Publicado em Deixe um comentário

Descubra como a mídia pode influenciar negativamente a sua performace muscular

Tempo de Leitura: 7 minutos

Muitas pessoas imaginam que a musculação é um esporte muito simples: Basta levantar pesos, ir para academia e quanto mais viciado você se tornar naquilo, então, mais conseguirá atingir seus resultados, sejam eles quais forem. Aliás, por falar em resultados, é presente o crescimento assustador do cenário da musculação justamente porque quebrou-se parte do segmento de que um praticante de musculação apenas poderia ter benefícios como o aumento da sua massa muscular mas ainda, percebeu-se o quão importante a musculação poderia ser para promoções relacionadas com a saúde, além das estéticas e funcionais.

musculacao-midiatica

Apesar desse crescimento, muitas pessoas acabam entrando em um mundo desconhecido e pela falta de orientação adequada bem como, de seguimentos os quais possam a levar para caminhos interessantes, tornam-se grandemente iludidas por um cenário midiático, o qual nem sempre visa a verdade, mas, o aumento de sua popularidade. Porém, quais seriam os reflexos disso na sociedade? Quais seriam as formas erradas as quais uma cultura midiática poderia trazer da interpretação da prática da musculação? Ainda, como ela poderia atingir mesmo pessoas bem orientadas portanto, prejudicar o cenário inteiro da musculação? Discutiremos alguns desses pontos longo a seguir para que você faça reflexões consigo mesmo e assim, distinga-se de tais malefícios.

A musculação presente desde o sempre

Sabe-se que a musculação ou, a ação muscular nada mais é do que a presença de ações capazes de promover determinadas reações cinéticas, como, por exemplo, a movimentação de um eixo a qual é feita por estruturas moles como os músculos ou os próprios tendões e ligamentos que fazem também parte desse processo.

Porém, não convém historicamente discutirmos a terminologia do que é ou não musculação bem como das formas pelas quais ela devidamente se define, mas sim, dizer que hoje seus conceitos primordiais mudaram de sua própria terminologia para um sentido esportivo, ou seja, a “ação muscular” (feita por quaisquer movimentos, portanto), deixou de ser algo tão simples e abrangeu um patamar “esportivo” ou, de uma modalidade de atividade física a qual bem é conhecida por nós, pelo menos, superficialmente.

Além disso, há de se considerar que, cada vez mais a musculação passa por evoluções e, isso é algo lógico: Antes tinha-se simplesmente a ação muscular que mais tarde foi percebida como capaz de promover benefícios específicos e, portanto, com o desenvolvimento de estudos fez-se possível sua consolidação em metodologias cada vez mais elaboradas e que, por sinal, ainda evoluem, sem uma previsão de término para tal.

musculacao-mudancas

Junto a essa evolução real e por sinal, incontestável, passam-se a também evoluir conceitos divulgados nos meios de comunicação, ou na mídia. Claro! Se há algo, seja ele surreal ou real exista uma possibilidade, mesmo que remota, de refletir um sucesso  midiático, certamente ele será valorizado e grandemente divulgado.

A mídia e a musculação

Mídia é algo complexo e por sinal, que pode ser entendido em pontos positivos e negativos. Não há como dizer que ela seja propensa a um ou a outro, visto que, a depender de sua manipulação, ela consiga expressar uma forma ou outra.

Envolvendo a musculação, visto o potencial de crescimento que ela apresenta, mesclado com as propriedades também desenvolvidas nos aspectos sociais e nas culturas assim envolvidas, a mídia faz com que a musculação seja olhada de acordo com o que melhor convém. Porém, essa forma a qual muitas vezes ela é olhada, ou feita para que seja olhada, é real, fazendo com que a ilusão ocorra em grande parte das pessoas.

Diretamente, esses conceitos fazem com que pessoas passem a aceitar princípios os quais muitas vezes fogem à realidade e isso é altamente impactantes para elas mesmos e, óbvio, para o cenário como um todo na musculação.

O que a mídia pode trazer de negativo com a persuasão de pessoas?

Sendo que a mídia quer aumento de audiência e não necessariamente satisfação de seus inúmeros consumidores, é muito mais fácil criar um cenário “bonito e fácil” do que trazer a realidade que pode ser muito penosa e de difícil aceitação.

Imagine se a mídia colocasse em alta que, aquelas belas moças da televisão fazem loucuras para alcançar tais corpos? E se por acaso, ao mostrar um homem muito forte, começasse a falar de drogas? Imagine ainda o porque do fisiculturismo não ser divulgado e, em contrapartida, atletas fitness terem todo o prestígio possível… É óbvio, a popularização bela e aceita é muito mais propensa a gerar adeptos e, portanto, lucratividade (lembrando que a mídia está intimamente envolvida com patrocinadores, venda de produtos, venda de imagens etc) torna-se um meio MUITO, mas MUITO mais viável.

Ainda usando nossas situações de analogia, seria muito mais difícil fazer pessoas aceitarem o massacre judeu na Segunda Guerra mundial do que mostrar “ações beneficentes” (mesmo que falsas) nesse cenário. Assim como é mais bonito mostrar uma bela moça com um pote de whey num cartaz ou na televisão do que a mesma com flatulência por comer inúmeras claras de ovos…

Desta forma, o primeiro ponto o qual podemos trazer nos prejuízos midiáticos da musculação estão os relacionados a persuasão em si. Muitos acreditam que seus resultados tornam-se dependentes de produtos específicos, métodos específicos entre outros, incluindo teorias dietéticas etc. Porém, sabe-se que, na realidade, talvez a musculação seja a modalidade mais individualmente projetada para cada qual, isto é, ela depende da sua resposta individual a cada estímulo que é dado, sendo portanto, inviável a tal “via de regra”.

treino-individual

O segundo ponto o qual podemos estabelecer da cultura midiática é a inserção de metodologias as quais, apesar de legalizadas, muitas vezes são altamente prejudiciais à saúde humana, tais quais métodos intensos de treinamentos para pessoas sedentárias, métodos de dietas altamente restritas, práticas de tratamentos auxiliares etc. Tudo isso, muitas vezes não só prejudica resultados, mas, principalmente interfere negativamente na saúde destes que os seguem.

O terceiro ponto negativo estabelecido, claro, é a autoimagem e, talvez esse seja o ponto mais negativo da mídia. Isso porque, a mesma cria uma imagem de estereótipo a qual faz as pessoas crerem que, se não a seguirem, não terão felicidades. Na realidade, essa imagem de estereótipo passa de gerações a gerações seguindo os princípios daquele momento o qual a sociedade vive. No passado, os corpos eram diferentemente valorizados os quais temos nos dias de hoje. Atualmente, o corpo atlético, as formas musculosas masculinas e as belas coxas femininas talvez sejam bons exemplos do que é esse esterótipo o qual talvez não atendesse as necessidades do passado.

Muitas pessoas acabam levando essas considerações tão a sério, que desenvolvem quadros de dependência (do que é exposto na mídia, por exemplo), vícios, transtornos (alimentares, de autoimagem etc), depressão e até mesmo, em estados graves, podem perder a vontade de viver e chegar ao suicídio. E isso parece algo muito vão, mas, dia-a-dia pessoas são acometidas por esses transtornos causados diretamente pela influência a qual a mídia as insere, aliado, claro, a uma fragilidade própria a qual também deveria ser considerada.

Convenhamos que o poder que a mídia tem é, por hora, muito grande, mas, convenhamos ainda que há uma grande hipocrisia em mentiras estabelecidas lá.

Você, provavelmente deve se lembrar de alguns parágrafos supracitados os quais dizem respeito ao glamour que a mídia tem de inserir para poder ter sucesso, não é mesmo? Porém, esse glamour faz com que muitas pessoas entendam a mensagem por trás disso de maneira errada: É claro que a mídia tem a intensão de fazê-lo entrar em um ciclo vicioso. A exemplo disso, um produto o qual NÃO poderá gerar tais resultados prometidos, mas, na ilusão, você crê que pode e então passa a usar continuamente o mesmo…

Porém, o fato de muitos entenderem essa mensagem erroneamente, não diz respeito a marketing subliminar existente, mas, a questões as quais envolvem um mundo que pode ser considerado hipócrita.

A hipocrisia por trás das questões midiáticas

É óbvio que muitos acreditarão nos produtos estabelecidos pela mídia quando verem um bonitão ou uma bonitona fazendo propaganda deles. Mas ainda, é óbvio que muitos não acreditarão e, certamente procurarão saber o que há por trás disso, não é mesmo? Procurarão saber a realidade, o que talvez seja justo

O problema é que muitos, ao descobrirem, mergulham em um mundo muito desconhecido, o qual pode ser grandemente prejudicial.

Não é por acaso que, por exemplo, cada vez mais jovens estão entrando ao mundo de ergogênicos hormonais ou ao uso de substâncias diversas para terem resultados rápidos ou ainda, por achar ser impossível alcançar resultados sem aquilo. Na realidade, a grande maioria até conseguiria ótimos resultados, mas, não de maneira rápida (aliás, nada é rápido quando o assunto é a musculação). Mas, é óbvio que não existem alguns resultados os quais podem ser tranquilamente alcançados sem esses recursos. É justamente nessa ilusão que muitos começam a seguir protocolos os quais jamais deveriam, pelo menos não se valorizassem a sua saúde e a sua integridade.

hgh-product-704687

Por um lado, a mídia hipócrita preza a busca pela saúde, longevidade, mas, por outro, exibe, por exemplo, corpos os quais atraem sim a atenção, mas, que fogem desses princípios. De uma maneira bem estúpida, é como fazer propagandas anti-drogas e, no entanto, exibir “o barato de usar droga” na mesma. São questões totalmente opostas e que devem ser levadas em consideração.

