Publicado em Deixe um comentário

Conheça 3 dicas para manter uma boa conduta na academia

Promoção Suplementos Mais Baratos
Tempo de Leitura: 4 minutos

Por vivermos em sociedade, quaisquer lugares os quais possamos habitar, frequentar ou mesmo passar, devem ser adequados de regras a fim de que todos que por ali passem possam estar dentro de limitações para que a ordem predomine e seja possível o convívio mútuo, isso é, de uma pessoa para com a outra. A depender do local o qual estejamos falando, do público alvo e da cultura local, diferentes regras, sugestões e direitos são inseridos naquele ambiente. Assim, não de maneira forçada, cada um decide se quer ou não estar por lá e caso decida estar, a necessidade para que se adapte àquelas regras e limites é mais do que fundamental.

Não poderia ser diferente quando o assunto são as academias de musculação. Regidos por normas básicas, que possuem variações de acordo com cada local e cada público frequentador, eles buscam estabelecer não somente a ordem, o convívio e o respeito, mas ainda, a segurança, afinal estamos falando de um lugar onde acidentes podem facilmente acontecer, tanto com os pesos livres, como com as próprias maquinas e seus roldainers.

Fundamentalmente, devemos seguir as regras da academia a qual estamos, mesmo que você tenha lido sobre boa conduta em algum site, mas como dito, algumas das dicas podem ser aplicáveis em quaisquer academias do mundo e valem como princípios educacionais. Assim, neste artigo,  conheceremos 3 dicas de boa condutas em academias e entenderemos um pouco melhor a respeito.

1- Treinar com vestimenta adequada

É real que academia NÃO é lugar de apresentar moda. Não importa se você usa, o novo tênis de R$1.000,00 ou se você usa um macacão de R$300,00 se estiver executando os exercícios inadequadamente, se estiver realizando treinos incorretos ou mesmo se estiver em um trabalho submáximos ou mesmo se estiver utilizando de biomecânicas inexistentes.

Veja :  Vascularização: um desejo da maioria dos praticantes de musculação

Também nada adiantará se você estiver realizando esses movimentos de forma relativamente correta e não estiver com uma vestimenta um pouco adequada. E não falo de roupas de marca, dry fit ou qualquer coisa do tipo. Falo de elementos básicos como uma CAMISETA velha (e não camisa), uma bermuda flexível e um calçado, preferencialmente plano ou esportivo. Esse último itens faz-se necessário, pois até a alguns tempo atrás era permitido treinar descanso (seguindo a melhor biomecânica do mundo, a corpórea), mas hoje, vendo queda de dumbbells e anilhas, tornou-se um tanto quanto mais seguro a solicitação para tanto.

Além do calçado ser um fator importante de proteção, utilizar o calçado correto pode ser muito importante para garantir boa estabilização na hora de executar um exercício, garantir impulsionamento correto, garantir que a carga não sobrecarregue articulações e etc. Utilizando calçados adequados você se precavem de de quedas, impactos e outros tantos acidentes.

2- Treine mais, converse menos

É verdade que hoje as academias de musculação mais possuem caráter de centros psicológicos do que de outras coisas quaisquer. Independente qual seja o caso, a maldita conversa excessiva, os “blábláblás”, as reclamações e os acontecimentos são sempre evidenciados nesses ambientes.

É engraçado ver como isso, nos dias modernos é bastante confundido com o treinamento sério. Veja, por exemplo, algo que aconteceu recentemente no lugar onde treino: alguns alunos incomodados com o “barulho excessivo” dos halteres, barras e anilhas os quais utilizo para treinar e que, infelizmente ainda não possuo o dom extra-físico de colocar no chão em silencio, começaram a reclamar dizendo que aquilo os incomodava. É impossível que eu coloque o peso de 200kg no chão sem fazer barulho, pois se eu fizer isso, estarei desprendendo concentração e energia para colocar peso no chão e o intuito do treino não é este. Se estão incomodados, então que usem fones de ouvido, como costumo fazer, justamente para não ouvir esse “blábláblá” que tanto atrapalha o treinamento sério. Passam a reclamar por algo INEVITÁVEL, mas não se dão conta de que estão fazendo coisas sem o mínimo senso de companheirismo e respeito (conversar é algo totalmente evitável na academia).

Veja :  Endomorfo: conheça melhor este biótipo!

É interessante observar que você não precisa ser parrudo ou mal educado, apenas manter a postura e saber que cada local exige um comportamento diferente. Em um bar, entre amigos, por exemplo, seria desagradável “fazer barulhos com o corpo” ao coloca-lo na mesa. O mesmo, seria ficar calado e concentrado em seu mundo. Assim, no ginásio, também temos comportamos básicos os quais deveríamos seguir.

Assim, evite conversas desnecessárias! Mantenha sempre a concentração e o comprometimento consigo mesmo.

3- Guarde pesos, anilhas e halteres

Se há algo que muitos fazem por pura folga ou mesmo por “acharem-se no direito de” é deixar a academia inteira bagunçada, com coisas espalhadas ao final de seu treino, ir embora e deixar por conta de outros alunos ou pior, dos funcionários da academia a organização.

Sim, você paga academia, mas isso não te dá o direito de desrespeitar o espaço alheio. Obrigação de professor é ajudar e instruir o aluno, não guardar peso! Alunos estão lá, assim como você, para treinar, portanto eles também não tem obrigação de organizar o que você desarrumou. Sem contar, que isso atrapalha e muito outros alunos para pegar seus pesos, anilhas e realizar seus treinos. Principalmente os menos experientes, podem ver toda aquela confusão de pesos e não saber por onde começar ou por onde se organizar. Você não gostaria de ter seus treinos prejudicados pelos outros, não é mesmo?

Seja educado! Não é, por exemplo, porque você paga seus impostos que pode deixar seus pertences espalhados na rua. Da mesma forma, é bom senso manter a organização nos locais privados também.

Se você tanto justifica a academia como sendo seu segundo lar, então o que te faz se achar no direito de desorganizar tudo? Você faz isso em sua casa? Certamente não, e se faz, com certeza em pouco tempo se sente incomodado.

Veja :  A continuidade é o melhor protocolo na musculação

Lembre-se: A educação e o convívio começam por si mesmo.

Conclusão:

São muitos os comportamentos errados que ocorrem em academias de musculação. Entretanto, é fundamental que possamos identifica-los para, portanto, corrigí-los e fazer desse, que é um ambiente também sério, um local de produtividade e de obtenção de resultados!

Educação é válida em quaisquer lugares! Lembre-se disso!

Bons treinos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :