado.

É conhecida por fortalecer os ossos e apoiar o sistema imunológico, contribuindo para um estilo de vida saudável. Agora, você pode adquirir a Vitamina D3 com desconto, proporcionando benefícios excepcionais à sua saúde por um custo acessível.

Com a combinação do melhor preço e a garantia de uma promoção de qualidade, você está no caminho certo para manter-se saudável e bem, enquanto cuida da saúde dos seus ossos e do seu sistema imunológico.

Onde comprar vitamina D3 com preço baixo 📈

Para encontrar vitamina D3 com preço baixo, é recomendado pesquisar em diferentes farmácias e drogarias. Algumas redes oferecem preços mais acessíveis e promoções especiais. Além disso, é possível encontrar boas ofertas em sites de vendas online. Certifique-se de comprar de estabelecimentos confiáveis e verifique a data de validade do produto. ✅

 Melhores promoções de vitamina D3 💸

As melhores promoções de vitamina D3 podem ser encontradas em farmácias e drogarias durante períodos de liquidação, como Black Friday e dias comemorativos. Além disso, fique de olho em sites de vendas online, pois eles costumam oferecer descontos especiais em determinados períodos do ano. ✅

 Onde encontrar vitamina D3 com desconto 😎

Para encontrar vitamina D3 com desconto, você pode buscar por ofertas em farmácias, drogarias e em sites de vendas online. Além disso, fique atento a programas de fidelidade de algumas lojas, que podem oferecer descontos especiais para clientes cadastrados. ✅

 Como economizar ao comprar vitamina D3 💰

Uma maneira de economizar ao comprar vitamina D3 é pesquisar em diferentes estabelecimentos e comparar os preços. Além disso, fique atento a promoções especiais e descontos oferecidos por farmácias e drogarias. Comprar em maior quantidade pode ser uma opção para conseguir preços melhores. ✅

 Dicas para aproveitar as melhores ofertas de vitamina D3 🔥

Para aproveitar as melhores ofertas de vitamina D3, é importante estar atento a promoções e descontos em farmácias, drogarias e sites de vendas online. Além disso, fique de olho em programas de fidelidade e aproveite para comprar em maior quantidade para obter preços mais baixos. Outra dica é se cadastrar em newsletters de empresas e receber informações sobre promoções diretamente em seu e-mail. ✅

Perguntas e Respostas sobre Promoção Vitamina D3

Qual é a importância da vitamina D3 para a saúde?

A vitamina D3 desempenha um papel crucial na saúde dos ossos, sistema imunológico e metabolismo.

O que é a promoção de vitamina D3?

A promoção de vitamina D3 oferece a oportunidade de adquirir esse suplemento a um preço mais vantajoso.

Como a vitamina D3 é absorvida pelo corpo?

A vitamina D3 é produzida pela pele quando exposta à luz solar e também pode ser obtida através de alimentos e suplementos.

Quais são os benefícios da vitamina D3 para os ossos?

A vitamina D3 ajuda a absorver o cálcio e fortalecer os ossos, prevenindo doenças como a osteoporose.

Onde posso encontrar a promoção de vitamina D3?

Você pode encontrar promoções de vitamina D3 em farmácias, lojas de suplementos e online.

Qual é a dose recomendada de vitamina D3?

A dose recomendada pode variar, mas geralmente está em torno de 1000 a 2000 UI por dia.

Existem riscos associados ao excesso de vitamina D3?

Sim, o excesso de vitamina D3 pode levar à toxicidade, causando sintomas como náuseas e fraqueza muscular.

Quem deve considerar a suplementação de vitamina D3?

Indivíduos com deficiência de vitamina D, idosos e pessoas com pouco acesso à luz solar podem considerar a suplementação.

A vitamina D3 tem relação com o sistema imunológico?

Sim, a vitamina D3 desempenha um papel importante na regulação do sistema imunológico.

Quais são algumas fontes naturais de vitamina D3?

Alimentos como peixes gordurosos, gema de ovo e alimentos fortificados podem ser fontes de vitamina D3.

Publicado em Deixe um comentário

Conheça 5 Suplementos para Aumentar a sua Imunidade

Tempo de Leitura: 5 minutos


Não é de agora que a maioria dos médicos e nutricionistas indicam suplementos para o aumento da imunidade. No entanto, com o novo Coronavírus (Covid-19), a procura por estes suplementos aumentaram muito.

Mesmo com o a pandemia do Coronavírus, você não deve sair tomando qualquer coisa que te indicam, com a promessa de que não irá ficar doente.

É preciso fazer uma avaliação com um nutricionista para que eles veja as suas necessidades e faça a indicação correta.

Neste artigo você irá conhecer os 5 melhores suplementos do mercado, comprovados cientificamente, capazes de te dar mais imunidade.

É importante deixar claro que eles não vão te imunizar exclusivamente Coronavírus, ou seja, não são suplementos ou remédios contra o Coronavírus. Se trata de suplementos os quais fornecem micronutrientes necessários para a saúde em geral e para o desenvolvimento muscular.

Vitamina D – Growth Supplements

Quis começar falando da Vitamina D justamente pelo fato de estarmos em quarentena, ou seja, se não podemos sair de casa, não há como pegar sol.

 

Ela é muito importante para o nosso sistema imunológico, nos deixando menos vulneráveis à doenças inflamatórias.

A Vitamina D é fundamental para a saúde dos ossos e dentes, uma vez que facilita a absorção de cálcio pelo organismo e faz ele agir com o máximo de eficiência.

Além disso, ela nos protege de outras tantas doenças, tais como: diabetes, tuberculose, artrite, entre outras. Ela também se mostra eficaz na prevenção de diversos tipos de câncer.

Outros benefícios que a Vitamina D proporciona são:

  • Melhora das funções cognitivas;
  • Melhores resultados para quem deseja emagrecer;
  • Previne diversos tipos de câncer;
  • Aumenta a imunidade;
  • Previne doenças cardiovasculares;
  • Auxilia no ganho de massa muscular;
  • Melhora a produção de hormônios em homens e em mulheres;
  • Previne doenças como Parkinson, Alzheimer e até demência;
  • Diminui os riscos de desenvolver diabetes tipo 2;
  • Melhora das funções metabólicas

Você deve consultar um médico ou nutricionista para saber qual a quantidade ideal para você ou mesmo seguir a quantidade que o fabricante indicar.

É importante que não haja um consumo em excesso para evitar efeitos colaterais tais como arritmia cardíaca, fraquezas, Náuseas, Vômitos, Coceiras na pele entre outros.

CLIQUE AQUI E CONHEÇA MAIS SOBRE A VITAMINA D

Óleo de Peixe (Ômega 3) – Growth Supplements

Entre os ácidos graxos insaturados, ou seja, as gorduras boas, o ômega 3 é disparado um dos mais indicados para quem busca uma melhor qualidade de vida. O ideal era que todo mundo tomasse esse suplemento.

 

Ele é um suplemento com ações anti-inflamatórias, que além de aumentar a nossa imunidade, previne doenças cardíacas (no coração) e outras tantas doenças.

Além disso o ômega 3 é fundamental na reconstrução das membranas celulares. Eles estão entre os nutrientes de maior importância na formação das células do nosso corpo.

Mas não é só para o aumento da imunidade que o ômega 3 é recomendável, pelo contrário. Essa gordura boa gera diversos benefícios para a nossa saúde, tais como:

  • Faz bem para o cérebro, estimulando ações cognitivas, como a memória e o raciocínio;
  • Ajuda na perda de peso;
  • Previne certos tipos de câncer;
  • É bom para a saúde dos olhos;
  • Age diretamente no sistema imunológico;
  • Possui efeitos anti-inflamatórios;
  • Previne doenças cardiovasculares;
  • Ajuda no combate da depressão;
  • Ajuda no desenvolvimento de bebês em formação;
  • Reduz o colesterol.

A média de ômega-3 a ser consumida por uma pessoa adulta, em seu peso ideal, é de 1g ao dia. No entanto, o mais recomendável é que você se consulte com um médico ou nutricionista para saber as quantidades corretas a serem consumidas.

CLIQUE AQUI E CONHEÇA MAIS SOBRE O ÔMEGA 3

Multivitamínico – Growth Supplements

Este é o suplementos clássico de quem deseja fortalecer o seu sistema imunológico, seja você praticante de atividades físicas ou não.

Isso porque, em sua composição são encontrados boas doses de vitaminas e minerais fundamentais para a saúde do seu corpo e da sua mente.

Além de ser fundamental para aumentar a imunidade, o multivitamínico age como fator anti-inflamatório, te deixando livre de várias doenças. Ele também contribui para a saúde dos ossos e ajuda a regular o seu sistema nervoso.

Veja mais alguns benefícios que os multivitamínicos proporcionam:

  • Diminuição radicais livres;
  • Renovação das células;
  • Melhora a saúde do coração;
  • Melhora funções cognitivas (do cérebro);
  • Melhora a saúde da visão, pele, dentes, unhas;
  • Melhora o funcionamento do metabolismo;
  • Melhora o fluxo sanguíneo;
  • Contribui para o desenvolvimento muscular;
  • Entre outros.

A recomendação de uso é de 1 comprimido por pessoa, mas caso haja necessidade, essa dosagem pode mudar para mais ou para menos.

É importante não exagerar nas doses recomendadas, para evitar problemas como desconfortos estomacais, dores de cabeça, gases e até mesmo sintomas mais severos como pedras nos rins, hemorragias e queda de cabelo.

CLIQUE AQUI E CONHEÇA TUDO SOBRE OS MULTIVITAMÍNICOS

Vitamina C

Com certeza você já tomou uma Vitamina C quando começou a ter alguns sintomas de gripe, não é mesmo? E isso está completamento correto, afinal esse é um dos suplementos mais clássicos para combater vírus como a gripe.

vitamina c ddm

O ácido ascórbico (nome científico da Vitamina C) está na linha de frente da produção de anticorpos que te deixam protegido.

Além disso, ela é popularmente conhecida por ser um poderoso antioxidante e, quando tomado em conjunto com a Vitamnina E (tocolferol), fica ainda mais potente na lura contra os radicais livres, que danificam as nossas células.

A Vitamina C também tem o poder de:

  • Prevenir doenças cardíacas (do coração);
  • Melhora o fluxo sanguíneo;
  • Regula a pressão arterial;
  • Acelera a cicatrização;
  • Reduz a suscetibilidade a infecções.

A maioria dos fabricantes recomendam o uso de um comprimido diário, no entanto, o mais sensato a se fazer é se consultar com um médico ou nutricionista para lhe indicar a dose exata, de acordo com a suas necessidades.

CLIQUE AQUI E CONHEÇA MAIS SOBRE A VITAMINA C

Probióticos

Provavelmente você irá estranhar que este artigo de suplementos para aumento da imunidade esteja indicando os probióticos. Mas faz total sentido e eu vou explicar.

probioticos ddn

Como já sabemos, os probióticos são bactérias que são benéficas para a nossa saúde que, dentre tantos benefícios, protegem o nosso intestino que é a porta de entrada para para o nosso corpo. Ou seja, tudo passa pela nossa flora intestinal.

Dessa forma, ele age como uma espécie de filtro, separando o que é importante e o que não é. Por exemplo: se ele detectar a presença de nutrientes, ele faz com que o nosso corpo os aproveite, e se ele detectar bactérias, vírus ou algo do tipo, ele descarta.

Sendo assim, é de extrema importância manter o bom funcionamento do seu intestino para expulsar micro-organismos que possam fazer mal para a nossa saúde.

Outro benefícios dos probióticos que podemos destacar são:

  • Aumentam a produção de vitaminas;
  • Cria enzimas capazes de eliminar bactérias maléficas;
  • Combate doenças intestinais;
  • Combate a candidíase;
  • Melhora a digestão;
  • Aumenta a absorção de nutrientes;
  • Diminui a azia;
  • Combate as doenças que são transmitidas através de alguns alimentos;
  • Eficaz no tratamento e prevenção de gripes de resfriados;
  • Aumento da imunidade;
  • Eficaz no tratamento de cólicas;
  • Eficaz no tratamento de pedras nos rins;
  • Combate bactérias que provocam úlceras;
  • Redução do colesterol;
  • Reduz as acnes (espinhas).

CLIQUE AQUI E CONHEÇA MAIS SOBRE OS PROBIÓTICOS

Conclusão

Neste artigo você teve acesso aos suplementos alimentares mais eficazes para quem deseja aumentar a sua imunidade. Todos esse suplementos estão disponíveis para você fazer a compra e a qualidade de cada um deles é comprovada cientificamente.

Vale lembrar novamente que eles não vão te deixar imunes ao novo Coronavírus (Covid-19). Sendo assim, somente faça o uso deles caso algum nutricionista tenha te receitado e te passado as quantidades necessárias de acordo com o seu perfil.

Boa suplementação!

