• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • Dianabol: Conheça melhor este esteroide anabolizante!

    Conheça melhor o esteroide anabolizante Metandrostenolona, mais conhecido como Dianabol. Saiba como utilizar, seus efeitos colaterais, riscos, benefícios e muito mais!

    Dianabol em comprimidos

    Termogenico

    Dianabol é o nome comercial da droga metandrostenolona, ​​também referida como metanienona em muitos países. A metandrostenolona é um derivado da testosterona, modificada para que as propriedades androgênicas do hormônio (responsável pela masculinização) tenham seus efeitos reduzidos e as propriedades anabolizantes (construção de tecido muscular) sejam preservadas. Por possuir um nível mais baixo de androgenicidade relativa do que a testosterona, a metandrostenolona é classificada como um esteróide “anabólico” embora ainda haja um lado androgênico distinto.

    Esta droga foi projetada, e é vendida principalmente, como um medicamento oral, embora também possa ser encontrado em uma série de soluções veterinárias injetáveis. Dianabol é hoje, historicamente, o mais comum esteroide anabólico / androgênico usado para aprimoramento de desempenho e propósitos estéticos.

    História do Dianabol

    A metandrostenolona foi descrita pela primeira vez em 1955. Foi lançada no mercado de medicamentos prescritos nos Estados Unidos em 1958, sob a marca Dianabol da Ciba Pharmaceuticals. A Ciba desenvolveu a metandrostenolona com a ajuda do Dr. John Ziegler, que era o médico de várias equipes olímpicas dos EUA, incluindo o levantamento de peso.

    Ziegler percebeu que os russos estavam abusando fortemente de testosterona em seus atletas de força (desde sempre, né). De acordo com Ziegler, o hormônio estava tendo efeitos colaterais visíveis, e um atleta teve um aumento tão profundo da próstata que ele foi forçado a urinar com a ajuda de um cateter.

    Enquanto trabalhava com a Ciba, a empresa testou um esteróide (sintetizado anteriormente) que reduziu a androgenicidade se comparado com a testosterona, mas com a propriedade de construção de massa mantida (anabolismo). Isso foi feito alterando-se a estrutura química básica da testosterona de uma forma que alterou o seu metabolismo e disposição no corpo. Com a ajuda do Dr. Ziegler, a Ciba trouxe para o mercado um dos “mais eficazes anabolizantes” orais e medicamentos a base de esteroides já conhecidos: a metandrostenolona, mais conhecido como Dianabol (diana para os íntimos).

    O sucesso da droga foi rápido e de grande alcance. Os atletas do Dr. Ziegler estavam rapidamente tendo ótimos avanços em suas carreiras competitivas com a ajuda do medicamento. Segundo os relatórios, Ziegler também parecia estar muito impressionado, pelo menos por um tempo.

    Mas, no início da década de 1960, estava começando a parecer que Dianabol havia provocado uma grande onda de abuso de esteróides em esportes competitivos. As primeiras recomendações de Ziegler sugeriam apenas 5 mg por dia ou até 15mg, no máximo. Porém essas recomendações foram ignoradas, em grande parte por atletas, que desenvolveram sua própria estratégia de dosagem (e potencialmente perigosas). O dr. Ziegler logo se tornou desconfortável com o uso indevido da droga e tornou-se uma voz de oposição ao doping esportivo. O dianabol foi tipo um Frankstein dos esteroides: seu criador perdeu o controle sobre suas ações.

    Anabol 10mg

    Em 1967, aproximadamente 10 anos após a primeira introdução do dianabol aos atletas, a FDA condenou categoricamente o uso de esteróides anabolizantes nos esportes. Já em 1965, o dianabol estava começando a cair na “malha fina” da US Food and Drug Administration (FDA), que pediu que a Ciba esclarecesse o uso médico do dianabol, que foram declarados como “ajuda para pacientes em estados debilitados”.

    Em 1970, A FDA aceitou que o dianabol era “provavelmente eficaz” em tratamento de osteoporose pós-menopausa, deficiência pituitária e nanismo. Essas mudanças foram refletidas nas recomendações de prescrição de drogas durante a década de 1970, e a Ciba foi autorizada a continuar vendendo e estudando o agente.

