sexta-feira, agosto 19, 2022
Promoção Suplementos Mais Baratos
InícioLis Lenzi NutricionistaCiclo para ganho de massa muscular | Dieta, Treino e Suplemento

Ciclo para ganho de massa muscular | Dieta, Treino e Suplemento

Tempo de Leitura: 4 minutos

Para quem quer ganhar massa, a dieta o treino são partes importantes nesse processo. 

O estímulo do treinamento deve ser intenso e constante enquanto a dieta deve ter quantidades adequadas de carboidratos, proteínas e lipídios para dar substrato a hipertrofia muscular, além de uma boa hidratação e descanso apropriado.

Treino para aumento de massa muscular :

Existem diversas estratégias para organizar um treinamento com o objetivo de hipertrofiar. 

A periodização dita a individualidade do indivíduo e a divisão garante o estímulo correto do músculo. Isso vai organizar os grupamentos musculares a serem trabalhados ao longo dos dias para que haja um descanso e um tempo correto de recuperação propícios a fim de que a musculatura se desenvolva para aguentar o próximo dia de treino.

O nível de treinamento vai sendo adquirido conforme houver demanda de uma intensidade maior, assim havendo variações no número de repetições e séries, tempo de descanso, volume do treino e os músculos a serem trabalhados. 

A frequência com que se treina também é muito importante na hora de montar um planejamento pois uma pessoa que tem menos dias disponíveis para treinar é diferente da que pode ir todo dia, além também do tempo diário que se tem para isso. 

Melhores divisões de treino para hipertrofia

Treino A ou corpo todo

São indicados para iniciantes e utilizam todos os grupamentos musculares no mesmo dia para que se adapte aos movimentos. Geralmente é um treino de baixa intensidade e pouco volume e há um intervalo de um dia entre os treinos. 

Treino AB

Esse divide os treinos em duas partes : inferiores e superiores. Recomenda-se treinar A num dia, B no outro e descansar no terceiro dia.  

Treino ABC

Essa é uma divisão para o indivíduo de nível médio que frequenta a academia 6 vezes por semana. A ideia é que cada grupamento muscular seja trabalhado 2 vezes na semana. Ele é divido em 3 partes : A – Pernas e quadril; B – Tríceps e Peito; C – Costa e Bíceps. Sendo assim, cada grupamento tem dois dias de descanso para a recuperação das fibras e consequentemente uma melhor hipertrofia. 

Treino ABCD

Ele é utilizado por quem quer basear o treino em semanas, malhando-se dois dias e descansando um. Geralmente é divido em : A – Peito e Tríceps; B – Costa e Bíceps; descanso; C- Pernas; D – Ombro e abdômen; descanso, e repete tudo de novo.

Treino ABCDE

Esse é de nível avançado, para quem treina com cargas bem intensas e por isso precisa de uma recuperação maior. 

É divido em : A- Tríceps, Bíceps e abdômen; B – Pernas e Panturrilha; C – Ombro, Trapézio e abdômen; D – Costas e Panturrilha; E – Peito e abdômen.

Dieta e suplementação para hipertrofia :

O que comer para ganhar massa ?

Uma alimentação elaborada ajuda, e muito, no ganho de massa muscular. Tudo vai depender das calorias que ingere e da porcentagem de proteínas, carboidratos e gorduras da dieta.

E também qualidade dos alimentos escolhidos, a hidratação e o menor consumo de alimentos industrializados influenciam no seu objetivo.

Para começar, deve-se consumir mais calorias do que se gasta. No geral, aumenta-se entre 300 a 500 kcal de acordo com o aumento da demanda de energia para a construção muscular.

A proteína é calculada entre 1,5 a 2g por kg de peso, essa quantidade é necessária para estimular as fibras a aumentar de volume dando substrato para o músculo crescer. As proteínas são como tijolos na construção do músculo e é o nutriente mais importante quando se deseja a hipertrofia.

Os alimentos fontes são as carnes, os ovos, leites, queijos, iogurtes e também tem os alimentos ricos em proteínas vegetais como os feijões, lentilha, ervilha, grão de bico, soja. Eles devem ser consumidos ao longo do dia, distribuídos em 5 ou 6 refeições. 

Os carboidratos são a principal fonte de energia para quem quer aumentar a massa muscular e também para ter força e disposição nos treinos. Sua ingestão deve ser entre 3 a 5g por quilograma de peso, priorizando os carboidratos complexos, fontes de fibra e pouco industrializados como pães integrais, arroz e macarrão integral, tapioca, batata doce .. As frutas devem ser consumidas pelo menos 2 porções ao dia pois fornecem vitaminas e minerais essenciais na melhora da performance nos treinos, reduzindo a sensação de fadiga e fortalecendo o sistema imunológico.

Deve-se evitar ao máximo o consumo de alimentos processados ricos em açúcar, sal e gordura como biscoitos, doces, balas, fast foods, embutidos, bolos .. 

As gorduras devem ficar na faixa dos 30% das calorias em uma dieta. Ela é responsável pela produção de hormônios anabólicos como a testosterona, por exemplo.

Alimentos fontes de gorduras boas devem ser incluídos no cardápio pela presença de vitaminas e minerais como também por seu efeito anti-inflamatório auxiliando na recuperação muscular

Essas gorduras poli e mono-insaturadas estão presentes em alimentos como abacate, semente de linhaça, azeite, amendoim, castanhas, nozes .. 

Quais suplementos tomar para aumentar a massa muscular ?

Whey Protein

É o suplemento mais conhecido entre os praticantes de atividade física, como também o mais eficiente. Ele é extraído do soro do leite e é basicamente proteína pura. Ele contém todos os aminoácidos necessários para o crescimento muscular além de estimular as vias anabólicas do corpo. 

É utilizado principalmente no pós treino ou para aumentar a quantidade de proteínas de alguma refeição que seja pobre nesse nutriente. 

É um suplemento prático e pode ser ingerido puro ou batido com alguma fruta, e também existe diversas receitas fit com esse suplemento para quem quer variar o cardápio.

Creatina

é um suplemento recomendado para o aumento de força, potência e massa muscular. Ela é armazenada nos tecidos musculoesqueléticos e está envolvida na produção de energia utilizada pelos músculos em exercícios predominantemente anaeróbicos ou aeróbicos curtos e explosão. 

Ela aumenta diretamente o volume muscular, mas aumenta a força e a tolerância ao esforço retardando a fadiga, o que faz com que se utilize cargas maiores e aguente uma maior intensidade nos treinos, e isso faz com que haja um maior dano as fibras, aumentando o estímulo a hipertrofia. 

Ela deve ser consumida todo dia, pois para ter efeito precisa estar acumulada no organismo.

Sobre o Autor do Post

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui




Enter Captcha Here :

Mais Recentes

Comentários Recentes