Publicado em 15 comentários

Conheça os Melhores Suplementos Multivitamínicos (2019)

Tempo de Leitura: 7 minutos


Por mais que você tenha uma dieta equilibrada e com bons nutrientes, muitas vezes isso não é suficiente para fornecer todos os micronutrientes que seu corpo precisa e nas quantidades que ele precisa. Por isso o uso de multivitamínicos e/ou polivitamínicos é indispensável!

Especialmente para praticantes de musculação que possuem necessidades maiores do que pessoas comuns em termos de micronutrientes, essas deficiências podem ocorrer facilmente, prejudicando todo o resultado do treino, da dieta e da saúde.

Os micronutrientes são pequenos nutrientes não energéticos (ou seja, não engordam, pois não fornecem energia) os quais estão associados com praticamente todos os processos fisiológicos e biológicos do corpo. De uma maneira simplificada, as vitaminas e os sais minerais (micronutrientes) são responsáveis por servirem como “ativadores” de processos químicos e físicos entre as células e entre compostos do corpo.

Sem que o nosso corpo tenha esses micronutrientes, muitos benefícios serão perdidos e muitas possibilidades de melhora do seu shape também. Entre os benefícios que os multivitaminicos podem nos proporcionar, estão:

  • Melhora nas reações químicas e físicas do corpo;
  •  Melhora no sistema imunológico;
  •  Auxiliam no metabolismo energético, contribuindo para que seu corpo utilize os macronutrientes da maneira mais vantajosa e adequada possível;
  •  Otimiza a síntese proteica e auxilia na manutenção e no desenvolvimento muscular;
  •  Reduz a fadiga;
  •  Aumenta a sensibilidade à insulina;
  •  Melhora a produção e liberação de neurotransmissores;
  •  Melhora a absorção de alguns nutrientes no trato gastrointestinal;e
  • Entre outros

LEIA MAIS >>> Guia Completo dos Multivitamínicos e Seus Benefícios!

Mas, diante de tantos suplementos existentes no mercado, você deve se perguntar: Qual deles devo escolher? Portanto neste artigo, quero trazer para você os melhores multivitamínicos disponíveis no mercado. Vamos conhece-los?

Obs: Caso você goste dos suplementos que serão listados abaixo, você pode usar a ferramenta gratuita da Supx para pesquisar quais são as lojas que vendem estes suplementos e fazer a comparação de preços para saber onde ele é vendido pelo menor preço.

1- Multivitamínico (Nova fórmula) – Growth Supplements

Composto por micronutrientes essenciais ao corpo, ele é destinado à pessoas que treinam em alta intensidade e possuem necessidades (devido aos gastos) maiores.

Ele, através de seus nutrientes, auxilia na melhora da regeneração muscular, na prevenção de oxidação excessiva no corpo e na otimização de um ambiente anabólico.

Com isso, promove uma melhor recuperação, melhor supercompensação e uma melhor performance e melhores resultados também.

Não tendo calorias, ou seja, impossível de engordar, o multivitamínico da Growth Supplements traz consigo micronutrientes, como: as vitaminas do complexo B, o Iodo, o cobre, o zinco, o magnésio e nutrientes antioxidantes, como: a vitamina C, vitamina E e Vitamina A e etc.
Multivitaminico Growth Suplements
Fornecendo em quase todos os casos 100% da ingestão diária recomendada (IDR), o multivitamínico da Growth possui um ótimo custo X benefício, pois é fornecido em embalagens de 120 cápsulas e é necessária a ingestão de uma cápsula diariamente para já obter bons benefícios.

Entretanto, essas dosagens podem variar de acordo com as suas necessidades individuais e de acordo com a prescrição de seu médico ou nutricionista.

Este é um suplemento vendido apenas online na loja da Growth Supplements. Qualquer lugar, fora do site deles, que venda esse suplemento é falsificado, desconfie.

2- Multi Pro 32X – AST Sport Science

Multi pro 32x é o resultado de um dos mais completos, com melhor custo X benefício e maiores concentrações no mercado de multivitamínicos.

Isso porque, ele traz consigo não somente qualidade e rótulo de renome, mas nutrientes essenciais para praticantes de musculação, fazendo com que você consiga todos os benefícios mencionados anteriormente, além de outros vários.

Este é um produto que possui nutrientes fundamentais para serem absorvidos no intestino delgado, pois possuem uma boa solubilidade. Muitos produtos não se preocupam com isso e acabam fazendo com que seus usuários desperdicem boa parte dos micronutrientes.

Carregado com vitaminas e minerais de A a Z, ele traz índices bastante elevados, especialmente de antioxidantes, como a vitamina C, a Vitamina A e Vitaminas do complexo B, que possuem uma ação fundamental no metabolismo energético do corpo.
multi pro 32x multivitaminico
Para você ter uma ideia, ele fornece só de Vitamina B6 cerca de 1550% das necessidades diárias recomendadas, e de vitamina B1 cerca de 2000% das IDRs (Índices Diários Recomendados).

De maneira inteligente, a AST focou nessas superdosagens apenas com vitaminas hidrossolúveis, fazendo com que não haja riscos de intoxicação.

Multi pro 32X também traz alguns nutrientes que podem ser considerados bastante interessantes para praticantes de musculação, como o Vanádio, que melhora a sensibilidade à insulina.

O Multi Pro 32X possui embalagens de 200 cápsulas (que fornecem 200 porções, sendo necessária apenas uma por dia) e com um valor médio de R$ 97,00.

3- Animal Pak – Universal Nutrition

Um dos multivitamínicos mais famosos do mundo é o Animal Pak da Universal Nutrition. É impossível qualquer pessoa não conhecer este suplemento.

Este é um suplemento que possui: vitaminas e minerais, além de alguns complexos enzimáticos digestivos (melhorar a digestão) e alguns melhoradores de performance.

Tendo vitaminas e sais minerais com uma quantidade suficiente até para ultrapassar as necessidades diárias recomendadas (IDRs), ele possui uma mistura de aminoácidos interessante, contando com a presença de BCAAs, de aminoácidos condicionalmente essenciais, como a Arginina e com aminoácidos que estão em boas concentrações no corpo, como é o caso da glutamina e do ácido glutâmico.
Animal Pak Multivitaminico
Animal pak traz consigo também nutrientes que não são vitaminas, mas possuem funções antioxidantes essenciais ao corpo, como: ácido alfa-Lipóico, o licopeno e o extrato de semente de uva (sendo esses dois últimos essenciais no sistema cardiovascular para a prevenção de doenças como infartos), além de outros vários.

Outro blend interessante deste suplemento é o seu melhorador de performance, que conta com ingredientes como: a carnitina, que utiliza a gordura armazenada no corpo como fonte de energia durante as atividades físicas, a colina, que melhora a concentração, o inositol e o ginseng (Ginko Biloba), que melhoram aspectos neurais.

Achou que para por aí? Claro que não! Não adianta ter nutrientes no sistema gastrointestinal se você não tem uma boa digestão e não promove um ambiente favorável para os mesmos serem devidamente absorvidos. Sendo assim, a Universal Nutrition adicionou em Animal Pak um composto de enzimas digestivas.

Entre elas, a bromelina, a pancreatina, a papaína e a amilases. Elas possibilitam uma quebra melhor de nutrientes no organismo, especialmente dos macronutrientes (carboidratos, proteínas e lipídios) e fazem com que seus processos digestivos sejam mais fáceis, evitando desconfortos. E, ao mesmo tempo, promovem uma qualidade nutricional melhor ao corpo, uma vez que ele terá uma maior biodisponibilidade de nutrientes.

Animal Pak pode ser ingerido uma ou duas vezes ao dia, dependendo de suas necessidades individuais, mas para a maioria das pessoas, a ingestão de uma dose diária, preferencialmente pela manhã, com o desjejum já é suficiente.

4- Vita Stack – Allmax Nutrition

O Vita Stack possui seu complexo de blends (combinados) para a saúde e performance. Ele conta com um primeiro blend destinado ao anabolismo muscular e tem adicionado vitaminas do complexo B que estão diretamente associados com a síntese proteica e o metabolismo energético.

Também possui nutrientes como o Inositol, a Arginina, os BCAAs, a Beta-Alanina e a Glicina que auxiliam neste ambiente anabólico.

O segundo blend de Vita Stack é um blend de eletrólitos, auxiliando na volumização celular (inclusive dos músculos) e fazendo com que haja uma manutenção da performance. Ele é composto por Sódio, Cálcio, Potássio e Fósforo.

Um terceiro blend do produto é destinado ao sistema musculoesquelético (ossos e músculos) e também possui eletrólitos, além de Cobre, Magnésio, Vitamina K, Vitamina C, Vitamina D, Boro, Glucosamina e Condroitina (ótimas para as articulações) e Molibdênio.

O quarto blend é composto por componentes neuroativos, que auxiliam na redução da fadiga (cansaço) e no aumento da performance, com nutrientes como a Tirosina, a Gluconolactona, a Vipocentina, o Ginko biloba e a Taurina.
Multivitaminico Vita Stack
Se importando também com a qualidade do sistema cardiovascular, o quinto blend é composto de Ácidos graxos essenciais, especialmente o ômega-3 e seus ácidos graxos derivados, como o DHA e o EPA.

O sétimo blend, por sua vez, é destinado a uma melhora na absorção de micro e macronutrientes e possui enzimas digestivas, Sulfato da Vanádio, que melhora a sensibilidade à insulina, BioPerina, entre outros.

Por fim, um último blend é destinado à saúde em geral e a melhora da recuperação. Ele é composto por antioxidantes, protetores hepáticos (milk thristle, NAC, Tocoferol, CoQ10, extrato de romã) e por Proantocianidina, para a saúde do sistema cardiovascular.

Vita Stack hoje é um dos mais completos multivitamínicos que vai além do fornecimento de apenas vitaminas e sais minerais. Certamente, vale a pena utilizá-lo!

Onde comprar os suplementos mais baratos do Brasil?

Cada dia que passa, parece que fica mais difícil de comprar suplementos em lojas online, não é verdade? E não é pela falta de lojas não, mas pelo excesso… Hoje existem muitas lojas de suplementos e acabamos ficando perdidos na hora de comprar e saber qual tem o melhor produto e o menor preço. Na verdade ficávamos perdidos, pois agora temos a Supx.

A Supx é um comparador de preços focado em Suplementos. Uma ferramenta fantástica, e gratuita, para te ajudar a encontrar o suplemento que você deseja com o menor preço.

A ferramenta vasculha todos os dias as lojas de suplementos e faz uma listagem de preços, condições de pagamentos e muito mais sobre cada suplemento. Assim, ao pesquisar um suplemento na ferramenta, você saberá qual o preço deste suplemento em várias lojas diferentes e poderá escolher a loja que vende mais barato.

E tudo isso sem gastar nenhum centavo a mais, pois a ferramenta não cobra nenhum valor para fazer esse serviço de pesquisa e catalogar para você. E ai, quer comprar suplementos de qualidade pelo menor preços?

Conclusão

Certamente ao ler este artigo, você se interessou ainda mais por novos produtos e por produtos já conhecidos no mercado.

Entretanto, para melhor escolher o que se encaixa a você, observe sempre quais são suas necessidades e carências individuais, assim como, o custo X benefício ao que você precisa, quer e pode gastar.

Portanto, agora que você tem base para escolher o seu multivitamínico e otimizar seus resultados, qual será a sua escolha?
Boa suplementação!

Publicado em 1 comentário

Zinco: Um poderoso mineral que auxilia na saúde do corpo e da mente!

Tempo de Leitura: 8 minutos


Existe uma enorme quantidade de vitaminas e minerais que garantem uma saúde de ferro. O zinco é um dos principais dessa lista. Esse poderoso mineral é essencial para você ter uma vida muito mais ativa e com uma maior imunidade à vírus e bactérias. Dessa forma, as chances de você ficar de cama são muito menores.

O zinco tem tem ações semelhantes as da Vitamina C, por isso é tão recomendado para o aumento do sistema imunológico, além de ter outros tantos benefícios, como prevenir o envelhecimento precoce, atuar na manutenção do sistema nervoso, melhores as funções cognitivas e muitos outros.

Mas, afinal, o que será que a falta desse mineral no organismo pode gerar? A resposta é: sérios problemas de saúde que podem ser evitados com uma alimentação adequada e rica em zinco e em outros minerais, ou através da suplementação. Quer saber quais problemas são esses? Continue a leitura e saiba ainda mais.

Vamos nessa?

O que é?

O zinco é um dos minerais mais importantes para os seres humanos e deve ser ingerido todos os dias. Ele está presente em todas as nossas células e a falta dele no organismo pode dar espaço a muitas doenças.

Uma má alimentação pode ocasionar uma carência de zinco no organismo, por isso, é sempre recomendável que indivíduos incluam na alimentação, alimentos que são fontes de zinco, tais como: ovos, brócolis, carne bovina, entre outros.

Além da alimentação, existem outros fatores que geram a falta de zinco no organismo, como o alcoolismo, diabetes, gravidez, amamentação, velhice, entre outros. Quando se tem um fluxo urinário muito grande, esse mineral também pode estar sendo expulsado de maneira exagerada, além disso, uma má absorção do intestino pode ocasionar a falta de zinco.

Para que serve?

O zinco está ligado a diversas funções que contribuem para que tenhamos uma vida mais saudável. Um exemplo disso é que ele tem funções semelhantes as da Vitamina C. Assim como ela, o zinco aumenta o nosso sistema imunológico, nos deixando menos vulneráveis à vírus, bactérias, e outros agentes que possam prejudicar a nossa saúde.

O zinco aumenta a imunidade

Esse mineral também é um grande aliado das funções cerebrais e a falta de nutrientes, principalmente o zinco, pode levar o indivíduo a desenvolver Déficit de Atenção, memória prejudicada e até mesmo depressão.

Além disso, o zinco é capaz de potencializar a saúde sexual e tratar da falta de fertilidade de homens e mulheres. Outros tantos benefícios que o zinco promove para saúde nós veremos a seguir.

Quais os benefícios do zinco?

O zinco é um dos mais poderosos minerais presentes no organismo e se torna eficaz, tanto para a saúde do corpo, quanto para a saúde mental. Entre os principais benefícios do zinco, podemos destacar:

• Previne doenças cardiovasculares

Os vasos sanguíneos são revestidos por um tecido chamado endotélio. Uma quantidade adequada de zinco garante um bom funcionamento das células presentes no endotélio. Com isso, o risco de inflamações e acúmulo de colesterol LDL (ruim) são reduzidos.

• Previne o envelhecimento precoce

Por ser também um excelente antioxidante, o zinco atua eliminando a presença de moléculas que envelhecem as células, os chamados radicais livres. Dessa forma, o zinco combate o envelhecimento antes da hora.

• Melhora do sistema nervoso

No sistema nervoso, o zinco trabalha fazendo a síntese de gorduras e outros nutrientes que revestem as células nervosas. Assim o zinco se torna eficaz no bom funcionamento dos neurônios.

• Previne diversos tipos de doenças

O zinco é um mineral muito poderoso no auxílio para uma boa reprodução das células do nosso corpo. Dessa forma, todas as funções do corpo serão beneficiadas e com isso o risco de doenças, como câncer, e outras tantas doenças crônicas são reduzidos.

• Reduz o risco de diabetes

Uma das principais causas da diabetes é a resistência do organismo à insulina. O zinco age combatendo essa resistência, reduzindo o risco de desenvolver a doença e ajudando no tratamento de quem já tem ela. Contudo, esse mineral apenas é agregador, sendo necessário mais do que apenas um mineral para tratar dessa doença.

Outros, e não menos importantes, benefícios do zinco no nosso organismo são:

  • Bom desenvolvimento das crianças;
  • Melhor funcionamento do metabolismo;
  • Prevenção do Alzheimer;
  • Evita a queda de cabelo;
  • Estimula a absorção de nutrientes;
  • Melhora o funcionamento da tireoide;
  • Entre outros.

Viu como é importante a presença desse nutriente no seu organismo? Além dos diversos alimentos ricos em zinco, dos quais listaremos mais adiante, existem os suplementos que também promovem esses benefícios. Leia mais sobre o zinco e veja também o que a falta desse mineral tão importante pode causar.

O que a carência de zinco pode ocasionar?

Um dado divulgado pela Organização Mundial de Saúde mostra que cerca de 30% da população sofre com a falta de zinco e há aqueles perfis que mais se encaixam nessa estatística, que são: mulheres, que amamentam ou não, idosos e crianças.

Sendo assim, é essencial que todos façam a ingestão diária e adequada desse mineral para evitar os seguintes sintomas:

  • Imunidade baixa;
  • Funções cognitivas prejudicadas;
  • Infecções bacterianas;
  • Queda de cabelo;
  • Perda do apetite;
  • Falta de energia;
  • Alergias;
  • Problemas intestinais;
  • Entre outros.

Carência de zinco no organismo pode ser bastante prejudicial para a saúde

Uma das maneiras de saber se há uma falta desse mineral em seu organismo é acordar depois de uma boa noite de sono e ainda assim se sentir cansado ou com falta de disposição. Contudo, a forma mais recomendada de saber os níveis de desse mineral é fazendo um exame de sangue.

Quantidade necessária

Existem alguns fatores que vão implicar na quantidade de zinco considerada necessária, tais como idade, sexo e se a mulher está grávida ou em fase de amamentação. Sabe-se que a gestação e amamentação são algumas das causas de deficiência desse nutriente, sendo assim, a quantidade indicada para esses perfis se torna maior.

Um homem adulto, saudável e em seu peso normal pode ingerir até cerca de 15 mg ao dia. As mulheres adultas e saudáveis devem ingerir um pouco menos, cerca de 12 mg ao dia. Já para as mulheres grávidas e que amamentam esse número pode aumentar para 15 mg.

Com o passar do tempo a quantidade recomendada desse mineral pode aumentar, principalmente na terceira idade. Nesses casos, o mais recomendado é procurar um médico para saber qual a quantidade necessária de acordo com as suas individualidades.

Efeitos colaterais

Como vimos, o zinco é muito importante para a saúde do nosso corpo. Mas tudo em excesso pode trazer problemas e no caso desse mineral não é diferente. Há alguns efeitos colaterais que a ingestão excessiva ocasiona, entre eles podemos citar:

  • Diarreia;
  • Dor de estômago;
  • Náuseas;
  • Vômitos;
  • Dores de cabeça.

Além disso, o exagero pode acarretar em uma má absorção de outros nutrientes tão importantes quanto ele, como ferro e cobre.

As pessoas que têm hipersensibilidade à substâncias ativas nos suplementos de zinco, como sulfato de zinco ou a qualquer outro componente desse mineral devem evitar fazer o consumo de tais suplementos. Se esse for o seu caso, procure um médio para obter as devidas orientações.

O zinco serve para emagrecer?

A resposta é sim! Primeiramente, é bom deixar claro que os alimentos ou suplementos quem contém zinco não são exclusivos para essa função, para isso existem outros suplementos mais eficazes, como os termogênicos. Mas de qualquer forma, esse mineral ajuda no processo de perda de peso.

Ele é bastante eficaz no controle do apetite, isso porque regula o processo de produção e eliminação de um hormônio chamado leptina. Esse hormônio é responsável por controlar a nossa fome e fazer o armazenamento suficiente de gorduras. Assim, o indivíduo irá ter menos apetite e assim evitar comer coisas não saudáveis e que poderão dificultar o emagrecimento.

Zinco ajuda no emagrecimento

Mas não é só nisso que ele contribui para o emagrecimento, ele também atua na manutenção do metabolismo. Com o poder de absorver de forma muito mais precisa as gorduras e os carboidratos. Dessa forma, o zinco se torna um poderoso aliado para quem luta contra a balança.

Além disso, ele atua na diminuição da produção de insulina, uma vez que esse hormônio pode promover um maior acúmulo de gordura.

Qual a importância do zinco para o praticante de musculação?

O zinco pode ser utilizado no um pós-treino, uma vez que esse mineral garante uma melhor reprodução e manutenção das células que foram danificadas pelos treinos. Dessa forma esse mineral age diretamente na recuperação muscular, estimulando assim uma melhor hipertrofia.

Além disso, uma quantidade adequada desse mineral no organismo gera um aumento nos níveis de testosterona. Sabemos que esse hormônio é fundamental no processo de ganho de massa muscular.

Alimentos ricos em zinco

A grande maioria da população ingere as suas quantidades diárias de zinco através da alimentação e não por meio de suplementos. Para isso, existe uma enorme variedade de alimentos que são fontes desse mineral.

Preparamos uma super lista com 15 alimentos que contém zinco e que talvez você tenha em sua casa.

  • Feijão (100g) – 3 mg de zinco;
  • Frango (100g) – 3,2 mg de zinco;
  • Carne bovina (100g) – 5,5 mg de zinco;
  • Iogurte (200ml) – 1,5 mg de zinco;
  • Amendoim (70g) – 3 mg de zinco;
  • Sementes de abóbora (60g) – 4,3 mg de zinco;
  • Sementes de linhaça (100g) 5 mg de zinco;
  • Camarão (100g) – 1,34 mg de zinco;
  • leite (200ml) 0,90 mg de zinco;
  • Peru (100g) – 4,5 mg de zinco;
  • Amêndoas (80g) – 4 mg de zinco;
  • Gema de ovo (100g) – 5 mg de zinco;
  • Espinafre (100g) – 0,56 mg de zinco.

Viu como alguns alimentos são bastante acessíveis? Agora não falta mais nada para que você aumente os seus níveis desse poderoso nutriente no sangue e tenha uma melhor qualidade de vida.

Suplementos de zinco

Os suplementos de zinco são mais indicados para quem não consegue ingerir uma quantidade adequada desse mineral apenas na alimentação. Esse é o caso dos vegetarianos e veganos que, muitas vezes, não planejam suas dietas antes de aderirem a esse estilo de vida e acabam sofrendo os efeitos da falta desse e de outros nutrientes.

Contudo, há também as pessoas com tendências maiores de perda de zinco e precisam também fazer a reposição através dos suplementos, que são: idosos, mulheres grávidas e em fase de amamentação, ou até mesmo os indivíduos que possuam algum tipo de doença que prejudique a absorção desse mineral.

Os suplementos são vendidos normalmente em drogarias, farmácias de manipulação, lojas de suplementos, ou até mesmo em sites especializados em suplementação esportiva. Geralmente você irá encontrar suplementos de Zinco com 120 cápsulas de 15 mg por o valor de R$ 42,57.

Suplementos de zinco

Diferença entre Zinco e Zinco Quelato

O zinco quelato, ou quelado, é diferente dos outros suplementos de zinco que já estamos acostumados a ver. Isso porque em sua composição pertencem outros componentes que facilitam a absorção de zinco e até de outros nutrientes pelo organismo. Esse tipo de suplemento é mais comum se ser ingerido por pessoas com maior deficiência desse mineral.

A diferença é que o zinco quelato é produzido em laboratório, só que ele é feito a partir do zinco comum. É como se ele “imitasse” o zinco vindo de alimentos naturais. Esse é um dos principais motivos do suplemento de zinco quelato ser mais caro.

Conclusão

Vimos a importância que o zinco tem na nossa vida e não é atoa que ele é considerado um dos minerais mais poderosos que existem. Dessa forma, a presença dele em sua alimentação se torna indispensável. Veja quais os alimentos que são fontes desse mineral e consuma-os, de preferência, todos os dias.

O excesso de cansaço, a baixa imunidade e até mesmo a queda de cabelo podem ser sinais de uma deficiência de desse importante nutriente no seu organismo, e caso não haja uma reposição adequada, podem surgir problemas ainda mais sérios.

Aproveite a lista de alimentos que preparamos, ou se preferir, faça o uso dos suplementos que também irão lhe proporcionar uma melhor qualidade de vida. Opte por uma marca de qualidade e veja sempre as procedências do produto e do vendedor.

Boa suplementação!

Publicado em Deixe um comentário

Vitamina D3 10000 ui : Um dos nutrientes mais importantes para nosso corpo !

Vitamina D3 10.000 ui o que éTempo de Leitura: 9 minutos


Você sabia que para ter ossos e dentes saudáveis é preciso algo a mais do que o cálcio? A vitamina D3 é uma grande aliada desse mineral, além de ter suas próprias funções, agindo na prevenção e tratamento de várias doenças. Esse nutriente vem sendo cada vez mais estudado e de tempos em tempos surgem novas descobertas.

A vitamina D3 comprar é um dos nutrientes mais importantes para o nosso corpo. Não é atoa que a procura por sua suplementação vem aumentando a cada dia. Além dos suplementos, podemos obter a vitamina D através da alimentação ou da forma mais recomendada pelos médico, que são os banhos de sol.

Neste artigo nós preparamos um super guia com todas as informações que você deve saber sobre a vitamina D3 preço . Fique comigo e saiba: qual a quantidade que você deve ingerir por dia, quais as consequências da falta desse nutriente, quais os alimentos ricos em vitamina D e muito mais.

Vamos juntos?

Vitamina D3 10000iu para que serve
Vitamina D3 10000iu para que serve

O que é vitamina D3 10000 ui?

A vitamina d3 10000 ui é conhecida por “vitamina”  há cerca de 96 anos. Ela foi batizada com a letra “D” porque foi a quarta substância descoberta pela ciência, depois da vitamina A, vitamina B e vitamina C.

Hoje em dia, a ciência enxerga a vitamina D de outra forma. Primeiro porque diversos estudos mostraram que ela não é obtida somente através da alimentação (ao longo do artigo falaremos sobre isso) e porque também hoje existem os suplementos.

Mas ela é tão importante para o corpo que a maioria dos médicos e estudiosos a enxergam mais como um hormônio do que uma vitamina. Vamos entender melhor quais são as funções dela no nosso organismo e descobrir porque ela é tão importante.

Para que serve?

Uma das principais e mais comentadas funções da vitamina D em nosso corpo, é que ela serve como uma espécie de “auxiliar” do cálcio. Ela facilita que ele seja absorvido de maneira mais eficaz pelo organismo, garantindo assim a saúde dos nossos ossos e dentes, além de promover outros tantos benefícios para a nossa saúde.

Ela também é muito importante para o nosso sistema imunológico, nos deixando menos vulneráveis à doenças inflamatórias. Além disso, ela nos protege de outras tantas doenças, tais como: diabetes, tuberculose, artrite, entre outras. Ela também se mostra eficaz na prevenção de diversos tipos de câncer.

Estudos estão sendo realizados  sobre o uso da vitamina D para o tratamento de esclerose múltipla. Essa doença não tem cura e afeta principalmente o nosso cérebro e o nosso sistema sistema nervoso. A consequência é a provocação de lesões e a perda da força nos músculos. Alguns casos de portadores dessa doença estão obtendo boas respostas com o tratamento a base de vitamina D.

Vitamina D3 10000 ui beneficios
Vitamina D3 10000 ui beneficios

Quais os benefícios da vitamina D3?

Veja agora um top 10 dos principais benefícios da vitamina D, que vão muito além de melhorar a absorção de cálcio pelo organismo. Entre os benefícios, destacamos:

  1. Melhora das funções cognitivas;
  2. Melhores resultados para quem deseja emagrecer;
  3. Previne diversos tipos de câncer;
  4. Aumenta a imunidade;
  5. Previne doenças cardiovasculares;
  6. Auxilia no ganho de massa muscular;
  7. Melhora a produção de hormônios em homens e em mulheres;
  8. Previne doenças como Parkinson, Alzheimer e até demência;
  9. Diminui os riscos de desenvolver diabetes tipo 2;
  10. Melhora das funções metabólicas.

Depois de saber de todos esses benefícios é provável que você queira obter cada vez mais vitamina D. A única coisa que posso te dizer nesse caso é: faça isso! É de extrema importância garantir bons níveis de vitamina D para evitar os sintomas que veremos a seguir.

O que a falta de vitamina D pode ocasionar?

A hipovitaminose D é o nome que se dá à falta de vitamina D em nossa corrente sanguínea. Essa situação pode ser bastante prejudicial para o nosso organismo, nos deixando mais expostos à vários tipos de doenças. Os principais sintomas da falta desta vitamina em nosso organismo são:

  • Dores e/ou fraquezas musculares;
  • Dores e/ou fraqueza nos ossos;
  • Doenças cardíacas;
  • Problemas na gravidez;
  • Desenvolvimentos da osteoporose (principalmente em idosos);
  • Diminuição de cálcio no sangue;
  • Diminuição de fósforo no sangue;
  • Entre outros.
Consequências da falta de vitamina D no organismo

Em crianças, os efeitos da falta de vitamina D podem ser vistos através de uma doença chamada Raquitismo, que afeta diretamente a formação dos ossos, os deixando muito mais fracos. Dessa forma, as chances de surgirem fraturas ou deformidades são muito maiores.

É importante também ficar em alerta, pois alguma doenças, tais como: lúpus, doença de crohn, insuficiência renal, doença celíaca podem afetar a absorção de vitamina D pelo organismo. Nesse caso, o mais recomendado é procurar um médico urgente.

Como saber se estou com pouca vitamina D no sangue?

Ok, vimos que a falta de vitamina D pode ser muito ruim para nós. Mas como vou saber se tenho pouca ou muita vitamina D no meu organismo, até mesmo para evitar o excesso?  Bom isso vai depender do seu estado. Para isso, é necessário fazer um exame de sangue.

Se você é uma pessoa normal, saudável, em seu peso ideal e o seu nível de vitamina D for maior do que 20 ng/ml, pode ficar tranquilo que essa é a média. Caso você seja idoso, grávida,  ou possua doenças como: osteoporose, raquitismo (no caso as crianças), osteomalácia, hiperparatireoidismo secundário, doenças inflamatórias, doenças autoimunes e renal crônica e pré-bariátricos, você se enquadra no “grupo de risco”, sendo necessário entre 30 e 60 ng/ml.

Vitamina D3 10000 ui comprar e preço
Vitamina D3 10000 ui comprar e preço

Como evitar a carência de vitamina D3?

Existem basicamente três forma de se obter a vitamina D, podendo ser através da alimentação (ainda nesta leitura você verá uma lista de alimentos ricos em vitamina D), suplementação e através da forma mais indicada pelos médicos, que é a exposição ao sol.

Cerca de 80 à 90% dos médicos recomendam 20 minutos todos os dias de banhos de sol no período da manhã até às 10:00 horas e à tarde, após às 16:00 horas.

Caso você fique apenas 20 minutos exposto ao sol, não precisa passar o protetor solar, até porque alguns fatores reduzem a absorção da vitamina D em até 90%. Caso o banho de sol seja maior que esse tempo recomendado, o uso do protetor solar de torna indispensável.

Quantidade diária de vitamina D3

A quantidade de vitamina D que um ser humano necessita para ter uma boa qualidade de vida irá variar de acordo com a idade. Os idosos são os que mais necessitam desse hormônio.

Por exemplo: as crianças de até 1 ano devem ingerem cerca de 10 microgramas de vitamina D ao dia. Esse número aumenta para 15 em casos de crianças maiores que 1 ano e até mesmo para pessoas já adultas. Esse número permanece o mesmo para as grávidas. No caso dos idosos o número é um pouco maior, podendo chegar à 20 microgramas de vitamina D por dia.

Já para os praticantes de musculação ou atletas em geral, esse número é ainda maior, podendo chegar à 55 microgramas ao dia.

Mas, como vimos anteriormente, somente a alimentação ou suplementação não bastam. É preciso criar o hábito de tomar sol todos os dias, se possível.

Quais os benefícios para o praticante de musculação?

Os praticantes de musculação também se beneficiam da vitamina D porque ela ajuda no processo da síntese proteica, assim promovendo um melhor ganho de massa, além da força muscular aumentar consideravelmente. Além disso, a fadiga (cansaço) muscular se torna menor, fazendo com que rendimento nos treinos seja muito melhor.

Ela também ajuda a aumentar a produção de testosterona em homens. Não precisa ser nenhum especialista para saber que esse hormônio é um dos que mais geram a hipertrofia muscular.

Vitamina D3 emagrece?

Sim, além de todos os benefícios já listados, podemos dizer que a vitamina D também atua diretamente na prevenção e no combate à obesidade. Um estudo realizado recentemente numa universidade dos Estados Unidos  constatou que as pessoas com maiores níveis de vitamina na corrente sanguínea apresentavam menos percentual de gordura, principalmente na região abdominal.

Vitamina D ajuda no emagrecimento

Para começo de conversa, a vitamina D faz com que a gente coma apena o necessário, assim evitando um maior consumo de calorias. Isso porque ela aumenta a liberação de um hormônio chamado leptina, que é responsável por nos fazer sentir aquela sensação de saciedade.

Ela também ajuda a interromper a produção de um hormônio chamado paratireoide. Dessa forma, o fígado quebra as gorduras existentes nele, evitando também o crescimento de novas células de gordura.

Efeitos colaterais

O consumo inadequado de qualquer substância, ainda que benéfica para a saúde, pode gerar alguns prejuízos. Com a vitamina D não é diferente. É muito importante se atentar às quantidades que serão ingeridas por dia, já que o seu excesso pode gerar alguns sintomas indesejáveis.

O mais comum de acontecer é a elevação dos níveis de cálcio no organismo, uma vez que o excesso de mineral pode ser prejudicial para os rins, podendo ocorrer até a formação de pedras no mesmo. Além disso, o excesso de vitamina pode provocar fraqueza nos osso e até mesmo arritmia cardíaca.

Sabemos que uma pessoa está com excesso de vitamina D em seu organismo quando são apresentados os seguintes sintomas:

  • Náuseas;
  • Vômitos;
  • Aumento do frequência urinária;
  • Falta de apetite;
  • Excesso de sede;
  • Coceiras na pele.

O excesso de sol, principalmente em horários inadequados e sem o uso de filtro solar, também pode ser bastante prejudicial para a saúde. Nesse caso, o indivíduo pode estar sujeito à:

  • Câncer de pele;
  • Queimaduras;
  • Assaduras;
  • Manchas e envelhecimento da pele;
  • Desidratação;
  • Danos aos olhos;
  • Baixa imunidade;
  • Entre outros malefícios.
vitamina d3 para que serve e beneficios
vitamina d3 para que serve e beneficios

Contudo, é necessário ressaltar que o excesso de vitamina D não ocorre através dos banhos de sol, já que a pele só absorve a quantidade que precisa e muito pouco pela alimentação, visto que as quantidades de vitaminas D encontrada nos alimentos são bastante pequenas. O que causa o excesso desse nutriente é o uso inadequado de suplementos.

Dessa forma, ressalto mais uma vez a importância de você procurar um médico ou nutricionista antes de fazer a suplementação de vitamina D, até porque talvez você pode não precisar.

Alimentos ricos em vitamina D

É possíveis obter bons níveis de vitamina D através de uma alimentação balanceada. Para te ajudar nessa missão, preparamos uma lista com alguns alimentos ricos nesta vitamina e que você pode ter até em sua dispensa. Entre as principais fontes podemos destacar:

  • óleo de fígado de bacalhau (100 gramas) – 28 microgramas;
  • Salmão (100 gramas) – 12,5 microgramas;
  • Ovos (100 gramas) – 1,3 microgramas;
  • Sardinha (100 gramas) – 7,5 microgramas;
  • Fígado de frango (100 gramas) – 1,31 microgramas;
  • Leite Ninho (100 gramas) – 6,92 microgramas;
  • Cogumelos (100 gramas) – 2,5 microgramas;
  • Ostras (100 gramas) – 8 microgramas;
  • Manteiga (100 gramas) – 1,5 microgramas.
Alimentos que são fontes de vitamina D

Como já vimos antes, as quantidades de vitamina D nos alimentos é relativamente baixo. Sendo assim, a maneira mais eficaz de se obter esta vitamina é através da luz solar ou por meio de suplementos, que falaremos a seguir.

Vale a pena suplementar vitamina D3 ?

Isso vai depender da sua rotina ou até mesmo do seu estilo de vida. Por exemplo, se você vive na correria e não tem tempo para comer direito e nem pegar sol todos os dias, ou se você é vegano ou vegetariano e não consome certos tipos de alimentos, como carnes ou ovos, o consumo de suplementos se torna necessário.

Mas se você costuma pegar sol todos os dias, nos horários recomendados pelos médicos, e come bem todos os dias, não há necessidades de gastar dinheiro com suplementos, até mesmo para evitar o excesso.

Diferença entre vitamina D2 e D3

Normalmente você deve ouvir muito falar sobre vitaminas D, classificadas por D2 ou D3. Mas qual será a diferença entre elas? Vamos entender juntos!

Vitamina D2

O nosso corpo não produz naturalmente essa classificação de vitamina. Ela é normalmente encontrada em alimentos de fontes vegetais e em alguns de fontes animais, como alguns tipos de peixes. A vitamina D2 é mais difícil de ser absorvida pelo corpo, diminuindo assim os seus efeitos e consequentemente os benefícios.

Vitamina D3

Diferente da D2, a vitamina D3 está presente no nosso corpo, podendo ser liberada através dos raios solares em períodos específicos (antes das 10:00 ou depois das 16:00). Ela é encontrada em fontes animais e sua absorção pelo corpo é muito mais precisa.

Onde comprar suplementos de vitamina D3 ?

Você pode encontrar facilmente os suplementos de vitamina D em farmácias de manipulação, loja especializadas em suplementação esportiva, ou até mesmo pela internet em site confiáveis e especializados em suplementação, como a Growth Suplements. Lá você encontra diversos produtos de alta qualidade e com o preço justo, como a vitamina D, com 75 cápsulas que custa R$ 13,50.

Conclusão

A vitamina D pode ser um poderoso aliado do cálcio quando obtido de maneira correta e sem exageros. Ela também tem as sua particularidades, o que a torna um dos melhores e mais importante nutrientes para o nosso corpo, gerando diversos benefícios e atuando na prevenção e combate de várias doenças.

Se você quer ter uma melhor qualidade de vida graças à vitamina D, siga as orientações do seu médico, que provavelmente serão tomar banhos de sol todos os dias e consumir alimentos ricos em vitamina D ou até mesmo suplementos.

Não esqueça de fazer, pelo menos uma vez ao ano, a medição dos seus níveis de vitamina D e cálcio para evitar a carência ou até mesmo o excesso desses nutrientes.

Mude seus hábitos e viva melhor!

Publicado em 1 comentário

Coenzima Q10: Conheça seus Benefícios, Como Tomar, Onde Compras e [MAIS]!

Tempo de Leitura: 6 minutos


Você anda se sentindo cansado, sem energia e sem ânimo para exercer tarefas do dia a dia? É bem provável que isso seja falta de Coenzima Q10 no seu organismo.

A coenzima Q1o para que serve é um nutriente fundamental para gerar energia ao nosso corpo, além de promover outros benefícios, como: um bom funcionamento do coração, diminuição do colesterol, entre inúmeros outros que falaremos neste artigo.

Com o passar dos anos a produção de coenzima Q10 beneficios vai diminuindo naturalmente e, por esse motivo, os médicos sempre recomendam a sua suplementação.

Se você possui mais de 30 anos, recomendo que leia o artigo todo para entender como a produção natural deste nutriente diminuiu em seu organismo e como isso pode te afetar negativamente, além de aprender os benefícios, a forma de uso e tudo mais sobre a CoQ10!

O que é Coenzima Q10?

A Coenzima Q10 comprar possui muitos nomes e abreviaturas, como CoQ10, Q10, CoQ e etc. Ela é uma benzoquinona presente em todas as células do corpo humano e ajuda nos processos de geração de energia dessas células.

É uma substância que o corpo humano é capaz de produzir sozinho, porém, com o passar do tempo, mais precisamente a partir dos 30 anos, essa produção começa a diminuir.

Como o corpo diminui a produção de Coenzima Q10 preço com o passar dos anos, é necessário que se faça a suplementação desse nutriente para haver uma melhora das funções de vários órgãos, tais como: coração, cérebro, fígado, rins, entre outros.

Para que serve CoQ10?

Por ser antioxidante, umas das principais ações da coenzima Q10 é impedir que os de radicais livre se espalhem no organismo. Os radicais livres são moléculas reativas responsáveis por envelhecer as células no nosso corpo de maneira precoce.

Com isso, a coenzima Q10 atua no combate de doenças provocadas pelos radicais livres, além de prevenir o envelhecimento do seu organismo, antes da hora. A má alimentação e o excesso de stress são responsáveis por fazer com que nosso organismo envelheça antes do tempo e nos traga prejuízos. A CoQ10 trabalhar para evitar esse envelhecimento e os problemas que podem vir junto dele.

Além disso, a suplementação da coenzima Q10 é muito recomendada para aumentar os níveis de ATP, que são as moléculas que produzem energia para o nosso corpo.

Esse nutriente também é capaz de regular a sístole a diástole do coração (os movimentos de contração e relaxamento do coração).

O nutriente também é utilizado na fabricação de alguns cremes de beleza, já que hidrata e purifica a pele, tonificando e dando mais brilho, maciez e firmeza.

Quais os benefícios?

Saiba quais são os principais benefícios da coenzima Q10 e veja porquê a suplementação desse nutriente é tão recomendada pelos médicos. Dentre os seus diversos benefícios, podemos destacar:

  • Mais energia;
  • Aumenta o metabolismo;
  • Combate dores no corpo;
  • Ajuda no emagrecimento;
  • Melhoras atividades cognitivas, como a memória;
  • Ação antioxidante;
  • Manutenção dos batimentos cardíacos;
  • Restaura os níveis de vitamina C e E;
  • Diminui os sintomas de Alzheimer e Parkinson;
  • Evita a perda de massa muscular em idosos;
  • Retarda o envelhecimento;
  • Reduz a mortalidade em pessoas com problemas cardíacos;
  •  Reduz as taxas de LDL (colesterol ruim);
  • Aumenta a fertilidade masculina;
  • Aumenta os níveis de testosterona em homens.
melhora no coração benefícios da coenzima q10

São muitos benefícios para que possamos deixá-los de lado. Por isso avalie com seu médico e se for necessário, procure suplementos eficazes desta substância. Você verá como sua qualidade de vida irá aumentar drasticamente.

Quando tomar coenzima Q10?

Como vimos, a suplementação de coenzima Q10 é fundamental para pessoas que já passaram dos 30 anos, pois ocorre uma diminuição da sua produção pelo organismo. No entanto, existem outros fatores que geram a necessidade de suplementar com coenzima Q10.

Os indivíduos que fazem usos de medicamentos para reduzir os níveis de colesterol ruim (LDL) devem incluir a suplementação de CoQ10 em sua dieta. Tais medicamentos diminuem os níveis de coenzima Q10 no organismo, mesmo em pessoas que estão abaixo dos 30 anos.

Para pessoas que tem doenças inflamatórias, como artrite, lúpus e etc, a suplementação de coenzima Q10 também é recomendada, porque a produção natural desse nutriente não é capaz de combater toda a oxidação e a produção de radicais livres que o corpo está sujeito.

Como tomar?

Os médicos e nutricionistas indicam um dosagem diária entre 90mg e 300mg de Coenzima Q10. A dosagem vai variar de acordo com a idade do individuo e com as necessidades (se ele tomar remédios, se possui doenças e etc).

Por exemplo, se formos analisar o uso de Coenzima Q10 apenas pela idade, pessoas mais idosas precisam de uma dosagem mais elevada para poder desfrutar de seus benefícios, já que a sua produção natural diminuiu a muitos anos. Entretanto uma pessoa idosa, que possui uma doença inflamatória e usar algum remédio para reduzir o colesterol deverá se preocupar ainda mais com a dosagem da CoQ10.

Por isso, o ideal é que se você tiver mais de 30 anos, procure um nutrólogo ou nutricionista para avaliar suas necessidades e montar a melhor dosagem para você.

A coenzima Q10 é eficaz para quem pratica musculação?

Por uma das principais funções da coenzima Q10 ser o aumento da geração de energia produzida pelo corpo, consequentemente os praticantes de atividades físicas, como a musculação, também serão beneficiados.

Com mais energia, o rendimento nos treinos será muito maior, fazendo com que o indivíduo obtenha resultados muito mais satisfatórios. O uso da Coenzima Q10 também está ligado a diminuição da fadiga muscular, outro motivo pelo qual os rendimentos nos treinos se tornam melhores.

Além disso, a coenzima Q10 aumenta a dilatação de vasos sanguíneos. Isso faz com que o músculo receba mais nutrientes, promovendo assim uma melhor recuperação e melhor nutrição dos músculos, melhorando os resultados de aumento de massa muscular.

A coenzima Q10 emagrece?

Por ter efeito antioxidante, ela age diretamente no combate de toxinas nocivas que atrapalham o desenvolvimento do metabolismo. Sendo assim, com o metabolismo funcionando de maneira correta, a queima de gordura será muito mais eficaz.

coenzima q10 ajuda emagrecer

Além de disso, como já sabemos ela é responsável pelo aumento de ATP  (moléculas geradoras de energia) fazendo com que o corpo fique com muito mais energia para praticar exercícios físicos, que é um dos fatores principais para um bom emagrecimento.

Portanto, não podemos dizer que ela emagreça por si só, mas podemos afirmar que o uso dele trará benefícios ao corpo que podem ajudar no processo de emagrecimento.

Efeitos colaterais e Contraindicações

É importante ficar de olho e fazer um consumo consciente da coenzima Q10, pois seu uso de forma incorreta, principalmente na dosagem pode trazer alguns efeitos colaterais, como:

  • Náuseas;
  • Desconforto no estômago;
  • Perda de apetite;
  • Diarreia;
  • Insonia;
  • Problemas no fígado.

Pessoas que possuem diabetes devem consultar um médico antes de fazer o consumo da coenzima Q10, uma vez que essa substância pode reduzir os níveis de glicose (açúcar) na corrente sanguínea.

A suplementação de CoQ10 para grávidas, mulheres em fase de amamentação, crianças e pessoas com menos de 18 anos só deve ser feita com sob ordens médicas, caso contrário, o consumo para essas pessoas não é recomendado.

Alimentos Ricos em Q10

O uso da Coenzima Q10 é muito recomendada por meio de suplementação, por conta da necessidade diária do nutriente e a facilidade que as cápsulas podem trazer.

Porém existem pessoas que não gostam de usar suplementos, ingerir cápsulas e coisas do tipo, ou que não tem condições de comprar o suplemento. Para essas pessoas, o recomendado é que se alimentem de alimentos que podem ser ricos neste nutrientes, tais quais:

  • Sardinha;
  • Atum;
  • Salmão;
  • Carne bovina;
  • Frango;
  • Laranja;
  • Brócolis;
  • Espinafre;
  • Castanhas;
  • Nozes;
  • Amendoim;
  • Abacate;
  • Entre outros.
fontes de alimentos coenzima q10

Porém vale lembrar que a Coenzima Q10 vinda dos alimentos não é a melhor fonte, já que nem 10% consegue ser absorvida em nosso organismo.

É muito importante cuidarmos da nossa dieta para garantir, não só os benefícios da coenzima Q10, mas os de outros diversos nutrientes presentes nos alimentos, assim promovendo uma saúde cada vez melhor.

Vale a pena suplementar a Coenzima Q10?

Se você possui mais de 40 anos ou possui alguma doença cardíaca, inflamatória ou usa remédios que possam diminuir a sua produção natural, a resposta é Sim!

Infelizmente para quem possui os níveis baixos de CoQ10 a suplementação é necessária e ideal, pois a alimentação é insuficiente, já que você não irá conseguir chegar a bons níveis de concentração e nem de absorção pelo seu organismo.

Por isso suplementar a Coenzima Q10 é o certo a se fazer.

Onde encontro coenzima Q10?

Atualmente a melhor loja para comprar suplementos é a loja online www.suplementosmaisbaratos.com.br. Comprar Conezima Q10.

Conclusão

Com o passar do tempo o corpo necessita da suplementação de Coenzima Q10, já que a produção natural desse nutriente começa a diminuir e assim alguns problemas começam a surgir.  Contudo, é necessário ficar alerta sob possíveis efeitos colaterais ela ela pode causar.

Por isso, antes de suplementar com CoQ10, tenha certeza se os seus níveis desse nutrientes estão realmente baixos. Para isso, a consulta com um médico ou nutricionista se torna indispensável.

Caso você esteja realmente precisando aumentar os seus níveis de coenzima Q10, fique atento as dosagens recomendadas e procure comprar suplementos de qualidade, para que você possa desfrutar dos benefícios mais rapidamente e de forma muito mais eficaz.

Boa suplementação!

Publicado em Deixe um comentário

Guia Completo dos Multivitamínicos: O que são, Benefícios, Para que Servem…

Tempo de Leitura: 9 minutos
Você, provavelmente, já deve ter visto na televisão ou em algum meio de comunicação a vinculação de uma propaganda a respeito de algum multivitamínico o qual, supostamente poderia melhorar sua disposição, reduzir o seu cansaço e seus níveis de estresse (físico e mental também) ou prevenir-te de doenças, não é mesmo? Normalmente, estes produtos são associados com uma significativa melhora na vida, pois são fontes de vitaminas e de sais minerais os quais são micronutrientes essenciais para garantir o bom funcionamento do corpo.

As vitaminas e os sais minerais são nutrientes que o nosso corpo não consegue produzir de forma natural, por isso precisam ser consumidos pela dieta/suplementação. E infelizmente, a alimentação é algo que nos dias de hoje tem deixado muito a desejar e por isso o uso de suplementos multivitamínicos tem se tornando muito comum e ficado tão em evidência nas propagandas e tudo mais.

Porém, o que necessariamente são estes suplementos multivitamínicos e multiminerais? Como eles podem ajudar seu corpo? Eles são realmente capazes de cumprir tudo o que prometem no que tange a melhoria da qualidade de vida? Todas as pessoas precisam utilizar estes suplementos ou, eles apenas devem entrar em casos específicos?

Se você quer descobrir a resposta desta e de outras perguntas, recomendo que leia o artigo, onde esclareceremos melhor um dos assuntos mais pertinentes da suplementação: O uso de multivitamínicos e multiminerais. Vamos lá?

O que são as vitaminas e os sais minerais?

Não vamos discutir a fundo a química do que tange as vitaminas ou mesmo os sais minerais, mas vamos entender que este primeiro grupo trata-se de compostos orgânicos e no segundo, estes são compostos inorgânicos os quais são encontrados na natureza e participam do metabolismo do corpo humano.

Cada vitamina e cada sal mineral pode ter uma ou mais funções no corpo os quais podem variar desde serem auxiliares de enzimas (cofatores) ou reguladores de algum processo, como a osmolaridade sanguínea, o controle da volemia, a neurotransmissão e etc. Como o corpo não consegue produzir de forma natural essas vitaminas e sais minerais e também possui um armazenamento relativamente limitado, faz-se necessário o consumo exógeno (externo) destes que são conhecidos como “micronutrientes” por vias dietéticas, de suplementação ou, em casos específicos e extremos, por meio de medicamentos.

CONHEÇA >>> As Vitaminas Mais Importantes para o Praticante de Musculação

As vitaminas e os sais minerais normalmente são obtidos em quantidades adequadas por meio de uma dieta razoavelmente saudável, a qual contenha carnes e derivados de animais, vegetais (legumes e verduras), alguma quantidade de frutas e cerais integrais. Normalmente, é relativamente difícil que um indivíduo tenha algum déficit de micronutriente, visto que estes necessitam estar em quantidades mínimas no corpo. Porém, em alguns casos como de doenças, com o uso de medicamentos constantes e/ou uso de drogas, álcool e tabaco, desnutrição extrema ou coisas do tipo, pode haver certo déficit dos mesmos e a atenção para o devido suprimento deve ser levada em consideração.