    No início dos anos 80, a FDA havia retirado o seu “provavelmente eficaz” no nanismo e deficiência da glândula pituitária e continuou pressionando a Ciba para mais esclarecimentos, os quais nunca vieram, e, então, em 1983, a Ciba oficialmente retirou o dianabol do mercado dos EUA.

    Talvez o desinteresse financeiro tenha dado uma mãozinha para o seu abandono, pois a Ciba teria que investir uma grana para manter o medicamento aprovado. A FDA retirou todos os genéricos e formas de metandrostenolona do mercado dos EUA em 1985, uma época em que a maioria das nações ocidentais também estavam eliminando a droga, achando sua existência justificada principalmente por doping esportivo. A metandrostenolona ainda é produzida hoje, mas tipicamente em países com regulamentos mais “liberais” para medicamentos prescritos, e por empresas que ainda preferem atender a um mercado esportivo underground.

    Como a metandrostenolona é encontrada hoje em dia?

    A metandrostenolona está disponível tanto para humanos quanto para mercados de medicamentos veterinários. Composição e dosagem podem variar de acordo com o país e o fabricante.

    Whey Protein

    A metandrostenolona foi concebida como um anabolizante esteroide oral contendo 2,5 mg ou 5 mg de esteróide por comprimido (dianabol original). As marcas modernas geralmente contêm 5 mg ou 10 mg por comprimido. A metandrostenolona também pode ser encontrada em preparações veterinárias injetáveis. Estes são tipicamente baseados em soluções oleosas que contém 25 mg / ml de esteróides.

    Características estruturais

    A metandrostenolona é uma forma modificada de testosterona. Ela difere por: (1) a adição de um grupo metilo no carbono 17alfa para proteger o hormônio durante a administração oral e (2) a introdução de uma ligação dupla entre os carbonos 1 e 2, o que reduz sua androgenicidade relativa.

    O esteróide resultante também tem um agente muito mais fraco no que diz respeito à afinidade de ligação do receptor de andrógenos do que a testosterona.

    Estrutura Molecular da metandrostenolona

    Efeitos colaterais

    Estrogênicos

    A metandrostenolona é um esteroide moderadamente estrogênico. A ginecomastia é, muitas vezes, uma preocupação durante o ciclo e pode apresentar-se bastante cedo (particularmente quando doses mais elevadas são usadas). Ao mesmo tempo, a retenção de água pode se tornar um problema, causando uma notável perda de definição muscular. Pessoas sensíveis podem, portanto, querer manter o estrogênio sob controle com a adição de um antiestrogênio como Nolvadex ou Proviron. Uma outra alternativa é usar um inibidor de aromatase como Arimidex (Anastrozol), que é um remédio mais efetivo para controle de estrogênio. Os inibidores da aromatase, no entanto, podem ser bastante caros e ter um efeito negativo nos lipídios sanguíneos.

    Androgênicos

    Embora classificado como um esteroide anabólico, os efeitos referentes ao lado androgênico ainda são comuns com esta substância. Isso pode incluir pele oleosa, acne e crescimento de pelos no corpo e rosto. Os esteroides anabolizantes e androgênicos também podem agravar a perda de cabelo nos meninos. Indivíduos sensíveis aos efeitos androgênicos da metandrostenolona podem usar um anabolizante mais suave, como Deca-Durabolin (nandrolona). As mulheres também devem ser avisadas dos potenciais efeitos virilizantes de esteroides anabolizantes androgênicos, que podem incluir um engrossamento da voz, irregularidades menstruais, mudanças na textura da pele, pelos no rosto e aumento do clitóris.

    Hepatotoxicidade

    A metandrostenolona é um composto c17-alfa alquilado. Esta alteração protege o medicamento da desativação pelo fígado, permitindo uma porcentagem muito alta da entrada dessa substância na circulação sanguínea após a administração oral. Esse tipo de esteroide alquilado pode ser muito hepatotóxico. Uma exposição prolongada ou alta dosagem pode resultar em dano no fígado e, em casos muito raros, com risco de vida. É aconselhável consultar um médico periodicamente durante cada ciclo para monitorar a função do fígado.

    A ingestão de c17-alfa alquilado geralmente deve ser limitado a 6-8 semanas, em um esforço para evitar distúrbios no fígado. Estudos mostram que várias semanas de administração de metandrostenolona oferece um mínimo de estresse hepático, desde que seja administrado com uma dosagem de 10 mg por dia ou abaixo disso. Com uma dose de 15 mg por dia, a maioria dos pacientes começarão a demonstrar uma função do fígado prejudicada, medida através da elevação na retenção de bromossulfaleína (um marcador de estresse hepático). Mesmo em 2,5 e 5 mg por dia, elevação da retenção de bromossulfaleína foram relatados em pacientes. Complicações hepáticas graves são raras, dada a natureza periódica em que a maioria das pessoas usa esteróides anabolizantes / androgênicos orais. O perigo maior ocorre ​​especialmente com doses elevadas e / ou períodos de administração prolongados.

    Hepatotoxicidade do Figado

    O uso de um suplemento de desintoxicação do fígado, como o Stabil, Liv-52 ou Essentiale Forte é aconselhável ao se usar quaisquer esteroides anabolizantes / androgênicos hepatotóxicos.

    Cardiovasculares

    Os esteroides anabolizantes e androgênicos podem ter efeitos prejudiciais sobre o colesterol. Isso inclui uma tendência a reduzir o HDL e aumentar o LDL (“bom” e “ruim”, respectivamente, apesar da ciência moderna não usar mais esses termos)

    O impacto relativo de um esteroide anabólico / androgênico sobre os lípidos séricos depende de alguns fatores como a dose, via de administração (oral ou injetável), tipo de esteroide (aromatizável ou não aromatizável) e nível de resistência ao metabolismo hepático.

    A metandrostenolona tem um forte efeito sobre o controle do colesterol hepático devido à sua resistência estrutural á degradação do fígado e à via de administração. Os esteroides anabolizantes e androgênicos também podem afetar negativamente a pressão sanguínea e triglicerídeos, reduzir o relaxamento do endotélio e ajudar na hipertrofia ventricular esquerda, todos fatores potenciais no aumento do risco de doença cardiovascular e infarto do miocárdio.

    Para ajudar a reduzir a tensão cardiovascular, é aconselhável que se mantenha um programa ativo de exercícios cardiovasculares, sempre prescrito por um profissional de Educação Física, e minimizar a ingestão de gorduras saturadas, colesterol e carboidratos simples durante a administração da droga, complementando a dieta com ômega-3 e um antioxidante, como Lipid Stabil ou um produto similar.

    Supressão de testosterona

    Todos os esteroides anabolizantes e androgênicos quando tomados em doses suficientes para promover o ganho muscular suprimem a produção endógena de testosterona, isso é inevitável. A metandrostenolona não é uma exceção, e é conhecida por sua forte influência sobre o eixo HPT (hipotálamo-pituitaria-testicular).

    Termogenico

    Estudos clínicos que submeteram 15 mg por dia em homens durante 8 semanas fizeram o nível de testosterona no sangue cair em 69%. Sem a intervenção de substâncias estimuladoras da testosterona, os níveis devem voltar ao normal dentro de 1-4 meses a partir do término do uso. Observe que com o uso prolongado, hipogonadismo hipogonadotrófico pode se desenvolver no abuso de esteroides, necessitando de intervenção médica.

    Como utilizar o Dianabol?

    Estudos demonstraram que tomar um esteroide anabolizante oral com alimentos pode diminuir sua biodisponibilidade. Isso é causado pela natureza solúvel em gordura dos hormônios esteroides, que pode permitir que alguma droga se dissolva com a gordura dietética não digerida, reduzindo sua absorção no trato gastrointestinal. Para uma utilização máxima, este esteroide deve ser tomado com o estômago vazio.

    Termogenico

    A meia-vida do dianabol é de apenas 3 a 5 horas. O esquema de dosagem diária única (tomado apenas uma vez) produzirá uma concentração da droga variável a nível sanguíneo, com altos e baixos ao longo do dia. O usuário deve dividir a ingestão dos comprimidos durante o dia ao invés de ingerir todos ao mesmo tempo para tentar regular a concentração no sangue.

    No entanto, produzirá um nível de concentração no sangue mais baixo do que se os comprimidos fossem tomados de uma só vez. Ambas as opções funcionam bem, mas a evidência parece apoiar doses diárias únicas como sendo melhor para resultados gerais. Com tal cronograma, parece lógico que tomar as pílulas no início do dia seria ótimo. Isso permitiria um número considerável de horas diurnas para um metabolismo rico em andrógenos para aumentar a absorção de nutrientes, especialmente na crítica hora após treinamento.

    Homens

    As diretrizes de prescrição originais do dianabol pediram por uma dosagem diária de 5 mg. Isso deveria ser administrado em um período intermitente, com a droga tomada por não mais de 6 semanas consecutivas. Posteriormente, uma pausa de 2 a 4 semanas foi sugerida antes que a terapia fosse retomada. Para melhorar o desempenho ou condição física, a droga também é usada intermitentemente, com ciclos entre 6 e 8 semanas de duração, seguido de 6-8 semanas de folga. Embora uma dosagem baixa de 5 mg por dia possa ser eficaz para melhorar a condição física, atletas acabam usando uma dosagem muito superior a isso. Uma dosagem diária de três a seis comprimidos de 5 mg (15-30 mg) é mais comum, e geralmente produz muito mais resultados. Alguns se arriscam ainda mais na dosagem, mas esta prática geralmente leva a uma incidência maior de efeitos colaterais, e geralmente é desencorajada.

    O dianabol combina bem com uma variedade de outros esteroides mas mostrou-se muito interessante ao misturar-se com Deca-Durabolin (nandrolona), por exemplo. Juntos, pode-se esperar ganhos excepcionais de músculo e força, com efeitos colaterais não muito piores do que seria com o dianabol sozinho. Para ganhos de massa pura, um éster de testosterona de ação prolongada como o enantato ou cipionato pode ser usado. Como o dianabol possui altas propriedades estrogênicas / androgênicas, no entanto, os efeitos colaterais devem ser mais pronunciados. Como discutido anteriormente, devem ser adicionados medicamentos auxiliares para reduzir os efeitos colaterais associados a este tipo de ciclo.

    Mulheres

    Sendo moderadamente androgênico, o dianabol é um esteroide popular apenas entre homens. Quando usado por mulheres, serão fortes os sintomas de virilização. Estudos demonstraram que a maioria das mulheres sofrerá com acne, que é indicativo de androgenicidade, em uma dosagem de apenas 10 mg por dia.

    Aprenda como usar Anabolizantes de forma Correta e Eficaz

    Ficou na duvida de como utilizar, como montar o ciclo, qual ciclo fazer e tudo mais, não é verdade? Pois então não fique! CLIQUE AQUI e descubra como você pode fazer para utilizar os esteroides anabolizantes de forma eficaz no aumento da massa muscular e definição muscular e construa músculos GIGANTES!

    Se você esta decidido que os esteroides anabolizantes são o que irão te fazer chegar ao corpo que deseja, não perca tempo e aprenda como fazer o uso correto e eficaz dos mesmos, aprendendo sobre dosagens, drogas, modo de uso, efeitos, aplicações e muito mais! Não é sobre Dianabol, é sobre qualquer utilização de Esteroides, tenha um Coach Pronto para tirar qualquer dúvida e te ajudar a chegar no corpo dos seus sonhos. CLIQUE AQUI e conheça a Fórmula dos Gigantes.

    Onde encontrar a metandrostenolona/dianabol?

    Formas farmacêuticas legítimas da metandrostenolona são raras. A medicina ocidental removeu completamente este esteroide, alegando não possuir real valor terapêutico. Sua existência potencial é vista apenas para uso estético e atlético e, portanto, você não vai encontrar dianabol legítimo sendo produzido nos EUA, Canadá ou Europa Ocidental. Esta droga é feita exclusivamente em áreas como a Ásia, América do Sul (limitada) e Europa Oriental. Ignore qualquer coisa rotulada como italiano ou espanhol, é uma cilada! Eles não serão legítimos!

    Em relação a alguns dos produtores de drogas legítimas no mercado negro, você encontra os famosos comprimidos da Tailândia, com o nome de Anabol (British Dispensary). Devido à falsificação desenfreada, o fabricante instituiu três formas de segurança. A primeira é um adesivo holoáfico. A segunda, os próprios comprimidos são impressos com a forma da cobra da empresa. Por fim, a embalagem de 1000 comprimidos traz o logotipo da empresa na tampa de plástico.

    Anabol 5mg

    Note-se que a Anabol está em tão alta demanda que alguns falsificadores avançados estão duplicando os hologramas da British Dispensary, com corantes personalizados para os comprimidos e potes de plástico impressos com o logo da empresa. Eles parecem muito com o produto original, mas todos, até agora, falharam em pequenos detalhes. Certifique-se de comparar os recursos do seu produto com o Anabol real nas fotos originais disponíveis na internet. Observe que o produto traz um número de lote impresso pelo computador e data de validade.

    A British Dispensary também fabrica uma versão de 10 mg chamado Anabol 10. Este produto traz as mesmas características de segurança do produto regular, mas em um pacote menor, amarelo e branco, com comprimidos idênticos, na forma, à versão de 5 mg, e também carregam o logotipo da empresa impressa neles. A única diferença é a sua cor, que é amarela em vez de rosa.

    O genérico “Russian D-Bol” (METAHAPOCTEHOROH) ainda é produzido na Rússia por Akrikhin (o nome parece ser Akpnxnh em cirílico). A caixa atual é de cor roxa e carrega 10 tiras de 10 comprimidos cada. Essa foi muito popular no Brasil na década de 90, conhecida como o famoso “dianabol russo” e, como tal, também foi uma falsificação regular. A maioria das falsificações foram pequenas cópias do original, muitas vezes vindo em potes de comprimidos soltos em vez de blister.

    Isso não quer dizer que a versão em tiras de comprimidos assegura uma compra segura, no entanto, tome cuidado em comparar seu produto com as fotos originais. O fabricante começou a fazer uma versão deste produto para o mercado ucraniano e o nome que aparece na embalagem é Akpixih. Alguns “especialistas sem noção” identificaram erroneamente esta grafia como falha, acreditando que isso fosse um erro ao se escrever Akpnxnh, mas não é.

    Methandon e Melic da Tailândia são itens legítimos, e vêm embalados em recipientes de 1.000 comprimidos cada. Ambos os produtos são relativamente raros no mercado negro, embora acredite-se que ambos estejam em produção. Ambos os produtos têm 5 lados (pentágono) são rosas e são muito semelhantes. O Methandon (que antigamente era um comprimido branco liso) carrega as letras “ES” gravadas neles.

    Methandon 5mg

    O Naposim, versão da Romênia ainda está disponível. Ele vem em uma caixa branca, contendo 10 comprimidos triangulares. Observe que o Naposim real tem data e número de lote em ambas as extremidades. Algumas falsificações no passado ignoraram isso, colocando-os apenas em uma extremidade. Além disso, há uma pequena “ponta” (formando um pequeno mamilo) no centro de cada bolha de comprimidos no Naposim real.

    Fakes deste produto foram fabricados sem essa ponta e são lisos nas bolhas de comprimidos. Além disso, certifique-se de que o triângulo em seus comprimidos é afiado e uniforme. Uma fake recente foi visto e se parece mais com emblemas da Star Trek do que com triângulos. Além disso, note que algumas tiras são encontradas com o nome genérico metandienona em vez de metandienonum, simplesmente como a empresa rotula o produto para exportar.

    Danabol DS da Body Research / March Pharmaceutical, uma empresa na Tailândia também está disponível. Os comprimidos são feitos sob a forma de diferentes corações, com comprimido azul pequeno.

    O Anabolex 3mg da República Dominicana é uma compra segura. Note-se que cada comprimido contém um adicional de 1,5 mg de Periactin, usado como estimulante do apetite. É um anti-histamínico e pode causar sonolência.

    Metanabol da Polônia é outra marca legítima, mas tenha certeza de comprar estas só em tiras de 20 comprimidos, como se mostra na biblioteca de imagens na internet.

    Balkan Pharmaceuticals na Moldávia faz um metandrostenolona chamado Danabol. Vem em blisters de plástico de 20 comprimidos cada.

    Jinan Pharmaceuticals faz uma versão de 10 mg na China para exportação, chamada Anahexia. Ele vem em folhas e tiras plásticas de 20 comprimidos cada.

    Vídeo com Review sobre Dianabol

    Esse vídeo foi gravado pelo Jason, e não por mim. Ele explica um pouco sobre o Dianabol (metandrostenolona), de forma mais reduzida e sem entrar em muitos detalhes, como entrei no artigo. Porém para quem não gosta de ler muito, pode ser uma oportunidade de aprender sobre a Droga.

    Prometo que em breve irei gravar um vídeo bem detalhado (como este artigo) e colocarei a disposição de vocês no canal do Dicas de Musculação no youtube.

    Perfil da droga

    Nome molecular: [17a-methyl-17b-hydroxy-1,4-androstadien-3-one]
    Peso molecular: 300.44
    Fórmula: C20H28O2
    Ponto de fusão: N/A
    Produtor: Ciba (Originalmente)
    Data de criação oficial: 1956
    Dose efetiva: 25-50mgs (doses abaixo de 5mg e acima de 100mg são relatadas)
    Meia-Vida: 6-8 horas na forma oral. E entre 48-72h na forma injetável.
    Tempo de detecção no corpo: Maior do que 6 semanas
    Índice Anabólico/Androgênico (Variação): 90-210:40-60
    Hepatotóxica: Sim
    Aromatiza: Sim
    Converte-se em DHT: Não
    Acne: Sim
    Retenção hídrica: Sim
    Pressão Alta: Sim

    Conclusão:

    Essa droga de origem Russa, mas oficialmente fabricada no EUA, foi uma das drogas mais importantes depois da testosterona e, foi de grande auxílio para atletas nas Olimpíadas que ocorreram na segunda guerra mundial. Aliás, foi justamente ela, a segunda droga anabólica a ser criada depois da testosterona.

    Apresentando efeitos colaterais de médio porte, seu uso hoje é feito pelos mais diferentes atletas e esportistas, principalmente visando o aumento de massa muscular e em curto período, assim com o de força também.

    Entretanto, em altas doses, o Dianabol pode ser uma droga extremamente tóxica (e de fato já é, por tratar-se de um 17aa) e apresentar uma forte opressão a produção hormonal de LH, FSH, Testosterona e outros importantes hormônios.

    Lembre-se: O site dicas de musculação não recomenda qualquer uso de quaisquer substâncias! Consulte sempre um profissional competente. Este artigo é apenas para conhecimento da droga.

    Whey Protein



    59 Comentários

    1. wagner 2 anos atrás
    2. Luiz Matta 2 anos atrás
    3. cah 3 anos atrás
    4. pedro 3 anos atrás
    5. Matheus 3 anos atrás
    6. maira 3 anos atrás
    7. aline 3 anos atrás
    8. julio 3 anos atrás
    9. andre 3 anos atrás
    10. Paulo Jorge 4 anos atrás
    11. mateus 4 anos atrás
    12. weber 4 anos atrás
    13. Túlio 4 anos atrás
    14. pablo 4 anos atrás
    15. jose 4 anos atrás
    16. nana 4 anos atrás
    17. Diego 4 anos atrás
    18. samuka 4 anos atrás
    19. Luma 4 anos atrás
    20. patrick 4 anos atrás
    21. Marcos 4 anos atrás
    22. Gustavo 4 anos atrás
    23. Rufus O Lenhador 5 anos atrás
    24. Ítalo 5 anos atrás
    25. jose rocha 5 anos atrás
    26. Rufus O Lenhador 5 anos atrás
    27. Rufus O Lenhador 5 anos atrás
    28. Leonardo 5 anos atrás
    29. Renan 5 anos atrás


    /* */