Considerando isso,  a ilusão por querer alcançar algo aparentemente saudável, muitas vezes cai na verdade de alcançar algo visto, mas, que está longe de ser algo saudável.

Sem sombra de dúvidas, todos nós merecemos ter resultados, mas, resultados sólidos e que possam ser REAIS.

Conclusão

Em simples palavras, podemos resumir que algo tão comum como a musculação está cada vez mais inserida em um mundo de inverdades, o qual é responsável por gerar inúmeros mal entendidos e principalmente prejuízos em todos os aspectos para pessoas que acabam sendo iludidas com o que é imposto pela mídia.

É essencial que busquemos conhecimentos lógicos, claros e reais, acima de tudo, que possamos entender nossos próprios objetivos, limitações e possibilidades antes de pensar em ser como alguém, ter algo como alguém ou viver em um mundo o qual não nos diz respeito.

É válido buscar resultados, desde que sólidos e sempre REAIS.

Bons treinos!

Publicado em Deixe um comentário

INMETRO testa qualidade do whey protein concentrado

Tempo de Leitura: 2 minutos

É amigos, depois da febre de laudos, que aconteceu final do ano passado, e descobertas de irregularidades na maioria dos Whey Protein do mercado nacional, a fiscalização do governo passou a ser muito mais severa. O que era para ter acontecido antes, está acontecendo agora, este ano, infelizmente.

No inicio do ano a ANVISA refez inúmeros testes com diversos whey proteins (confira o resultado) e desde lá ela tem testando outras marcas e tendo um controle de qualidade mais rigoroso. Agora foi a vez do INMETRO, órgão tem um rigoroso controle de qualidade, fazer testes com 15 marcas de whey protein concentrado, que ainda é a versão mais consumida pelos brasileiros.

Foram testadas as seguintes marcas: Probiótica, Integral Médica, EAS, DNA, Universal, Solaris, Body Action, STN Steel Nutrition, Voxx, Dynamic lab, Max Titanium, Met-Rx, Sport Pharma, New Millen e Nature’s Best.

Os critérios de analise foram: analise de gramas de proteína por porção, quantidade de proteína escrita no rótulo, quantidades de carboidrato descrita no rótulo, origem da proteína, busca por substâncias não mencionadas, comprovação total do rótulo. É amigos, como vocês podem perceber o pessoal do INMETRO não veio para brincar.

Agora vamos saber quem foi aprovado e quem não foi. Esse é o ponto chave da noticia.

Sinto informar a vocês, mas no teste referente a comprovação total do rótulo, 14 marcas foram reprovadas. De todo o teste, apenas 1 marca conseguiu cumprir todos os requisitos e o seu rótulo estava 100% fiel ao que tinha no produto. Essa marca foi a Met-Rx.

No teste referente a busca de substâncias não declaradas, foram reprovadas 5 marcas, por conterem cafeína no whey protein. As marcas reprovadas foram EAS, Probiótica, STN, Max Titanium e Sport Pharma.

O teste referente a origem da proteína foi mais animador. Das 15 marcas testadas, apenas 1 marca não correspondeu 100% ao soro do leite. No produto da DNA possuía proteína do trigo e da soja.

Já no teste que buscava a quantidade de carboidratos, 11 marcas foram reprovadas! Porém a que chamou mais atenção foi a Voxx, pois o seu produto continha cerca de 300% a mais de carboidratos do que era relatado em seu rótulo, cerca de 4 vezes mais do que o informado.

No teste sobre a quantidade de proteína descrita no rótulo, apenas 2 marcas foram reprovadas por terem 30% a menos do que o declarado. Essas marcas foram a Solaris e Voxx.

E no teste de gramas de proteínas por porção, o minimo aceitável é de 10 gramas de proteínas. E felizmente todas as marcas foram aprovadas.

As respostas das empresas para as suas reprovações são bem tipicas de brasileiros mesmo. Algumas empresas não quiserem se manifestar, outras contestaram o resultado e duvidaram do método de analise do INMETRO. A unica que reconheceu as falhas e disse que irá se adequar a todas as reprovações foi a Nature’s Best.

Abaixo a tabela mostrando melhor o que foi escrito acima. Nela você poderá ver com mais detalhes quem foi aprovado e reprovado e os quesitos.

Publicado em Deixe um comentário

Ronnie Coleman sofre cirurgia no quadril

Tempo de Leitura: 3 minutosNa ultima semana, mas precisamente no dia 31 de Julho de 2014, nosso querido ex-atleta e atual proprietário de algumas empresas, como a de suplementos nutricionais Ronnie Coleman Signature, sofreu uma cirurgia no quadril, muito provavelmente devido as lesões que teve durante sua extensa e incrível carreira.

Ronnie Coleman surpreendeu a todos ao postar uma foto em sua rede social Instagram, a qual dizia algo como “Esse é meu último treino até sabe Deus quando…”. Pois bem, somente Deus sabe o quanto custará para o atleta se recuperar, visto que sua idade já não é tão baixa assim (50 anos)  e seu corpo já sofrera demais por seus árduos anos de treinamento com pesos básicos, com pesos voltado para o fisiculturismo, treinamentos aeróbios, dietas intensas, sobrepeso (músculos também pesam),  estresse pelas viagens e carreira, além do uso de ergogênicos fármacos.

ronnie-coleman-cirurgia-quadril

Como se sabe, a saúde de Big Ron também é parcialmente debilitada e hoje o atleta apresenta INÚMERAS lesões ortopédicas, lesões hepáticas, no trato gastrointestinal e até mesmo problemas com a elevação do colesterol, o que dificulta ainda mais a recuperação pós-cirúrgica.

Apesar dos apesares, Ronnie saiu bem da cirurgia e até andou postando algumas fotos ainda no hospital com seus amigos e atletas atuais, os quais vem treinando. Tem recebido também grande apoio do time da Metroflex Gym, academia que consolidou Big Ron. Certamente, o carisma e humildade que o atleta sempre demonstrou são fundamentais para todas essas relações sociais e com pessoas que são apenas fãs distantes do atleta e que estimam melhoras nesse instante.

BAIXE DE GRAÇA: E-book com 20 Receitas Fitness e Saborosas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura!

Breve História de Ronnie Coleman

Ronald Dean Coleman nasceu em 1964 em Bastop, Lousiana, nos Estados Unidos da América. Se formou em contabilidade em 1986 e até então jogava futebol americano. Porém, Ronnie sentia que essa não era sua carreira e então ingressou na polícia. Esse novo trabalho foi o que despertou em Ronnie a vontade de treinar sério, visto que agora lhe sobrava tempo disponível o qual poderia aproveitar. Foi aí então que entrou na Metroflex Gym.

Ao ver o potencial que Ronnie Coleman tinha e a genética do atleta, o proprietário da academia Brian Dobson, também atleta, sugeriu um passe livre desde que ele entrasse para competir profissionalmente. Ronnie sabia que para isso seria necessário o uso de ergogênicos, portanto recusou na primeira instância. Porém, pensando no que aquilo iria refletir em sua vida e visto que ainda não tinha grandes possibilidades financeiras, pensou em começar economizando o dinheiro da mensalidade da academia e então decidiu aceitar. Naquele mesmo ano foi Mr. Texas, além de levar títulos na NPC.

Ganhou seu primeiro Mr. Universe em 1991 e seu primeiro Mr. Olympia em 1998, o qual reconquistou por vezes seguidas até o ano de 2006, quando perdeu para Jay Cutler.

Sendo incontestavelmente um dos melhores atletas de fisiculturismo que já passou pela Terra e alcançando incríveis 8 títulos de Mr. Olympia, tete-a-tete com Lee Haney, hoje depois de fisiculturista aposentado, treina atletas, é policial também aposentado e proprietário de uma inovação de empresa de suplementos alimentares de altíssima qualidade.

ultimo-treino-ronnie-coleman

Ronnie Coleman também faz turnês em prol de propaganda, Wokshops e seminários, os quais se pode aprender muito.

O Dicas de Musculação deseja ao “Rei” uma ótima recuperação e seja voltando ou não logo aos treinos, certamente ele construiu uma história o qual o torna respeitável e memorável, estando ou não na ativa.

Lembrem-se: Responsabilidade SEMPRE em seus treinos! Anos a não medir consequências, somente em NÍVEL PROFISSIONAL!

Publicado em Deixe um comentário

Shawn Rhoden está sendo patrocinado pela VPX Sports

Tempo de Leitura: 2 minutosA respeitadíssima VPX Sports tem se mostrado como uma das maiores e melhores empresas de suplementos alimentares e ergogênicos do mercado mundial desde que surgiu. Com produtos inovadores, bastante complexos e eficazes, a VPX Sports combina o máximo de ciência aliada em suas fórmulas, proporcionando aos seus consumidores os máximos benefícios que um produto pode oferecer.

Shawn Rhoden no stand da VPX

Por ter origens laboratoriais, a VPX é uma das empresas que mais aplicou tecnologia e pesquisas ao criar cada um de seus produtos, procurando acertar nos mínimos detalhes e deixando cada produto com uma precisão incrível.

Apesar de sua crescente no mercado de suplementos dedicados aos bodybuilders, a empresa não patrocina grandes atletas de levantamento de peso ou mesmo de bodybuilding. Apesar do próprio dono da empresa, Jack Owoc, praticar musculação, a empresa tinha mais investimento em modelos e algumas poucas atletas fitness, além de popularizar seu nome em alguns outros esportes, exemplo, fazendo carros de fórmula 1 com o logotipo de um de seus mais incríveis produtos, o RedLine.

Porém, para a surpresa de todos e para a alegria de um dos atletas que vem mais apresentando bons resultados em campeonatos de fisiculturismo, Shawn Rhoden fechou patrocínio com VPX.

Apresentando-se no top 5 Mr. Olympia 2013, merecidamente o atleta que hoje mais lembra os padrões estéticos de atletas como Flex Wheeler será um dos primeiros atletas de bodybuilding a levar o nome da marca, e certamente daqui em diante podemos esperar uma evolução considerável do atleta, pois além dos subsídios de suplementos que receberá, ainda terá assistência em aspectos médicos, nutricionais, fármacos, físicos, estéticos e outros tantos, além de ser parcialmente subsidiado com algum tipo de remuneração financeira.

Conheça um pouco sobre Shawn Rhoden

Nascido em 1975 na Jamaica e naturalizado norte-americano, jogou futebol nos seus primeiros anos de adolescência, mas iniciou o bodybuilding mais tardiamente, em 1992.

Apesar de em seu amadorismo ter tido problemas com dependência de álcool e diversas lesões, se tornou profissional pela IFBB em 2010 e em 2011 já alcançara o décimo primeiro lugar no Mr. Olympia, ficando no ano seguinte em terceiro  lugar e no ano anterior em quarto lugar.

Seus dois últimos primeiros lugares no pódio foram em 2012 no IFBB British Grand Prix e em 2014 no IFBB Australian Pro.

Atualmente, ele tem envolvimento com a também atleta Sara Bäckman, atleta de queda de braços.

Com padrões estéticos simétricos e graus de ectomorfismo, essa certamente é uma grande promessa aos palcos do bodybuilding mundial.

Ficam os parabéns ao atleta pelas conquistas e muito sucesso nessa nova empreitada com a VPX.

Publicado em Deixe um comentário

Big Ramy é a nova promessa do bodybuilding mundial!

Tempo de Leitura: 3 minutosA revelação do New York Pro 2014 já está sendo o tarimbado atleta Big Ramy. E para quem achou a frase contraditória e “sem nexo”, explico: Big Ramy a cada ano, apesar de ganhar o campeonato, tem superado seus pontos fracos e obtido cada vez mais qualificações e vantagens sobre os outros concorrentes.

Nos últimos tempos, mais precisamente em meados de 2013 para 2014, um dos atletas que mais foi consagrado pela mídia, por outros atletas e pelo público amante do fisiculturismo, foi o atleta Mamdouh Elssbiay, ou o famoso “Big Ramy”, como é conhecido.

O atleta egípcio de altíssima capacidade genética e que vem sido treinado por Dennis James, ex fisiculturista profissional, recebe hoje patrocínio de uma empresa a qual foi de grande destaque também por produtos como o Nitraflex ou mesmo seus blends de aminoácidos, a GAT Nutrition e foi consagrado campeão em 2012 e 2013 no NY Pro, um dos maiores feitos da recente carreira do atleta.

Na ocasião, ficou muito superior em comparação a atletas também de renome e veteranos no esporte como Victor Matinez, atleta de nível Mr. Olympia.

Big Ramy grande futuro no bodybuilding

Filho de uma família simples e humilde, Ramy, com 5 irmãos dedicava-se com a família à pesca, mas vendo a necessidade de progresso na vida pelas dificuldades que passava, decidiu se aventurar na musculação e no fisiculturismo.

Lá na academia, onde passou a também trabalhar, recebia algumas ajudas de custo e moradia. Porém, quando foi para Kuwait passou a treinar na Oxygen Gym, sendo sugerido pelo dono de sua academia para ser treinado por Dennis James, foi esse o princípio de visão de grandes competições de Ramy, que parecem ter dado muito certo.

Dennis quando viu o grande rapaz, percebeu nele uma genética e um potencial incrível o qual o fez apenas trabalhar a definição do atleta e alguns pontos chaves, inclusive aplicando sua metodologia própria de treinamento, o MTU.

Depois de grandes campeonatos, participando inclusive do Mr. Olympia, Big Ramy vem sendo uma grande promessa para o bodybuilding mundial e para muitos futuramente será consagrado Mr. Olympia, fato que também é questionado por outros pelas condições físicas do atleta, que fogem alguns princípios de julgamento da IFBB.

Recentemente classificado para o New York Pro 2014, Big Ramy esteve em preparação nos últimos meses, melhorando sua densidade e definição muscular, ao lado de seu fiel treinador James.

Estando entre os preferidos do evento, Ramy competiu ao lado de atletas como Lyonel Beyeke, Juan Morel, Fouad Abiad, Jon De La Rosa, um dos principais atletas da MHP e grande revelação também, Akim Williams e o atual campeão do Arnold Classic Brasil 2014, Steve Kuclo, entre outros bons nomes.

big-ramy-pose-competicao

Posando 24h antes do show para a Flex Magazine, é incontestável a afirmação de que vários pontos a respeito de simetria e proporção foram otimizados pelo atleta. Sem sombra de dúvidas, esses pontos foram um grande diferencial!

Fique de olho neste nome, Big Ramy, ele ainda irá aparecer muito e com certeza será um grande campeão no futuro, ao menos tem tudo para ser.

O TOP 5 ficou assim:

  1. Big Ramy
  2. Juan Morel
  3. Jon Delarosa
  4.  Lionel Beyeke
  5. Max Charles
Publicado em Deixe um comentário

Conheça os 20 Whey Protein proibidos pela ANVISA

Tempo de Leitura: 3 minutos

Whey Protein proibidos pela ANVISA

No ano passado uma séria de testes feitos com diversos suplementos começou a surgir na internet, entre eles o mais comum era testar os Whey Protein e ver se eles realmente tinham a quantidade de proteínas e carboidratos que diziam ter nas composições. Depois de diversos testes e laudos, foi concluído que muitos dos produtos vendidos no Brasil não estavam de acordo com o que diziam em sua embalagem, portanto eram produtos mentirosos.

Esses mesmos produtos mentirosos, tinham o aval da ANVISA para ser comercializado no Brasil, o que era estranho, pois se eles passaram no teste da ANVISA (que deve ser muito mais rigoroso) como não passaram em laudos feitos por próprios praticantes de musculação?

Após a denuncia de diversas pessoas, a ANVISA resolveu refazer o teste em 25 produtos e para a “surpresa” do órgão chegou a seguinte conclusão: 20 tipos de Whey Protein foram proibidos de ser comercializados no Brasil!

Os produtos são de 14 marcar diferentes, ou seja, tem marca com mais de 1 produto que engana o consumidor! O órgão regulamentador chegou a essa conclusão após testes mostrarem que o nível de carboidrato nos produtos é muito maior do que o informado na embalagem, além do nível de proteína ser muito menor. Esta suspensão já foi publicada no DOU (Diário Oficial da União) e já estão em vigor. Portanto se você ver algum dos suplementos (lista abaixo) a venda, denuncie.

Além dos problemas de disparidade dos nutrientes, foi constatado que alguns dos produtos continham soja, o que não era informado na embalagem. Essa adição de soja pode causar diversos problemas a quem tem alergia ao alimento e comprou o produto confiando em sua embalagem. Isso é crime e isso é fraude. Merece ir para a cadeia uma empresa que tenha esse tipo de atitude.

Dos 20 produtos que fora proibidos, 19 deles tinham mais carboidratos do que apresentava na embalagem e apenas 1 tinha menos carboidratos.

As empresas sofrerão diversas punições por tais atos. O mais comum é o pagamento de multa, que varia de 2 mil reais a 1 milhão e meio. O que na minha opinião é pouco para empresas como estas, que fizeram isso de propósito para lucrar em cima do consumidor brasileiro. O que eles pagarão de multa, não chega a 10% do que ganharam nos enganando.

Segue a lista dos produtos proibidos:

  • Super Nitro Whey NO2 – American Line Suplements
  • 3W – Fast Nutrition
  • Whey Protein Optimazer – Cyberform
  • Whey NO2 Pro Baunilha – Pro Corps
  • Whey NO2 Pro – Pro Corps
  • Whey 5W Pro – Pro Corps
  • Ultra Pure Whey+ Isolate Whey – Nutrilatina Age
  • Extreme Whey Protein sabor morango – Solaris
  • Extreme Whey Protein sabor baunilha – Solaris
  • 100% Ultra Whey – Ultratech Supplements
  • Bio Whey Protein – Performance
  • Whey NO2 + Creatine – Peter Food
  • 100% Whey Xtreme – Pharma
  • Super Whey 100% Pure – IntegralMedica
  • Super Whey 3W – IntegralMedica
  • Fisio Whey Concentrado NO2
  • Designer Whey Protein – Designer
  • Muscle Whey Proto NO2 – Neo Nutri
  • Whey Protein 3W – DNA
  • Isolate Whey – Neo Nutri

A ANVISA está pedindo a colaboração de vocês. Se vocês encontrarem em algum lugar vendendo estes produtos, por favor, denunciem. Procurem a vigilância sanitário do seu município ou estado e faça a sua parte.

Além disso, aos que se sentirem mais injustiçados, podem procurar um advogado e buscar os seus diretos na justiça contra essas empresas, pois o que fizeram é ilegal e é fraude. Você é um consumidor, você acreditou na empresa e ela te enganou. Procure seus direito.

Clique aqui e veja o lote dos produtos que foram proibidos.

Publicado em 1 comentário

Estréia na Globo News o documentário Mister Rio – A batalha dos 80

Tempo de Leitura: 2 minutos

Capa Filme Mister Rio

Recentemente, após o lançamento do Filme Mister Rio – A Batalha dos 80, dirigido pelos jornalistas Rafael Norton e Flávio Lordello, este que é um filme o qual retrata a verdade nua e crua sobre os sofridos bastidores do fisiculturismo brasileiro, será exibido na Globo News no dia 19/04/2014 a partir das 20:30h. Este é não só um grande evento interativo, mas um marco de grande afinco aos amantes do fisiculturismo, além de uma conquista exímia dos participantes do filme, sejam eles os protagonistas ou a equipe como um todo. Essa é mais uma grande conquista a qual, pouco a pouco o esporte vem conquistando, fazendo com que seu espaço seja conhecido e respeitado, além de admirado por alguns.

Para quem não está a par sobre o filme, este é um documentário o qual representa não somente a modalidade do fisiculturismo em si, o que já seria bastantemente engrandecedor, mas representa e retrata a vivência e o dia a dia da vida de atletas diversos, desde os que obtém mais sucesso aos que não o alcançam por inteiro. Exibido de maneira curta e grossa, o filme mostra as principais dificuldades, batalhas e adversidades as quais são necessárias para que o indivíduo possa se manter adequadamente dentro do esporte, alcançando muito mais do que vitórias no palco ou conquistando valores monetários, mas alcançando dia a dia uma superação a qual envolve aspectos físicos, psicológicos, morais, éticos, familiares, afetivos entre outros tantos.

Ao bom entendedor, o enaltecimento do fisiculturismo não se dá pela conquista dos palcos, pelos protocolos ou tampouco pela diversão que há no meio. A retratação dos mínimos aspectos levados ao extremo da seriedade, ao extremo do “querer e poder” são marcas registradas do que podemos dizer ser o documentário mais real do gênero.

Contanto com atletas de renome, como Tony Macedonia ex-atleta IntegralMedica, Jorlan Vieira atual atleta da Universal Nutrition, além de grandes nomes dos bastidores do esporte como o Dr. Paulo Muzy ortopedista da MHP. Este filme merece não só ser visto pelos amantes do esporte, mas por todo aquele que possui quaisquer tipos de interesses ou que deseja entender um pouco mais a fundo e através de verdades e realidades o quão difícil é a sobrevivência em uma real batalha!

Não deixem de conferir e, principalmente, auxiliar nessa audiência, para que pouco a pouco consigamos engrandecer o esporte e torná-lo digno como de merecimento! O filme vai ao ar na Globo News, dia 19/04/2014 às 20:30, ele será dividido em partes, para que toda semana possamos conhecer mais uma parte deste maravilhoso filme!

 

Publicado em 2 comentários

ANVISA proíbe a comercialização de quatro suplementos

Tempo de Leitura: 2 minutos

Nesta segunda-feira, 17/02/2014, a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) resolveu proibir a comercialização de quatro suplementos no Brasil. Suplementos estes que antes foram liberados pela própria ANVISA, mas que a partir de agora estão proibido. Os suplementos são: Carnivor da MuscleMeds, IsoFast da MHP, Alert 8-hour da MHP e Probolic-SR da MHP.
O primeiro deles, o Carnivor, foi suspenso pois continha altas doses de vitamina B12 e B6, bem acima do que é recomendado como ingestão diária. Continha também glutamina alfa-cetoglutarato (GKC), ornitina alfa-cetoglutarato (OKG), alfa-cetoisocaproato (KIC), substâncias essas que não foram avaliadas por testes de segurança em alimentos.
O segundo, IsoFast, foi suspenso por conter BCAA e não se enquadrar em nenhuma das classificações da agência.
O terceiro, Alert 8-hour, foi suspenso, pois em sua fórmula continha a Taurina.
O quarto e ultimo, Probolic-SR, foi suspenso, pois não há nenhuma comprovação de segurança em seu uso.
As empresas importadoras dos produtos foram notificadas dessa proibição e disseram que irão correr atrás para adequar o produto junto as normas da legislação brasileira e da agência. Porém afirmaram que todos os produtos foram submetidos a testes e os mesmos produtos são liberados para consumo e venda em diversos países e eram liberados, inclusive, no Brasil.

Opinião do autor do artigo:

Na minha opinião essa proibição não passa de uma boa palhaçada. Não sei os motivos, não se é politico, se é financeiro ou outro qualquer, mas que é uma piada, isso deve ser. Vamos aos fatos:
– O IsoFast foi proibido por conter BCAA? Então ter BCAA na fórmula do suplemento é proibido? A suplementação com BCAA é proibida? Então precisamos tirar MUITOS outros suplementos das lojas, pois hoje em dia quase que todos os produtos contém esses aminoácidos tão importantes.
– O Alert 8-hour foi proibido por ter Taurina em sua composição? Então precisamos proibido 90% dos suplementos vendidos e produzidos no Brasil, pois quase todos tem Taurina. E as bebidas energéticas? Elas também contém essa substância.
– O Probolic-SR foi constatado agora que ele não tem comprovação de segurança? E nos últimos 3 anos que estava liberado pela ANVISA e foi comercializado em todo o Brasil, o pessoal que usou pode processar a agência por autorizar um produto que não tinha comprovação de segurança?
– O Carnivor a mesma coisa, estava liberado e só agora que constataram esse problema?
Enfim, tudo me parece muito suspeito… Mas essa é uma opinião minha.
Artigo escrito por Tarsis Almeida

Publicado em 1 comentário

Descanse em paz, Joe Weider

Tempo de Leitura: 3 minutos

É com lágrimas nos olhos e imensurável dor, que a morte de Joe Weider comoveu pessoas ligadas ao esporte, competitivo ou não, do mundo inteiro. Morrendo de falência do coração no penúltimo sábado, dia 23 de março de 2013, aos 93 anos de idade, Joe Weider, o pai da musculação, foi atleta, treinador, escritor e colunista, criador de uma empresa de suplementos alimentares, criador de linhas de equipamentos e máquinas para musculação, entre outras tantas funções durante sua vida a qual dedicou a esse tão belo esporte, desde a criação de pequenos artigos publicados nos mais diferentes locais, revistas e jornais, até seus grandes feitos como treinador de nomes importantes ao cenário mundial e, claro, o impacto de seu nome como atleta também.

Falar de quaisquer aspectos que nos remetam ao fisiculturismo, profissional ou não, ou até mesmo aos mais simples métodos de relacionado ao treinamento com pesos e, subsequente, a nutrição para tal é falar de Josef Edwin Weider, ou simplesmente Joe Weider. Nasceu em 1919, no dia 29 de novembro no Canadá, Quebec. Tendo pais que vieram da Polônia, iniciou suas primeiras publicações em revisas de fitness e fisiculturismo aos 14 anos de idade (algumas referências, entretanto, nos relatam que a idade era de 17 anos). Fundando mais tarde, com seu irmão, Bem Weider a conhecida IFBB, ou, International Federation of Bodybuilding e criando eventos de tamanha importância, tais quais nosso conhecido Mr. Olympia (e, consequentemente Mrs Olympia), destacou-se, principalmente nos anos 50 com toda sua carreira. Competiu não só como atleta de fisiculturismo, mas, como levantador básico também, competindo na categoria de 181lbs (pesos leves).

Um importante marco em sua carreira de atleta, foi a vitória sobre Reg Park, em 1951, em Londres, no National Amateur Bodybuilding Athletes Association ou mais conhecido como  NABBA.

Sendo um importante escritor, conhecido como “Mr. Músculos”, foi criador de seu jornal Your Physique, que acabou tendo o nome modificado para “Mr. América” e, hoje, é a conhecida mundialmente “Flex Magazine”, uma das revistas mais importantes do ramo.

Joe Weider é considerado o pai do fisiculturismo, não por acaso. Foi justamente ele que deu início aos treinamentos iniciais e mais sérios de Arnold Schwarzenegger, quando ainda bastante jovem, promovendo ao atleta alguns importantes títulos nacionais (Europa, em especial Inglaterra) e mundiais também.

Sua visão missionária e seus investimentos em novos aspectos e hábitos alimentares designados ao esporte, juntamente com a prática de exercícios físicos resistida e, de maneira a promover as modificações copóreas, foi criador de linhas de suplementos alimentares, os quais em seus primeiros anos de uso, ainda necessitavam ser melhor apresentados, conhecidos e, consequentemente compreendidos, fornecendo não só subsídios para atletas em si, mas para quem busca uma vida saudável, criador de metodologias de treinamentos como o conhecido método “Weider”, adotado por Arnold durante quase toda sua carreira de fisiculturista, Joe Weider pode ser considerado um mito de sucesso no marketing também, visto suas publicações e promessas de “uma nova vida” através do seguimento de suas modalidades e/ou utilização de seus produtos.

Diante de todos os aspectos que cercam Joe Weider e sua história dedicada à musculação, o mundo sofre uma grande perda, mas, que certamente será lembrada eternamente, não pelo fato da morte em si, mas, pelo fato da oportunidade do renascimento de uma nova forma de enxergar o meio esportivo. Certamente, podemos até dizer que os conceitos de Joe Weider hoje não sejam os de melhor aplicabilidade no ramo de treinamentos e dietas, mas, sem sobra de dúvidas além de terem sido extremamente úteis um dia, é devido a eles que temos boa parte do que utilizamos hoje.

Ficam nossos agradecimentos a essa incrível pessoa!

Descanse em paz, Joe Weider!

Continuar lendo Descanse em paz, Joe Weider