• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • Como ficar grande praticando musculação?

    Neste artigo você aprenderá várias dicar para melhorar seu desempenho na musculação e consequentemente aumentando seu volume de massa muscular.

    Não é incomum nos dias de hoje, encontrarmos pessoas as quais desejam otimizar seus físicos, seja reduzindo o percentual de gordura corpórea, seja aumentando a quantidade de massa muscular ou ainda, com os dois objetivos em questão.

    ficar-muito-grande

    Termogenico

    Todavia, desta mesma forma, diferentes níveis desejam ser atingidos por essas diferentes pessoas, ou seja, algumas querem ficar com um físico um pouco menor, porém, mais definido, outros com um físico maior e menos definido e ainda, outros querem chegar aos extremos, com um belo físico grande, musculoso e definido.

    E, isso vale tanto para os homens, quanto para as mulheres, uma vez que cada vez mais os paradigmas da prática da musculação feminina estão sendo excluídos da sociedade contemporânea.

    Porém, quando o assunto é “ficar grande”, não é incomum vermos pessoas as quais desejem isso. Dessa mesma forma e, tão intensos quanto seus próprios desejos são as dúvidas de como fazer isto e, claro, por onde começar.

    Diante das inúmeras teorias existentes dentro do cenário da prática da musculação, fica difícil saber por onde e como começar.

    Se você, em algum instante já se perguntou como poderia ficar grande praticando musculação, hoje falaremos a respeito justamente disso, trazendo alguns princípios básicos os quais possam e devam ser seguidos por você, visando otimizar ao máximo os seus resultados.

    Adequando o treinamento

    Antes de pensarmos em quaisquer outros itens e, após termos definido claramente o nosso objetivo (ou os nossos objetivos), devemos buscar o estímulo necessário e ideal para que eles possam ocorrer.

    Dito de outra forma, se não há um estímulo, não há uma resposta e, portanto, não pode haver progresso.

    adequando-se-ao-treino

    O estímulo para o aumento de massa muscular é justamente a prática da musculação, ou de exercícios resistidos com pesos, visto que a musculação diz respeito a “ação muscular”.

    Não adianta querer praticar outro esporte visando um aumento significativo da massa muscular, especialmente esportes aeróbios (ciclismo, futebol, natação, etc).

    Sendo assim, precisamos fazer com que os músculos sofram um trabalho maior do que podem suportar de maneira progressiva, fazendo com que ele tenha de superar a cada dia seus limites e, portanto, tenha de se adaptar a novos estímulos.

    Analogicamente é como se quiséssemos correr por 10km…

    Whey Protein

    Começamos em um dia correndo 1km, no segundo, 1,5km, no terceiro 2km e assim progressivamente até atingirmos nosso objetivo.

    Com os músculos, praticamente ocorre o mesmo e isso se deve ao fato dele conseguir se adaptar cada vez mais a tais estímulos de intensidade.

    Pensando dessa forma, temos de cada vez mais treinar intensamente e, da maneira adequada. E isso remete diretamente ao fato de que nosso treino tem de estar adaptado às nossas condições e necessidades individuais, uma vez que, cada corpo responde diferente a estímulos iguais e diferentes.

    As divisões de treino, os sistemas adotados, as formas e técnicas envolvidas nele, o tempo de descanso entre as sessões de treinamento, a duração, tudo, absolutamente TUDO que tange o treinamento será envolvido direta ou indiretamente com o seu grau de desenvolvimento.

    Portanto, o primeiro passo é adequar seus treinamentos de acordo com seu objetivo e suas condições individuais. Para isso, não há regra, mas uma avaliação precisa que deve ser feito por um bom profissional e, claro, dia-a-dia por você, na medida em que você passará a conhecer o seu próprio corpo.

    Adequando a dieta

    Já sabemos que os estímulos são os primeiros passos para que possamos obter alguma resposta que queremos. Porém, essa resposta só vai ser a que queremos, de fato, se houverem manipulações para elas acontecerem e, isso diretamente envolve o processo de aumento de massa muscular com a dieta.

    A dieta é a manipulação para que o corpo responda adequadamente com o que queremos, ou seja, a dieta é fonte de substratos necessários para que o corpo possa, através de sua utilização, desenvolver-se cada vez mais.

    Uma dieta que esteja desequilibrada, certamente não atenderá as necessidades específicas de um indivíduo e, portanto, ele não terá como obter boas respostas.

    Assim como o treinamento, a dieta é essencialmente individual e, entre outras palavras, não existirá receita de bolo.

    A dieta de quem busca o ganho de massa muscular não é a dieta de “comer mais”, mas sim, uma dieta totalmente diferenciada de outras pessoas, com um real saldo energético positivo, mas, que não deixa de ser equilibrada.

    Dietas as quais envolvam uma alimentação sem regras e desequilibrada se quer pode ser chamada de um protocolo.

    Lembre-se que para obter bons níveis de massa muscular, você precisa também obter bons níveis de saúde, essencialmente conseguidos através do que VOCÊ COME!

    Maior consumo de alimentos energéticos

    Por falar em dieta, não podemos deixar de citar que, dentro dela, o item talvez mais importante após as proteínas (que são praticamente regra para toda dieta) são justamente os alimentos energéticos, ou seja, os principais fornecedores de energia ao corpo.

    Whey Protein

    alimentos-energeticos

    Dito de um modo mais simples, o que diferencia grandemente um a dieta de ganho de massa muscular é justamente o aumento no consumo desses alimentos, a fim de fornecer mais do que o corpo gasta. Esses processos são chamados de “supercompensação”.

    Muitos deixam de ter resultados positivos pelo medo de consumir esses alimentos e acabam estagnados e sem melhorias corpóreas nem metabólicas.

    Portanto, não tenha medo de comer alimentos com valor energético significativo. São eles os principais componentes de sua dieta nesse momento.

    Termogenico

    Foco nos alimentos fontes de carboidratos

    Apesar dos alimentos energéticos serem importantes, há um grupo que deve ser destacado neles: O grupo dos carboidratos.

    aliemntos-fonte-de-carboidratos

    Isso porque, essa é a principal fonte utilizável pelo copo de energia, ou seja, nosso aparelho metabólico tem uma capacidade muito grande no metabolismo de carboidratos e, seu aproveitamento é exemplar, sendo indispensável, especialmente para quem deseja ter um balanço energético positivo na dieta.

    Os glicídios devem ser preferencialmente consumidos em todas as refeições, mas, antes e depois do treinamento eles são ainda mais importantes, uma vez que isso otimizará a síntese de glicogênio.

    De uma maneira geral no offseason, ou no período de ganho de massa muscular, você não precisa focar em escolher demais os carboidratos.

    Isso não quer dizer que você deva se entupir de açúcar, por exemplo. Entretanto, o uso de carboidratos de mais fácil digestão como bagels, pão branco, purê de batatas inglesas, farináceos, creme de arroz, polenta entre outros são perfeitamente aceitáveis e, em muitos casos até mesmo indicados, uma vez que alimentos de difícil digestão podem prejudicar o sistema gastrointestinal nesse período.

    Otimize o tempo de seu treinamento

    Treinar é importante. Entretanto, treinar demais pode representar um efeito muito prejudicial ao seu corpo.

    otimize-seu-tempo

    Isso porque, o treino excessivo pode fazer com que seu corpo entre em níveis de desgaste inadequados e, mais do que isso, acabe promovendo eventos metabólicos os quais fogem ao anabolismo e tendem ao catabolismo.

    Otimizar o seu tempo de treinamento diz respeito a aproveitar um bom volume dentro de um período de tempo, que não precisa ultrapassar cerca de 40-50 minutos.

    Com uma intensidade bastante elevada, isso será suficiente para estimular anabolicamente a sua musculatura e promover bons resultados.

    Descanse mais dias na semana

    Muitas pessoas negligenciam a importância que há no descanso, especialmente entre uma sessão e outra de treinamentos, pelo fato de que pensam que irão perder músculos quando estiverem descansando.

    descanse

    Mas, pelo contrário: O crescimento dos músculos ocorrem justamente neste momento, ou seja, se o treino é o estímulo para o desenvolvimento, este, por sua vez, ocorre justamente no descanso.

    Não tenha medo de descansar mais dias na semana no offseason. Cerca de 4 sessões de treino semanais já serão mais do que suficientes para a maioria das pessoas.

    Coma a maior diversidade de alimentos possíveis

    O período de offseason requer uma variedade grande de nutrientes para deixar o corpo em um ambiente anabólico.

    E, aproveitando que nesse período o foco não é a redução de gordura corpórea, podemos nos dar ao luxo de comer uma gama de alimentos muito maiores, incluindo alimentos não tão saudáveis assim como hambúrgueres, batatas fritas ou até mesmo alguns outros lanches.

    Logicamente, o foco deve ser dado aos alimentos saudáveis, mas, a variedade é altamente importante.

    Não se esqueça de que quanto mais conseguir fornecer nutrientes diferentes ao corpo, melhor será o aproveitamento destes para o metabolismo.

    Conclusão

    Existem muitos os pontos os quais podem ser citados a respeito de dicas para o ganho de massa muscular.

    Entretanto, para ficar realmente grande, alguns pequenos fatores são ainda mais consideráveis, coisa que pudemos conhecer hoje.

    Portanto, aproveite ao máximo essas dicas e sempre extraia benefícios de boas e seguras informações afim de otimizar seus resultados.

    Bons treinos!

    Whey Protein





    /* */