Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas.

Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

X
HomeDicas de MusculaçãoDicas para perda de pesoO que Você Deve Fazer para Começar a Emagrecer!

O que Você Deve Fazer para Começar a Emagrecer!

Aprendas algumas valiosas dicas que podem lhe ajudar a começar o seu processo de emagrecimento de forma correta, segura e eficaz!

dicas para começar emagrecer


Muitas pessoas iniciam bem um processo de perda de gordura corpórea. Começam a dieta, começam a treinar mais intensamente e, logo nos primeiros dias já conseguem notar resultados os quais são animadores. Um, dois ou três quilos logo no primeiro mês são bastante comuns para a maioria delas.

Porém, passando algumas semanas muitas pessoas passam a não perder mais peso (nem gordura nem nada) e, infelizmente, entram em estado de estagnação. Começam então a abaixar as suas calorias ou mesmo aumentar o ritmo das atividades físicas a fim de tentar modificar essa estagnação. Mesmo assim, grande parte delas nada consegue.

O que pode haver? Será que há algo errado? Se você não consegue mais emagrecer, mesmo fazendo de tudo (dieta, treino, uso de suplementos etc) certamente você está precisando de algumas dicas essenciais as quais serão dadas aqui e que poderão, de uma vez por todas, reverter esse seu quadro de estagnação e fazê-lo ter resultados expressivos novamente.

Vamos conhece-los?

1- Reduza o consumo de suplementos estimulantes

Existem muitos termogênicos e queimadores de gordura em geral altamente eficientes no mercado hoje e isso é inegável. Esses suplementos podem ser ótimos aliados da perda de gordura. Porém, quando usados por longos períodos e/ou em dosagens muito altas, podem fazer com que o corpo se acostume a eles e os mesmos passam a não ter os mesmos efeitos ou ainda, ter efeitos bastante reduzidos.

É óbvio que suplementos especialmente que contenham estimulantes como a cafeína, a efedrina ou a sinefrina podem ter seu lugar. Porém, se eles ficarem muito tempo em sua rotina, seu corpo novamente vai se adaptar a eles e o desuso é a única e melhor maneira de promover uma regulação natural do corpo novamente para, posteriormente, eles fazerem efeitos.

Não somente a suspensão desses suplementos é válida, mas ainda, em alguns casos, você pode ir alternando entre diferentes tipos de produtos e que contenham ingredientes diferentes, é claro, a fim de sempre promover novos estímulos ao corpo. Por hora ou outra, será realmente necessário parar por completo por quatro ou oito semanas, a fim de obter melhores resultados.

2- Faça uma refeição livre por semana

hamburguer batata frita refeicao livre

Muitas pessoas, ao iniciarem uma dieta deixam de viver suas vidas e, passam a viver em função da dieta. Ok, isso é admirável, mas nem sempre pode trazer resultados bons, pelo menos não a longo prazo.

Quando começamos uma dieta, devemos segui-la a risca, pois nada adianta ter apenas um planejamento no papel. Acontece que, quando estamos fazendo algo frequentemente e diariamente, o corpo tende a se acostumar com aquilo. Por exemplo, se você corre 1km todos os dias, então, seu corpo logo vai se tornar bastante apto a exercer essas funções tranquilamente.

O mesmo ocorre metabolicamente com a dieta, ou seja, o corpo passa a entender que ele terá uma quantidade X de energia por dia, que irá consumir X de carboidratos e outros macronutrientes. Então, ele passa a entrar em “stand by”, porque não há nenhum novo estímulo para que ele lide e quebre a sua homeostase. Porém, quando fazendo uma refeição livre na semana, ele toma um “choque” e então começa a ter de lidar com uma situação totalmente diferente, fazendo assim com que haja um grande desprendimento energético.

A refeição livre não deve ser feita frequentemente por razões óbvias, mas com uma dieta bem feita, fazê-la uma vez na semana está tranquilo. Essa refeição, como o próprio nome diz, é LIVRE, ou seja, é para comer o que você quiser (obviamente você não vai ficar comendo punhados de açúcar ou tomando suco engarrafado o dia inteiro)… Logo, esqueça querer seguir macronutrientes, fazer receitinhas fit ou qualquer coisa do tipo. Seu corpo precisa sentir algo realmente diferente para que possa sair da “zona de conforto”.

3- Use MCTs

Os MCTs ou triglicerídeos de cadeia média são gorduras encontradas especialmente no óleo de côco e no óleo de palma.

Eles possuem benefícios como o aumento dos níveis de testosterona, o aumento da termogênese e o aumento do metabolismo basal, fatores esses que contribuem para a perda de gordura corpórea.

Porém, os benefícios do óleo de côco se estendem na medida em que essa é uma gordura que dificilmente será convertida em forma de gordura corpórea, favorecendo seu uso como fonte energética.

Não, não indico que você saia fazendo aquelas misturas de buletproof ou algo do tipo com café, óleo de coco e manteiga. Isso é uma tremenda bobagem! Entretanto, usar 10-15g de óleo de côco ou MCTs antes do seu treino, por exemplo, ou em uma refeição que exija maior densidade energética (em substituição de outras fontes como o azeite ou algum tipo de oleaginosa), já é suficiente para obter os benefícios pretendidos dos MCTs e melhorar o seu processo de emagrecimento.

4- Corte os aeróbios

Os aeróbios são altamente associados com a perda de gordura corpórea. Isso porque, eles a grosso modo aumentam o gasto calórico, fazendo com que o corpo tenha de recrutar a energia que precisa da gordura corpórea. Além disso, os aeróbios, quando em HIIT principalmente, podem elevar o EPOC, aumentando ainda mais o consumo energético após o treinamento.

suplemento bcaa growth supplements

Esses exercícios também são responsáveis pela secreção de catecolaminas, como a adrenalina e a noradrenalina, que estimulam a lipólise (quebra da gordura armazenada para ser convertida em energia através da beta-oxidação).

Porém, esses mesmos exercícios aeróbios que tanto podem trazer benefícios, podem ser uma faca de dois gumes. Isso se deve a pontos principais. Dentre eles, vale a pena destacar:

– A adaptação do corpo: Exercícios aeróbios tendem a ser muito facilmente adaptados pelo corpo e, logo, eles passam a não ter tanta efetividade. Da mesma forma, é mais difícil subir a intensidade desses exercícios e, se subirmos demais o tempo, isso também não será interessante.

– Redução da massa magra: Especialmente quando associados a uma dieta inadequada, exercícios aeróbios podem ser muito catabólicos, favorecendo a redução da massa magra (visto que as proteínas do tecido muscular serão degradadas para serem convertidas em energia). Essa perda de massa magra faz com que a taxa metabólica basal seja reduzida e faz com que você comece a ter ainda mais dificuldades em perder gordura corpórea.

– Cansaço para os treinamentos com pesos: Quando feitos em excesso, exercícios aeróbios podem cansa-lo para o treinamento com pesos. Isso resulta em menor acréscimo de massa magra, menores secreções de GH e Testosterona, dificultando ainda mais não somente a perda de peso, mas, a manutenção da massa muscular também.

evitar fazer exercicio aerobicos

Sendo assim, em alguns momentos é necessário não somente reduzir a frequência e/ou intensidade de exercícios aeróbios, mas ainda, tirá-los por completo da rotina. Isso favorecerá o aproveitamento energético pelo corpo e o fará conseguir acelerar o metabolismo naturalmente.

Obviamente, você pode ir alternando entre períodos com aeróbios mais intensos, períodos sem aeróbios e períodos com aeróbios mais moderados. O mais importante é não estar sempre nos mesmos tipos de estímulos.

5- Comece a alternar os tipos de carboidratos na dieta

A maioria das pessoas imaginam que dieta seja sinônimo de batata-doce, inhame, cará e coisas do tipo porque esses carboidratos são de “baixo índice glicêmico”. Ora! Primeiramente, índice glicêmico nada tem em relação com a perda de gordura corpórea. Em segundo lugar, temos de entender que a perda de gordura corpórea não requer impactos glicêmicos baixos.

Mais do que isso, o importante é promover um saldo energético negativo e também saber proporcionar estímulos diferentes para que o corpo sempre tenha de gastar energia com um tipo de situação nova.

Para isso, o uso de diferentes fontes de carboidratos na dieta pode ser interessante. Por exemplo, o uso de arroz branco, macarrão tradicional e batata inglesa é condenado por muitos em cutting, mas, esses são excelentes alimentos que não só podem como devem ser usados na dieta.

Promover diferentes respostas glicêmicas do corpo é essencial para a manutenção de um metabolismo sempre rápido e eficiente.

Conclusão

Emagrecer é o sonho de muitas pessoas que normalmente obtém bons resultados quando começam seus protocolos para este objetivo. Entretanto, com o passar do tempo, a perda de gordura fica cada vez mais difícil e elas ficam propensas a estagnar.

Portanto, neste artigo você pôde conhecer algumas dicas importantes para sair da zona de estagnação do emagrecimento e obter resultados sólidos e duradouros.

Bons treinos!

Gostou do conteúdo? Clique nas Estrelinhas abaixo e nos diga, de 1 a 5, qual a sua nota para este conteúdo!

Avaliação média: 5
Total de Votos: 3

O que Você Deve Fazer para Começar a Emagrecer!
creatina growth supplements creapure

Artigos Relacionados

Suplementos em Promoção


Receba mais artigos

Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas.

Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

Deixe o seu comentário!