Normalmente não se fica deficiente de uma única vitamina ou de um único mineral, assim como, também não é possível afirmar que o indivíduo fique carente por todos eles e é justamente por isso que se faz necessário avaliar cada quadro individualmente.

Os suplementos multivitamínicos e multiminerais

De uma maneira geral, os suplementos multivitamínicos e minerais são aqueles os quais contém quantidades estabelecidas normalmente pelas IDRs (Ingestão Diária Recomendada) de várias vitaminas e de vários minerais. Obviamente, a depender de cada local onde ele é produzido e comercializado, diferentes teores desses micronutrientes podem existir, sendo que, em alguns locais não é possível ultrapassar as IDRs, pois estes passarão a ser considerados medicamentos ao invés de suplementos alimentares.

Alimentos dentro de Cápsulas

Normalmente, suplementos multivitamínicos e multiminerais estão em formas queladas, ou seja, formas essas as quais permitem serem absorvidas pelo corpo sem interação dos nutrientes entre si. Isso se deve ao fato de que, por exemplo, o ferro não heme interfere na absorção do cálcio, pois ambos são minerais catiônicos bivalentes e o local de absorção intestinal é o mesmo. Porém, se eles estiverem em sua forma quelada, não irão competir entre si e, ambos poderão ser bem absorvidos.

É extremamente importante relevar isto, pois estamos falando de muitos micronutrientes ingeridos de uma só vez e que estão em quantidades baixas, fazendo-se necessário otimizar ao máximo o aproveitamento de cada um deles.

Portanto sempre atente-se a este fato quando for comprar seu suplemento multivitamínico. Se as vitaminas e sais minerais não estiverem em sua forma queladas, opte por outro, pois o risco de seu corpo não absorver todas as vitaminas e sais minerais ali é bastante grande.

Quem precisa dos multivitamínicos e multiminerais?

Como todo suplemento, ou seja, que visa complementar algum déficit na dieta, os multivitamínicos e/ou multiminerais são indicados para quaisquer pessoas as quais tenham déficits de vitaminas e sais minerais. Entretanto, cada suplemento deve estar de acordo com o que realmente a pessoa precisa.

Além disso, pessoas as quais possuem uma alimentação muito deficiente também podem se beneficiar com o uso destes suplementos.

Em alguns casos, eles não são somente destinados para adultos, mas para algumas crianças as quais não conseguem boas respostas e bom desenvolvimento apenas com a alimentação. Claro que as crianças deverão usar algo que tenha uma fórmula infantil e com acompanhamento profissional.

Realmente precisamos dos multivitamínicos e multiminerais?

Muitas pessoas fazem o uso deste tipo de suplementos sem a devida necessidades. Geralmente quando perguntados porque o fazem, falam respostas do tipo: “um indivíduo praticante de esportes necessita de maiores quantidades de micronutrientes devido a suas perdas” ou “para otimizar algumas sínteses no corpo, faz-se necessário uma maior quantidade de determinadas vitaminas e minerais”, alguns chegam a dizer que “em sua dieta há um baixo consumo de alimentos in natura (especialmente vegetais) ou que não consegue ter uma alimentação coerente na maior parte do tempo”.

Porém o correto para responder se você precisa ou não são algumas perguntas que você deve se auto-avaliar.

  • Você realmente fez uma avaliação de quais são suas necessidades e de quais micronutrientes está em déficit (caso esteja)?
  • Você acha que realmente consegue ter bons resultados negligenciado a necessidade de uma dieta com o máximo de variedades possível?
  • Seu corpo realmente não está tendo a quantidade necessária de micronutrientes?
  • As perdas de um esportista são realmente altas a ponto de uma dieta coerente não conseguir suprir suas necessidades?

Ora! Sendo assim, indagando estas questões você pode começar a entender o porque suplementos multivitamínicos e multiminerais quase nunca são necessários.

Em primeiro lugar, eles são suplementos muito pouco específicos. Contém quantidades de todos os micronutrientes, mas supondo que você esteja com deficiência de cálcio na dieta, então, será que adianta consumir vitamina C, Vitamina A, Sódio e Bromo? Não seria mais fácil optar por um suplemento especificamente de cálcio e que pudesse ter quantidades destinadas apenas a este micronutriente?

Em segunda lugar, o consumo excessivo de algumas vitaminas e de alguns minerais podem trazer quadros de toxicidade (LEIA: Excesso de Vitaminas não gera Ganhos). Isto é raro acontecer, mas não é impossível. Se você já tiver uma superalimentação ou algum distúrbio no metabolismo dos micronutrientes, poderá ter prejuízos consumindo as vitaminas e os minerais em excesso.

Em terceira instância, caso realmente haja algum tipo de carência, normalmente temos de dar dosagens superiores as normais para que essa carência seja suprida. Normalmente, os suplementos multivitamínicos e multiminerais não têm essas quantidades, pois, como mencionado, devem obedecer às IDRs.

Então esses suplementos são inúteis? São apenas propaganda e marketing?

Claro que não! Eles são uteis na medida em que você necessita de diversos tipos de vitaminas e minerais, como por exemplo, a sua dieta não supre tal necessidade, ou você possui alguma doença que impeça a absorção de micronutrientes por vias alimentares… Neste caso sim podemos usar tais suplementos, mas sempre seguindo orientação profissional.

Mutlvitamínicos e multiminerais também não devem ser confundidos com suplementos “para o sistema imune”. A função deles não é necessariamente esta (apesar de estar inclusa também). Portanto, não justifica a ingestão de tais suplementos para “prevenir-se de gripe” ou melhorar a resistência.

Multivitamínicos X Alimentos: Qual é melhor aproveitado pelo corpo?

Durante muitos anos se achou que os suplementos poderiam ter uma eficiência maior no corpo humano, frente a uma melhor absorção e até mesmo um aproveitamento otimizado. Porém, com o tempo, pôde-se descobrir que nem tudo funciona bem assim e muitas vezes a alimentação pode ser mais eficiente, barata e também segura. Mas, por que?

Em primeiro lugar, temos de entender que a quantidade disponível nos alimentos não vai gerar toxicidade no corpo. Normalmente, alimentos possuem quantidades as quais suprem as necessidades do corpo e, algum tipo de excesso que possa ocorrer é então eliminado. Já os multivitamínicos e multiminerais por necessariamente estarem quelados, podem gerar muito mais chances de serem tóxicos ao corpo frente a superdosagens.

Em segundo, temos de salientar que os alimentos possuem uma biodisponibilidade muito maior, ou seja, disponibilidade esta que significa uma melhor absorção e um melhor aproveitamento destes nutrientes ao corpo.

Obviamente, temos de ter não somente um equilíbrio em nossa alimentação, mas saber um pouco (ou ser orientado por um bom profissional) sobre melhores combinações de alimentos, sobre interações negativas (que devem ser evitadas), entre outros pontos. Lembre-se de que as principais fontes de micronutrientes são também fontes de outros nutrientes extremamente saudáveis.

Comida ou Suplementos de Vitamina

As verduras e os legumes, por exemplo, também são fontes de fibras alimentares, antioxidantes, flavonoides, carotenoides, entre outros nutrientes; as carnes vermelhas também são fonte de creatina, de proteínas de altíssimo valor biológico; os derivados de leite (especialmente integrais) são fontes de vitaminas lipossolúveis e assim por diante. Sendo assim, o consumo adequado de alimentos só tende a ser muito mais vantajoso do que os suplementos multivitamínicos e multiminerais.

Um ponto importante a ser mencionado quando o assunto é o consumo de alimentos é que nem todos os micronutrientes são bem ativados em sua forma in natura, enquanto em outros alimentos, alguns nutrientes serão inativados no cozimento. É por isso que além de saber as fontes de X ou Y micronutrientes, você deve também saber como prepará-lo para aproveitar aquele nutriente.

Se você não está acostumado a ingerir boas quantidades de alimentos in natura, você pode ir começando aos poucos, optando por alguns sucos que contenham vegetais, pode fazê-los em diferentes preparações, usar alguns temperos de maneira inteligente, colocar alguns deles em pratos que você come no dia-a-dia (que tal adicionar uma cenoura ralada no arroz ou mesmo um pouco de espinafre em seu omelete?), entre outras estratégias. Aos poucos você verá como comer fontes de micronutrientes é extremamente fácil e se torna um hábito o qual você dificilmente irá conseguir viver sem.

Como devem ser tomados os suplementos multivitamínicos e multiminerais?

Não há regra absoluta para esse consumo, uma vez que tudo dependerá de cada pessoa e de cada produto a ser usado.

Por exemplo, se você visa uma melhor absorção pela necessidade de vitaminas lipossolúveis, faz-se necessário que elas preferencialmente sejam ingeridas com uma fonte de gorduras. Alguns mutlvitamínicos são melhor absorvidos com ou sem refeição, a depender do produto. Ainda, existem aqueles os quais são destinados para auxiliar em melhoras no sono e devem ser consumidos ates de dormir e assim por diante.

Então, o mais indicado é seguir a orientação de seu profissional, e/ou da embalagem do produto, a fim de otimizar o máximo deste uso.

Existem efeitos colaterais com o uso de multivitamínicos e multminerais?

Nutrientes em Cápsulas

A grosso modo, é difícil alguém entrar em quadros de toxicidade com o uso de multivitamínicos e multiminerais, ainda mais com os produtos atualmente disponíveis no Brasil que envolvem uma IDR relativamente segura. Entretanto, é necessário se atentar para o excesso destes suplementos, especialmente os mais concentrados em minerais e vitaminas lipossolúveis.

Quadros de hipervitaminose ou de excessos de minerais no corpo podem ser comparados a ingestão de “venenos”, ou seja, seu corpo começa a ter efeitos colaterais (os quais podem variar desde desconfortos abdominais, ulcerações na pele, ulcerações gástricas, tonturas, náuseas, vômitos, desmaios, arritmia cardíaca, entre outros) fortíssimos, podendo chegar até, em casos mais extremos, a morte.

Portanto, a boa e velha dica de sempre seguir a recomendação profissional é essencial!

Falsificação e adulteração de suplementos multivitamínicos e multiminerais

Infelizmente, não podemos contar com a honestidade de todas as pessoas. De fato, os suplementos multivitamínicos e multiminerais podem ser muito mais fáceis de serem falsificados do que suplementos hiperprotéicos ou mesmo alguns aminoácidos.

Isso porque, em primeiro lugar, se você falsificar um whey protein, colocando, por exemplo, farinha ou amido dentro, o indivíduo mais sensível observará um ganho de peso ou algum tipo de inchaço em alguns dias. Desconfiando do produto, ele poderá suspender o uso. Porém, os multivitamínicos e minerais normalmente não trarão efeitos a curto prazo (sejam eles bons ou ruins) e, mesmo assim, como mencionado, vitaminas e sais minerais precisam estar em quantidades muito baixas no corpo e não é possível observar de maneira visível os resultados destes suplementos.

Diferente de proteínas e outros suplementos em pó, os encapsulados multivitamínico não têm sabor e dificilmente você observara uma textura diferente caso haja algo errado. Sim, estes são suplementos que somente teremos certeza sobre sua procedência sob análise laboratorial.

Portanto, caso você opte por usar alguns desses suplementos, escolha marcas seguras no mercado e que já estejam há algum tempo em boas vistas. Não adianta querer pagar muito barato num suplemento, pois, literalmente, o barato pode sair caro.

Conclusão

Suplementos multivitamínicos e multiminerais são importantes em casos específicos, mas, devem sempre ser devidamente avaliados por um bom profissional da área.

Seu uso normalmente é desnecessário, apesar de não trazer a curto prazo efeitos colaterais. Entretanto, em casos específicos, eles podem ocasionar problemas e  por isso mesmo é necessário certo cuidado com os mesmos.

Portanto, foque em uma alimentação saudável e, certamente você irá se surpreender com os quão benéficos serão os resultados e, caso opte por produtos, sempre escolha aqueles os quais já possuem nome no mercado e seguem padrões criteriosos em sua elaboração e produção.

Bons treinos!

Publicado em 4 comentários

Animal Pak: Guia completo – o que é, benefícios, como usar

Tempo de Leitura: 8 minutosO Animal Pak foi um dos suplementos mais falados nos últimos anos da emersão da musculação no cenário internacional e nacional. Sendo um suplemento original da respeitada empresa Universal Nutrition, o Animal Pak pertence a linha “Animal”, assim designada com um nome o qual pudesse trazer um ar de virilidade e extremismo. Este foi o grande precursor dos suplementos em “packs”, que são misturas de comprimidos com diversos ingredientes que prometem inúmeros benefícios.

Diante de muitos fatos desconhecidos sobre a eficiência desse produto, ele foi alvo tanto de adorações quanto de críticas. Por um lado, alguns costumavam citá-lo como a revolução no mercado de suplementos alimentares e, por outro lado, as críticas sobre não haver nada de mais no produto também existia.

animal-pak-guia-completo

Infelizmente, com o aumento do dólar e dos impostos, o Animal Pak se tornou um suplemento extremamente caro, tornando seu consumo praticamente inviável para a maioria das pessoas. Ainda, com a justificativa de que a fórmula nacional é inferior a fórmula internacional (é necessário ajustar o produto a cada país segundo as exigências de sua legislação), alguns preferem deixa-lo de lado ou optar por genéricos, o que nem sempre é a melhor opção.

