• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • Corrigindo erros desconhecidos e melhorando os resultados na musculação

    Aprenda a corrigir erros e potencialize seus resultados

    A musculação é um dos esportes que mais exige dedicação, persistência e especificidade. Isso porque, além de todos os quesitos técnicos da prática esportiva em si, ainda estão os fatores complementares para as modificações corpóreas, sendo que, elas envolvem a alimentação, o descanso, a plena hidratação e até mesmo a qualidade de vida a qual um indivíduo leva.

    Para se ter resultados na musculação, não adianta só pensarmos em um plano bastante regrado, mas, ele tem de ser individualizado e milimetricamente projetado para cada um, fazendo portanto com que o fator especificidade seja um dos mais importantes.

    corrigindo-erros-de-musculacao

    Whey Protein

    Na musculação, quanto menos você erra, mais você tem resultados. De uma forma ou de outra, apesar de serem muito satisfatórios os ganhos na musculação, temos de ter em mente que ela é um tanto quanto “ingrata”, uma vez que, se não fizermos por onde, o fracasso será certo.

    Muitas vezes, cometemos inúmeros erros os quais, em grande parte, nem nos damos conta que, de fato eles são erros, portanto, é fundamental evitá-los bem como, saber como corrigi-los a fim de não somente ter bons resultados, mas ainda, ter menores chances de fracasso. Portanto, hoje comentaremos sobre alguns deles para que você possa otimizar seus resultados e conseguir alcançar os seus objetivos de maneira mais precisa, rápida e claro, duradoura e com qualidade.

    1 – Consumo de açúcar “escondido”

    Muitas vezes cortamos o açúcar branco de mesa da dieta, ou seja, a famosa sacarose, que nada mais é do que um dissacarídeo sendo a ligação entre uma molécula de glicose e uma molécula de frutose. Esse açúcar é um dos mais temidos na atualidade, pois, de fato, seu consumo que tem sido excessivo pela maioria da população mundial, pode trazer inúmeros prejuízos, sejam eles sistêmicos, metabólicos ou outros quaisquer. Apesar de carboidratos serem essenciais para o corpo, não recomenda-se o consumo excessivo de monossacarídeos, dissacarídeos ou mesmo de alguns oligossacarídeos pelo alto impacto negativo que podem trazer ao corpo. No lugar destes, devemos dar preferência aos carboidratos complexos, normalmente os derivados do amido.

    Porém, mesmo cortando o açúcar tradicional de mesa, muitos continuam consumindo altas quantidades de açúcares, sendo que, estes muitas vezes estão escondidos em alimentos, suplementos ou mesmo condimentos os quais utilizamos em nosso dia-a-dia. Dito de outra forma, você até reduziu a quantidade diária ingerida tirando o açúcar de mesa, mas, ainda consome quantidades superiores as recomendadas pelas organizações mundiais de saúde.

    tipos-de-acucar

    Você já parou para pensar que existe açúcar adicionado no molho de tomate industrializado? Já parou para pensar que condimentos, por menor que sejam as quantidades, possuem açúcares em sua grande parte? Já parou para pensar que as famosas e “saudáveis frutas” são, praticamente, açúcares puros? Já parou para pensar que bebidas inúmeras como sucos, achocolatados, vitaminas entre outras também são fontes de açúcar? Já parou para ver a composição daquele pequeno drink o qual você gosta de beber com os amigos nos finais de semana? Pois bem, e esses são apenas alguns exemplos dos alimentos processados e/ou industrializados os quais possuem açúcar (es) em sua composição, portanto, fazendo com que você indiretamente, continue consumindo esse ítem na dieta, quando seu objetivo era cortá-lo.

    Muitas pessoas também acreditam que o açúcar somente é referido ao açúcar de mesa e passam a optar por algumas alternativas como o açúcar mascavo, o mel, o xarope de maple, outros xaropes (milho, frutose etc) ou mesmo o atual da moda, o açúcar de coco. Na realidade, todos esses itens são açúcares e alguns ainda possuem altíssimo teor de frutose, como o caso do mel, ou o próprio xarope de frutose.

    Portanto, observe sempre o que você está ingerindo. Isso será essencial para que você não seja ludibriado por esse ou por aquele alimento sem que saiba.

    2 – Treinamento sempre submáximo

    Existem alguns casos em que o treinamento submáximo pode ser utilizado, mas para a maioria das pessoas que querem resultados estéticos, ele será ineficiente. Isso porque o treinamento submáximo, como o próprio nome já diz, não atinge as capacidades máximas do corpo e portanto, você não causará os processos adaptativos que são os responsáveis por promover os resultados.

    Muitas pessoas acham que estão treinando de maneira máxima, mas estão muito aquém disso. E, quando falamos em um treinamento máximo, não fazemos menção à carga, mas sim, ao contexto geral do treino, incluindo as técnicas utilizadas, o sistema de treinamento, a sua resposta individual, o tempo de descanso entre séries e entre exercícios, a seleção de exercícios entre outros pontos diversos.

    Whey Protein

    Treinar de maneira máxima é algo muito relativo, pois não existe algo que possa ser  considerado máximo, visto que isto variará de acordo com cada um.

    Termogenico

    Portanto, a regra básica é sempre dar o máximo de si e quando não estiver mais aguentando, tente um pouco mais. Exigir cada vez mais de seu corpo e de maneira gradual, certamente será o melhor caminho para a obtenção de resultados com excelência.

    3 – Muitos exercícios aeróbios

    Os exercícios aeróbios, bem como quaisquer outros, têm seus benefícios, porém, também podem ser descritos como uma faca de dois gumes. Isso porque, ele pode tanto ser extremamente benéfico quanto arruinar seus resultados, sejam eles relacionados ao ganho de massa muscular, a redução de gordura corpórea, a melhora no condicionamento físico, a reabilitação de lesões entre outros.

    Exercícios aeróbios podem e devem estar em um protocolo de treinamento, mas, quando abusamos demais deles, que é o que grande parte das pessoas (especialmente as quais desejam perder peso) fazem, tornamos seus estímulos maléficos para o corpo. Primeiro, porque eles não possibilitarão uma boa recuperação ao corpo e, com isso, farão com que você gere estresse sobre estresse, não permitindo as adaptações corpóreas. Segundo, porque ele é capaz de estimular a liberação de inúmeros hormônios catabólicos, especialmente as catecolaminas (noradrenalina, adrenalina etc), o glucagon e o cortisol. Isso faz com que os níveis de catabolismo muscular ocorram em grande escala e tendo a massa muscular destruída, não somente os resultados estéticos, mas, o metabolismo como um todo torna-se comprometido.

    A perda de massa muscular faz com que a relação gordura corpórea X massa muscular seja diminuta para a segunda, portanto, isso faz com que você não crie uma aparência física relevantemente boa, do contrário, deixa-te parecer algo como um “falso magro (a)”.

    É importante salientar que os exercícios aeróbios podem variar muito de acordo com casa pessoa e com cada resposta individual. Porém, se você está fazendo aeróbios e não está progredindo em seus resultados, seja seu objetivo qual for, comece a pensar em uma forma de reduzi-los e você verá como seus resultados, como num passe de mágica, começarão a ocorrer.

    4 – Consumir apenas lipídios insaturados

    Os lipídios insaturados são indispensáveis na dieta. Eles tem caráter anti-inflamatório, como o ômega-3, auxiliam no sistema cardiovascular entre outros pontos. Entretanto, muitas pessoas passam a negligenciar o consumo de lipídios saturados, especialmente os derivados de animais como carnes de diferentes tipos, o leite integral, queijos, iogurtes integrais e os ovos inteiros. Sendo assim, outros lipídios passam também a ser negligenciados, como o colesterol. Sendo assim, como o colesterol é matéria-prima para a produção de inúmeros hormônios esteroides (entre os mais importantes, a testosterona), a tendência é que seu corpo passe a ter déficits nesses hormônios, portanto, você passa a ter maus resultados relacionados à saúde, em primeiro lugar e em segundo às atividades físicas.

    Dito de uma maneira mais simples, você deve sim consumir lipídios insaturados, mas não somente eles. Você também deve consumir os lipídios saturados e quantidades significantes para que possa ter uma saúde, uma performance e um desenvolvimento melhor.

    intensificar-treino

    5 – Negligenciar o consumo de aditivos de sabor nos alimentos

    Quanto falamos de aditivos de sabor nos alimentos, não falamos de inúmeros produtos químicos industrializados usados para aumentar o poder de sabor de um alimento, mas sim, itens como temperos, molhos com menos teor calórico, o próprio sal, especiarias entre outros. Muitos pensam que a dieta de um praticante de musculação é unicamente sem sabor, com alimentos secos, cozidos em água e nada mais. Mas, antes de mais nada, um praticante de musculação é também um ser humano e ele necessita desfrutar dos prazeres de uma alimentação consistente e também prazerosa. Além disso, não há fundamento algum para não usar temperos, molhos etc em suas preparações. Elas incrementarão não somente sabor, mas ainda, itens essenciais como o sódio entre outros.

    Lembre-se de que não é necessário você entupir sua comida com esses aditivos nem tampouco optar por aqueles que tem altos teores calóricos, de glicídios ou lipídios. Mas, o uso moderado e consciente desses itens somente terá a acrescentar benefícios ao seu protocolo dietético.

    Conclusão:

    Muitas vezes é comum vermos pessoas as quais cometem erros sem se dar conta de que estão errando. Entretanto, a partir do momento em que você busca conhecimento e também procura modificar seus hábitos, certamente você começará a ver mudanças positivas e significativas em seu desenvolvimento e com isso conseguirá resultados melhores.

    Portanto, seja sempre consistente, busque o que melhor se adeque a você e tenha sempre em mente que quanto mais coisas você fizer corretamente, então, mais terá resultados.

    Bons treinos!

    Termogenico

    Termogenico



    Um Comentário

    1. Dudu Linhares 1 ano atrás


    /* */