Dicas para a divisão do treino de pernas

Tempo de Leitura: 3 minutos

Uma das dúvidas mais frequentes, não somente das mulheres, mas dos homens também é em relação ao treino de pernas.

Mas hoje, não quero falar sobre tipos de exercícios ou exercícios compostos, mas sim, sobre a divisão fracionada ocorrida em algumas divisões de treinamentos.

Pra quem não entende do assunto, vamos basicamente dividir a perna em 3 grandes grupos: Posteriores, anteriores e panturrilhas (que são as 3 divisões mais frequentes de treino). Geralmente cada grupo é treinado com um segundo grupo (que não envolve membros inferiores).

Mas, qual a função de subdividir as pernas em dias diferentes?

Penso que um treino de pernas básico é exaustivo o suficiente para ser realizado apenas uma vez na semana. Aliás, não conheço alguém que consiga treinar pernas com o máximo de intensidade mais de uma vez na semana.

Então, se você executa, por exemplo, agachamento livre, flexora, extensora, leg press, avanço e gêmeos com alta carga e repetições completas, provavelmente vai necessitar de um descanso maior que 3 dias para treinar novamente o grupamento em questão. Do contrário, o rendimento será pífio. Afinal, como sabemos, o descanso é o momento onde, de fato, a musculatura cresce.

Digo isso, pois, mais comum do que a divisão múltipla do treino de pernas, é a repetição DESNECESSÁRIA (principalmente pelo público feminino) do treino.

Mas, voltando ao fator da subdivisão do treino de pernas, acho um tanto conveniente para treinos nos quais a qualidade e o foco nas diferentes regiões é o contexto principal no sentido não de volume, mas sim qualidade. Aliás, um treino de qualidade, convenhamos, com a maioria das pessoas, apresenta uma recuperação um tanto quanto mais rápida. Em tempo, quando digo treino de qualidade, me refiro a treinos que exercem um foco específico nas mínimas partes da musculatura, sem visar lá grande volumização dos membros inferiores, justamente pelo trabalho, na maioria dos casos, submáximo em força.

Veja :  Aprenda 8 leis para o treinamento de pernas

Mas, como fazer essa subdivisão?

A primeira coisa que devemos fazer e observar a distribuição total do treino. Em segundo, a quantidade de exercícios para o grupamento (e também de séries) e, claro, do treino como um todo. Em terceiro, devemos observar a sinergia muscular envolvida no processo. Por exemplo, seria conveniente realizar um treino de posteriores da coxa e no dia seguinte realizar levantamento terra? Ou ainda, seria proveitoso realizar agachamento livre na segunda-feira e leg press na terça-feira? Provavelmente não!

Todavia, um bom exemplo de sinergia, poderia ser definido como executar o treino de posteriores na segunda feira, com levantamentos terra, na terça, executar o treino de panturrilha e, na quinta-feira ou sexta-feira o treino de anteriores vulgo quadríceps. Perceba os dias estão divididos de maneira em que um não interferirá significativamente no outro. Essas divisões podem ser obviamente alteradas e, claro, é importante que saibamos brincar com os diferentes treinos e suas diferentes visões, a fim de não estagnar ou sempre permanecer no mesmo estímulo muscular.

Cansado de treinar, se alimentar e suplementar mas nunca ver os resultados?

Se você está cansado de se “alimentar corretamente”, de suplementar o que as pessoas te falam e dos treinos que seus professores de academia lhe passam, fique tranquilo, eu tenho a solução para você! A solução que tem ajudado a diversas pessoas a chegarem em seus resultados, de forma natural, apenas utilizando treinos corretos, alimentação correta e suplementação eficaz. CLIQUE AQUI e descubra o que estou falando.

Chega de frango com batata doce todo dia… Chega de whey protein a toda hora… Está na hora de você aprender o que realmente é eficaz para a Hipertrofia Perfeita e colocar em prática só o que funciona, sem perder tempo com esse monte de baboseira que as pessoas tem dito por ai. Faz sentido para você? Está interessado? Então CLIQUE AQUI e conheça o Programa que irá mudar os seus ganhos musculares!

Veja :  Dicas do que FAZER e o que NÃO FAZER no treino de pernas!

Bons Treinos!