Todavia, para que possamos realmente entender o que é o produto e saber se ele é válido ou não para o praticante de musculação, conheceremos alguns de seus aspectos básicos e sanaremos todas as nossas dúvidas sobre este suplemento. Pronto para conhecer por dentro cada parte do Animal Pak? Vamos nessa!

O Animal Pak

O Animal Pak foi colocado no mercado em meados da década de 80, pela Universal Nutrition, focando como seu público alvo os praticantes de musculação, o powerlifting, o weightlifting e o Strongman. Ele é um suplemento o qual visa nutrir de maneira singular e adequada esses atletas antes e após as atividades físicas com nutrientes que nem sempre são extraídos da alimentação convencional. Além disso, ele visa o aumento de foco e de concentração durante os treinamentos.

Visando as necessidades de micronutrientes, o Animal PaK tem como objetivo proporcionar cofatores essenciais para os inúmeros processos bioquímicos no corpo. Esses nutrientes foram calculados e são fornecidos na dose geral necessária para otimizar praticantes de esportes e força, pois tanto a intensidade quanto a frequência de seus treinamentos costumam ser mais elevadas do que pessoas normais. Dessa forma, estes praticantes de esportes e força, precisam de mais nutrientes e nutrientes mais específicos.

Com o uso de alguns outros compostos, o Animal Pak visa o aumento de energia, mas não pode ser considerado um estimulante, como os pré-treinos. Ele utiliza de mecanismos muito menos intensos, porém tão eficazes quanto. E é difícil de explicar ao certo como isso ocorre, pois segundo os próprios usuários do suplemento relatam, somente quem faz uso por um bom tempo de Animal Pak é que realmente consegue sentir as diferenças e os avanços físicos e mentais que o produto traz.

Embalagem do suplemento Animal Pak

O que compõe Animal Pak?

Animal Pak é um blend de diversos nutrientes os quais podem ser divididos em vitaminas e minerais, aminoácidos, nutrientes de performance, nutrientes antioxidantes e um complexo digestivo. Neste tópico iremos tratar mais a fundo cada um deles, para que você possa entender o que realmente está ingerindo.

Vitaminas e sais minerais: Não poderíamos começar por outro item se não o principal deles no produto que é a adição de vitaminas e minerais. Dessa forma, devemos compreender que Animal Pak pode ser considerado um dos suplementos multivitamínicos mais potentes do mercado. Cada porção do produto fornece uma dosagem cavalar de nutrientes antioxidantes, vitaminas e minerais que são essenciais ao corpo.

Como exemplo disso, ele fornece quase 170% da IDR (Ingestão Diária Recomendada) de vitamina A, fornece mais de 1500% da IDR de vitamina C e 1000% da IDR de vitamina E. E isso, só falando os principais antioxidantes que devem estar presentes em boas quantidades na dieta do atleta e/ou esportista de força para reduzir os danos dos radicais livres elevados em seu corpo.

Porém, as vitaminas do complexo B também são indispensáveis a esse público, principalmente por estarem relacionadas com o metabolismo energético. Ele fornece mais de 5000% a IDR de Tiamina ou vitamina B1, mais de 9000% da IDR de Piridoxina ou vitamina B6, que é indispensável no metabolismo dos aminoácidos de cadeia ramificada, e 185% da IDR de Cianocobalamina ou vitamina B12, que auxilia na oxigenação sanguínea, reduz as chances de anemias e etc.

Ainda, ele conta com fósforo, indispensável ao cérebro, boas quantidades de zinco e magnésio, que estão ligados com a produção de testosterona, e conta com a adição de cerca de 2g de cálcio, o que é uma dosagem excelente para praticantes de esportes de força e que é um mineral indispensável na formação e reabsorção óssea, na contração muscular, entre outros muitos processos corpóreos.

Aminoácidos: Existem cerca de 200 aminoácidos na natureza, mas o corpo metaboliza apenas 21 deles, sendo 20 principais. Animal Pak conta com todos eles, mas especialmente foca no fornecimento de aminoácidos essenciais ao corpo, ou seja, aqueles aminoácidos os quais o corpo NÃO pode produzir e necessita do consumo externo (pela dieta e/ou suplementação). Alguns deles são a L-Lisina, a L-Isoleucina, a L-Leucina, a L-Valina, o L-Triptofano etc. Porém, desses, ainda se destacam os aminoácidos de cadeia ramificada, conhecidos BCAAs. Eles são aminoácidos preferencialmente utilizados durante a atividade física, principalmente a L-Leucina, que está associada com a sinalização da síntese proteica pelos processos m-TOR. Assim, é relevante que eles sejam suficientemente supridos no corpo e Animal Pak ajudará nisso.

Complexo performance: Visando o fornecimento de nutrientes específicos para elevar a performance, algumas raízes, compostos e aminoácidos também foram inseridos em Animal Pak com esse objetivo. Entre eles, podemos citar a L-Carnitina, associada com o transporte de lipídios de fora da membrana plasmática para dentro e para a mitocôndria para que eles possam ser oxidados e utilizados como fonte de energia pelo corpo (em especial durante as atividades físicas). O complexo de performance ainda, conta com o UniLiver, que são nutrientes do fígado bovino, extremamente úteis ao corpo e que podem auxiliar na performance e na saúde também.

O Alfa-cetoglutarato também presente nesse complexo, é associado com a síntese de L-Glutamina que é um os mais importantes aminoácidos para o corpo, para o sistema imunológico e para o atleta de força.

Alguns relatos contestam o uso do Ginseng siberiano, porém muitos o relatam com uma eficácia única. A verdade é que tudo isso dependerá das dosagens utilizadas e da matéria prima. Por isso, a Universal Nutrition se preocupando com esse aspecto elaborou o complexo de Ginseng siberiano com matéria prima de excelente qualidade e fornecendo 250mg por porção, o que é uma excelente dosagem e muito eficaz.

Outro composto muito importante de ser lembrado é a colina, presente naturalmente na gema do ovo. Ela está associada com a saúde cerebral, com a melhora na concentração e no aprendizado, sendo um importante nutriente no que tange a sua concentração durante a prática de atividades físicas.

Esse complexo ainda possui outras raízes que visam aumentar o foco e a concentração durante os treinamentos, como Eleuthero, extrato de Grape seed, extrato de Pine Bark e Citrus Bioflavonoids (peel).

Complexo Antioxidante: Além das vitaminas antioxidantes já listadas, a Universal Nutrition ao criar o Animal Pak pensou em adicionar itens que não são vitaminas, mas são antioxidantes de alto poder no corpo humano. Entre eles, o conhecido licopeno, ótimo para a saúde do coração, a luteína, o ALA (derivado do ômega-3), extratos de uva, que são ricos em resveratrol, um composto que é altamente recomendado na prevenção de doenças cardiovasculares, entre outros.

Além disso, não poderíamos deixar de listar a Coenzima 10, que é antioxidante e auxilia no metabolismo energético do corpo, otimizando os níveis de fornecimento de energia ao mesmo. Pessoas que fazem suplementação com a coenzima 10 costumam ter melhores resultados na performance e na durabilidade de seus treinamentos, tornando-os mais intensos e fazendo com que eles possam ter maior frequência.

Complexo digestivo: A Universal Nutrition sabe que todo atleta de esportes de força costumam ter uma superalimentação e isso faz com que o trato gastrointestinal muitas vezes seja sobrecarregado. Obviamente, isso ocorre pelo excesso de alimentos ingeridos e o nosso organismo não costuma produzir tantas enzimas digestivas para digerir todo aquele alimento de forma rápida. Isso prejudica a digestão e a absorção de muitos nutrientes e ainda causa uma sensação de empachamento, pode causar constipações intestinais e até problemas mais sérios.

Pensando nisso, quando Animal Pak foi produzido, a Universal Nutrition adicionou também um blend com enzimas digestivas as quais possibilitam que as hidrólises (quebra dos alimentos) no trato gastrointestinal aconteçam de maneira mais eficaz. Enzimas como a bromélia, a lipase, a papaína, a pancreatina e algumas peptidases fazem parte desse complexo. Ainda, fibras como a Inulina também são presentes, o que costuma fazer com que vitaminas e sais minerais sejam melhor absorvidos após a sua ingestão.

beneficios-da-animal-pak

O uso de Animal Pak

Animal Pak pode ser utilizado de diversas formas, porém segundo a própria Universal, o ideal é que ele seja utilizado em pelo menos 1 (um) pack 30 minutos após a refeição pré-treino. Porém essas dosagens podem ser aumentadas para 2 packs diários, por exemplo, um pela manhã e um antes do treino, a fim de obter o máximo de resultados do produto.

Animal Pak não é um suplemento o qual necessita pausas e isso nem é indicado. Por ser um suplemento onde o resultado não é momentâneo, ele necessita de um tempo de ação no corpo para que realmente possa apresentar efetividade. Portanto, não ache que com os 3 primeiros packs você terá um resultado significativo.

Efeitos colaterais de Animal Pak

Animal pak não é um suplemento estimulante, não possui itens alergênicos (a não ser em casos muito específicos) e também não está associado com estímulos hormonais diretos. Portanto, ele não é um suplemento que costuma apresentar quaisquer tipos de efeitos colaterais, sendo muito bem utilizado pela maioria das pessoas que realmente querem um suplemento que possa aumentar seu desempenho a longo prazo.

Todavia, casos específicos devem ser avaliados e a hipervitaminose (excesso de vitaminas), principalmente de vitaminas lipossolúveis, devem receber atenções. Por isso não recomenda-se que ele seja mesclado com outros suplementos multivitamínicos ou mesmo com vitaminas isoladas, a não ser em casos de indicação médica ou nutricional.

Vale a pena ingerir Animal Pak?

No início do artigo falamos sobre a polêmica que há entre o custo X benefício e a efetividade de Animal Pak. A verdade é que ele é um complexo otimizador metabólico muito bom e é um ótimo produto para ser utilizado. Entretanto, o custo X benefício dele no Brasil não é conveniente, atualmente ele é comercializado em 44 Packs e 22 Packs, custando até 250 reais a embalagem maior.

Saches com comprimidos de Animal Pak

Então é aquele esquema, é um suplemento que vale a pena se usado sim, mas se você tiver condições de manter esse uso. Não adianta comprar 1 mês e achar que vai ter resultados incríveis por conta do produto. É necessário mais tempo e um uso continuo. Se você tiver condições, eu apostaria o meu dinheiro.

E onde comprar?

Curtiu tanto o produto que quer comprar? Acha que este é o suplemento que está faltando em sua dieta para que você possa atingir cada vez mais resultados? então eu te dou uma dica de onde comprar com preço mais em conta.

Este é um suplemento liberado no Brasil e que pode ser encontrando facilmente nas maiorias das lojas, tanto físicas, quanto online. O seu preço, como citado acima, varia entre R$250,00 (duzentos e cinquenta reais) no pack maior, porém tem uma loja que tenho feito as minhas compras, que é a Suplementos Mais Baratos, que vem trabalhando com os preços um pouco abaixo destas grandes lojas e possui também os produtos originais e de excelente procedência.

Conclusão:

Animal Pak é um ótimo suplemento, completo e com itens especialmente dedicados aos praticantes de esportes de força. Todavia, ele é um suplemento que infelizmente não tem um dos melhores custos X benefícios. Todavia, não deixa de ser uma boa opção para tornar seus treinos e também sua saúde muito melhores.

Bons treinos!

 

Publicado em Deixe um comentário

Conheça 5 suplementos que podem auxiliar na saúde do praticante de musculação

Tempo de Leitura: 5 minutos

Quando buscamos um suplemento, normalmente nos preocupamos com o quanto ele possa nos ajudar no caráter nutricional, suprindo nossas necessidades que não são atendidas com a dieta ou mesmo por suas funções ergogênicas, ou seja, de aumento de performance. Entretanto, apesar dessas funções, existem suplementos que podem ser auxiliares não só nesses aspectos, mas em algo que muitas vezes só damos o real valor quando passamos a perder: a saúde!

É indispensável que para desenvolver um bom corpo se precise de uma saúde adequada. Isso porque, além dos fatores básicos que ela interfere diretamente na vida humana, ela ainda está relacionada com aspectos os quais podem interferir na performance, na recuperação muscular e corpórea, na relação das taxas de catabolismo e de anabolismo e até mesmo nas funções imunológicas do corpo.

Dessa forma, hoje, conheceremos 5 suplementos muito pouco usados os quais podem ser inseridos em sua dieta fazendo com que sua saúde melhore, promovendo uma melhor qualidade de vida e melhorando seus resultados também.

1- Extratos de blueberries (mirtilos)

Os mirtilos são pouco conhecidos no Brasil, mas talvez nos últimos dois anos tem sido mais presente nos mercados e na mesa do brasileiro, apesar do preço relativamente alto, quando comparado com frutas mais típicas brasileiras como a laranja ou mesmo a banana ou o limão. Apesar disso, os mirtilos são usados a muitos anos na maioria dos países europeus e norte-americanos. E não é por acaso: além do ótimo sabor e versatilidade de consumo (o qual pode variar desde sua forma pura ou em sucos a doces, misturas, adição em outras preparações, geleias etc), os mirtilos são considerados como alimentos funcionais e podem auxiliar muito à saúde.

Por esse motivo é que passaram a surgir os suplementos com extratos de mirtilos, desconsiderando seus valores unicamente nutricionais e, levando em consideração uma concentração maior de suas propriedades funcionais. De maneira geral, essa tem sido uma grande característica das frutas vermelhas (morangos, framboesas, amoras, cerejas).

Esses extratos contam com uma boa concentração de resveratrol, que é um composto antioxidante e que é altamente eficaz principalmente na melhora e prevenção de doenças cardiovasculares, anotocianinas, as quais promovem melhoras em aspectos cognitivos. Além disso, são ricas em antioxidantes, como por exemplo, a Vitamina C, carotenoides, os quais diminuem a ação de radicais livres no corpo, promovendo menores danos celulares e, posteriormente menor morte celular. Isso faz com que sejam menores as chances de câncer, doenças metabólicas, envelhecimento precoce, Faz ainda com que haja menores danos no tecido nervoso.

2- Colina

A Colina é um composto muito falado, em especial na área pediátrica pela influência que pode exercer sob o tecido cerebral, melhorando suas funções, tais quais a promoção da concentração e do foco. Aliás, crianças com déficit de atenção, normalmente são orientadas a fazer uso de maiores quantidades de alimentos que possam apresentar esse composto, como a gema do ovo de galinha. Não é por acaso que há anos se recomenda a utilização de pequenas quantidades de ovos com crianças as quais possuam algum tipo de dificuldade no aprendizado ou mesmo com a concentração.

A colina tem sido associada como envolvida no processo de atenuação da fadiga muscular, devido a mesma ser um importante condutor nervoso, o qual, sendo dificultado, faz com que a fadiga ocorra mais rapidamente. Por falar nisso, ela pode aumentar a massa muscular, visto que aumenta a velocidade da produção de ADN e RNA.

Para continuarmos os benefícios, a também conhecida como vitamina Bp (apesar de não ser uma vitamina), possui influência no metabolismo dos três macronutrientes no corpo humano.

A colina ainda auxilia na diminuição de possíveis resíduos e estoques de gorduras no tecido hepático (que é considerada gordura visceral e que possui inúmeros malefícios ao corpo humano), na diminuição da pressão arterial, em distúrbios renais entre outros.

3- Licopeno

Também conhecido como a “substância presente nas sementes de tomates”, o licopeno hoje é muito falado na mídia, mas, pouco se fala, propriamente dito sobre seus benefícios ao corpo, além dos fatores antioxidantes.

O Licopeno é um carotenoide responsável pela coloração avermelhada em alguns alimentos como os tomates, as melancias e goiabas.

Em primeiro lugar, por ser antioxidante, já podemos remetê-lo a prevenção de radicais livres, evitando doenças cardiovasculares, inflamatórias, diminuição na aterosclerose, artrite, catarata entre outros.

O consumo de licopeno por parte da alimentação geralmente não possui teores tão significativos, portanto, para praticantes árduos de musculação, talvez a inserção desse nutriente na dieta seja interessante em forma de suplementos.

4- Selênio

O selênio é um mineral que age no corpo em sinergia com a Vitamina E. Possui influência em inúmeros processos metabólicos como a produção hormonal endógena de testosterona. Ele auxilia na prevenção de problemas hepáticos, é um nutriente antioxidante, o qual diminui os radicais livres, auxilia na prevenção de doenças da tireoide e, garante o seu bom funcionamento, evita fadiga muscular, previne a mialgia e outras doenças musculares etc. O selênio pode ser encontrado em alguns alimentos como carnes brancas ou mesmo em sua fonte mais conhecida que são as castanhas do Brasil. Porém, sua forma suplementada pode ser mais interessante para aqueles que desejam a obtenção unicamente desse nutriente, desprezando então os que viriam junto com outros alimentos.

Aprenda mais sobre o sêlenio: https://dicasdemusculacao.org/conheca-melhor-o-selenio/

5- Ômega-3

O ômega-3 é muito conhecido nos dias modernos, talvez até pelos excessos de propagandas. Entretanto, muitos desconhecem os benefícios a fundo os quais podem ser proporcionados pelos diferentes tipos de W-3. Quando ingerido de fontes animais, como os óleos de peixe, o Ômega-3 é facilmente convertido em EPA e DHA. Esses ácidos graxos podem ser ergogÊnicos, auxiliar na constituição da membrana cerebral, serem fatores de produção de eicosanoides anti-inflamatórios (que possuem efeitos relacionados a diminuição de doenças cardiovasculares, doenças reumáticas, artrites e outras inflamações), aumento na circulação sanguínea entre outros tantos.

Porém, quando convertido em ALA, por exemplo, por meio de fontes vegetais, como o óleo de linhaça, esse ácido graxo não possui tantos benefícios, mas, seu grande diferencial é mesmo o alto poder antioxidante, sendo também um importante nutriente a ser ingerido a fim de maximizar seus resultados de recuperação pós-treino.

Aprenda mais sobre o ômega-3: https://dicasdemusculacao.org/a-funcao-do-omega-3-para-o-praticante-de-musculacao/

Conclusão:

Apesar da gama de suplementos hoje no mercado, existem alguns os quais estão diretamente associados com uma melhora na saúde como um todo, o que faz o corpo manter-se em níveis mais adequados para exercer melhor suas funções nos períodos de atividade física e de recuperação muscular.

Bons treinos!

Publicado em 9 comentários

Conheça melhor os polivitamínicos e poliminerais

Tempo de Leitura: 4 minutos


Nossos pais já diziam o quão era importante a ingestão de vitaminas e sais minerais. E, não é a toa que incentivavam o consumo de alimentos naturais, como legumes, verduras, frutas e outros alimentos dessa natureza. Sábios eles eram, pois esses são nutrientes fundamentais para nosso corpo, chegando a um patamar de importância a se dizer que são fundamentais para que as inúmeras reações do metabolismo possam acontecer.

 
VEJA TAMBÉM:
CONHEÇA: O Suplemento pré-treino mais PODEROSO do Mercado e Obtenha Excelente Ganho de Massa Muscular!
DESCUBRA: 04 Erros Que te Impedem de Alcançar a Hipertrofia Muscular e Saiba como Eliminá-los!
DESCUBRA: O Que Ninguém Te Conta Sobre Ganhar Músculos Grandes e Definidos em Poucas Semanas!
CONHEÇA: Como Montar Dieta e Treino Personalizado, Pensando em suas Necessidades e Individualidades!
Por mais ampla que seja uma dieta de um indivíduo ele praticamente não conseguirá ingerir todas as recomendações diárias de todos os nutrientes diariamente.
E é justamente por isso que muitos indivíduos passam a ser complementados ou suplementados com os chamados Polivitamínicos e os Poliminerais, que nada mais são do que complexos vitamínicos que atendam necessidades específicas.
Essas vitaminas e minerais, normalmente estão associados a formas “queladas”, ou seja, ligadas a algum composto que possibilite uma melhor biodisponibilidade do nutriente. Frente a isso, dificilmente algo ingerido por essas fontes sintéticas de vitaminas e minerais deixará de ser devidamente absorvida.

Quem necessita de complementos vitamínicos?

Por imaginar que sua dieta é teoricamente falha, por mais vasta que seja, a complementação com vitamínicos e minerais vem crescendo a cada dia. E não é por acaso que hoje em farmácias, vemos um grande índice desse grupo de substâncias. Entretanto, dificilmente o corpo entrará em estados de carência de micronutrientes. Além disso, a relevância que se tem na absorção de vitaminas e minerais consumidos por produtos como esses torna-se bastante eficiente, ou seja, sem desperdícios.
Apesar dessa importância que as vitaminas e minerais possuem ao nosso corpo, não são todos os indivíduos que necessitam desses complementos. Normalmente, seu uso é feito dentro de protocolos específicos e que estão associados a atividade física extrema, por exemplo, no caso do praticante de musculação e/ou atleta.
A suplementação desnecessária de vitaminas e minerais pode ser tão maléfica quanto sua deficiência ou, até mesmo, mais crítica uma vez se tratando de toxicidades extremas, como a de potássio, que pode levar a uma parada cardíaca.
Além disso, níveis exagerados de algumas substâncias podem ter um efeito metabólico inverso ao que desejamos. Por exemplo: o ácido ascórbico, conhecido como Vitamina C, é um micronutriente essencial em inúmeros processos metabólicos. Além disso, esse é um dos mais potentes antioxidantes que ingerimos. Entretanto, apesar de sua importância, esse nutriente quando está em excesso pode gerar contratempos, tais quais sua própria doença por carência (devido ao efeito rebote), pode gerar resistências insulínicas e até mesmo prejudicar parte do efeito benéfico dos oxidantes do corpo.
O cálcio também pode ser outro bom exemplo: Sua ausência trará prejuízos a camada permutável de cálcio no osso e mesmo em neurotransmissões. Porém, seu excesso pode gerar cálculos renais, problemas metabólicos e outros.
Assim, se você é praticante de musculação ou atividades físicas de alto rendimento, provavelmente apenas a sua alimentação não irá suprir as necessidades de vitaminais e minerais, sendo necessário o complemento de um polivitamínico e polimineral. Entretanto, mesmo praticantes de alto rendimento não devem sair por ai usando esses suplementos como bem entendem, pois é necessário a analise e acompanhamento nutricional.
Se você é uma pessoa comum e simples, pratica atividades físicas apenas por lazer ou para tratar algum problema especifico, não use esses suplementos sem uma ordem de um médico. Não crie seus próprios protocolos.

Polivitamínicos e poliminerais X Alimentação: Qual o melhor?

Muitos se perguntam se os polivitamínicos não podem suprir a ausência de alimentos fontes de micronutrientes na dieta, como os legumes, os grãos integrais e as verduras. Obviamente, a grosso modo, olhando vitamina por vitamina sim. Mas, na prática, isso não é lá das escolhas mais espertas nem tampouco vantajosas.
Sem sombra de dúvidas, ao contrapormos um polivitamínico de melhor espécie com uma dieta relativamente moderada, obviamente a dieta levará vantagem. Em primeiro lugar, pois com ela não corremos quaisquer riscos de toxicidades de micronutrientes, o que já mostra sua segurança. Em segunda instância, a dieta possui uma gama de nutrientes maiores do que nos polivitamínicos e de maneira natural.
A alimentação, quando comparada a muitos desses produtos, também possui um valor econômico inferior, trazendo-se possível aos indivíduos com mais ou menos condições.
Assim, procure seguir uma alimentação equilibrada e balanceada. Essa será sua melhor fonte de micronutrientes. Só use suplementos polivitamínicos e poliminerais se realmente necessitar e com ajuda do nutricionista.
Leia mais: Polivitamínicos no lugar de vegetais: Isso compensa mesmo ao praticante de musculação?

Onde comprar polivitamínicos e minerais?

Hoje em dia o uso de complemento de vitaminas e minerais é bastante utilizado, principalmente se você praticar exercícios físicos em alto rendimento. Por isso saber onde comprar bons suplementos é ideal para não se jogar dinheiro fora. Polivitamínicos e minerais são suplementos bastante difundidos e vendidos nas lojas de suplementos, porém se você gosta de comprar pela internet, com preço justo e entrega garantida, clique aqui.
Conclusão:
Os polivitamínicos e poliminerais são suplementos de micronutrientes utilizados desde o ramo clínico ao ergogênico de acordo com as mais diferentes necessidades individuais.
Por se apresentarem fundamentais, os micronutrientes necessitam estar presentes na dieta. Advindos de fontes externas à alimentação, ou da própria, esses micronutrientes podem se mostrar como uma faca de dois gumes a qual significará tanto em excesso quanto em ausência um grande prejuízo.
Portanto, procure fazer utilização desse tipo de suplemento somente frente a recomendação médica ou nutricional. Foque-se na alimentação equilibrada e isso, na maioria dos casos, será mais do que suficiente.
LEIA TAMBÉM:
VEJA: Como Utilizar Anabolizantes de Forma Correta e Segura e Aumentar Sua Massa Muscular em Poucas Semanas
OBTENHA: Treinos, Dieta e Protocolos de Suplementação Prontos para Serem Usados e Colocados em Prática: Um Guia Completo Para Hipertrofia!
CONHEÇA: O Pré-Treino Que Vai Mudar Sua Forma de Treinar: +ENERGIA, +FORÇA, +RESISTÊNCIA, +FOCO e +MÚSCULOS!
BAIXE DE GRAÇA: Livro Digital com 20 Receitas Fitness e Saborosas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura!