sexta-feira, agosto 19, 2022
Promoção Suplementos Mais Baratos
InícioEsteróides anabolizantesDurateston: Umas das Testosteronas (Anabolizante) mais Poderosas!

Durateston: Umas das Testosteronas (Anabolizante) mais Poderosas!

Tempo de Leitura: 8 minutos


Dentro ou fora da sua academia você provavelmente já deve ter ouvido falar de um medicamento chamado Durateston, não é mesmo? Afinal, ele é um dos anabolizantes mais famosos e eficazes que existe.

Apesar de bastante conhecido, não são todas as pessoas que sabem fazer o uso correto dessa substância, e isso pode ser bastante perigoso, já que os efeitos colaterais podem ser bastante severos.O durateston é uma das substâncias mais utilizados entre os praticantes de musculação para aumento da massa muscular, e vem sendo bastante discutido nos últimos anos, seja pelos seus benefícios, administração ou efeitos colaterais.

Este artigo foi elaborado pensando justamente nisto! Aqui você irá aprender tudo sobre o Durateston: O que é, como é utilizado, quais seus riscos e benefícios, efeitos colaterais e MUITO MAIS!

Vamos lá?

O que é o Durateston?

O Durateston é um esteróide anabolizante composto por testosteronas ligadas a ésteres diferentes, promovendo assim uma meia-vida diferente a cada uma delas, possibilitando uma ação em conjunto dos ésters.

O Durateston foi inicialmente criado pela Organon Pharmaceuticals que é uma empresa do EUA, porém, no Brasil, ele foi fabricado pela Schering-Plough e vendido pela Aspen Pharmacare.

saiba tudo sobre a substância durateston

O que diferencia o Durateston de outros tipos de testosteronas, como o Deposteron, por exemplo, são quatro ésteres ligados a testosteronas que estão presentes nele, permitindo uma meia-vida em diferentes fases.

Existem algumas vantagens em relação a isso, porque consegue-se uma ação mais imediata da testosterona através das partes ligadas a ésteres mais curtos e uma ação mais longa e duradoura com os ésteres mais longos.

LEIA TAMBÉM >>> Perguntas frequentes sobre o uso de esteroides anabolizantes

Assim, você não tem de esperar muito tempo para o medicamento começar a ter efeito. E também não irá perder a ação do anabolizante tão rapidamente, tendo que administrá-lo (leia-se tomar agulhada) de novo em pouco tempo.

O Durateston é um anabolizantes fabricado a partir de quatro tipo de testosteronas, as quais listaremos a seguir:

  • Propionato de testosterona; (meia-vida: 4 dias)
  • Fempropionato de testosterona; (meia-vida: 5 dias)
  • Isocarproato de testosterona; (meia-vida: 9 dias)
  • Decanoato de testosterona. (meia-vida: 15 dias)

É importante ficar de olho e conhecer bem a substância antes de pensar em fazer algum uso. Continue lendo e saiba muito mais sobre o Durateston.

Como funciona na prática?

Diferentes de outros anabolizantes de testosterona, o Durateston é um pouco mais complexo. Ele tem uma maior facilidade de entrar no organismo, chegar até ao citoplasma e fazer a ligação junto a um receptor androgênico.

Com isso, o durateston faz com que aconteça um aumento na síntese proteica de forma mais rápida, o que é excelente para o ganho muscular! Quanto mais proteína a sua célula conseguir absorver, maior ela vai ficar.

Além disso, o durateston também tem um importante papel contra o catabolismo muscular, inibindo hormônios, como o cortisol, que podem acabar com a sua massa muscular se estiverem em altas quantidades no organismo.

ampola de durateston

E um outro funcionamento do durateston é no aumento da produção de hemácias (células vermelhas), fazendo com que a sua circulação de sangue seja maior e melhorando a sua recuperação pós-treino.

Para que serve?

Durateston é usado em casos de necessidade de reposição de testosterona, ou seja, em quadros como de hipogonadismo, de impotência sexual, de disfunção erétil, de falta de androgenidade e etc.

Porém, como este é um medicamento de testosterona, ele também acaba sendo utilizado no mundo amador e esportivo profissional com o objetivo de otimizar os resultados nos treinos de musculação e outros esportes.

Para entendermos o que o Durateston irá fazer, temos de entender quais são os principais efeitos da testosterona. Ela age de maneira intracelular, e intranuclear, ou seja, ela promove alterações dentro do núcleo celular, diferente de outros hormônios, que agem na membrana celular.

Entre os principais efeitos da testosterona no corpo humano, podemos destacar os seguintes:

  • Aumento da massa muscular pelo aumento da capacidade de síntese proteica;
  • Aumento da força;
  • Aumento da resistência;
  • Papel fundamental no desenvolvimento de praticamente todos os tecidos do corpo (muscular, esquelético, ósseo etc);
  • Redução do percentual de gordura corpórea;
  • Melhora no condicionamento físico;
  • Aspectos relacionados à androgenidade (engrossamento de voz, crescimento de pelos etc);
  • Melhora da resposta à glicose; e
  • Entre Outros.

APRENDA MAIS SOBRE >>> Testosterona e seus Benefícios!

E como o Durateston é um anabolizante derivado de 4 tipos de testosterona, podemos dizer que seus benefícios são os mesmos da testosterona, ou seja, os mesmos citados acima.

Sua maior diferença, é que por ser um anabolizante que possui testosteronas de ésteres curtos e longos, a sua ação inicia logo que ele é aplicado e tem uma duração maior do que se usarmos a testosterona pura.

Durateston: Como Tomar?

A melhor maneira de utilizar o durateston de forma correta, é buscar ajuda profissional. Porém no Brasil, sabemos que a maioria dos médicos não estão aptos a ajudar quando o assunto é uso de anabolizantes de forma estética. Por isso, recomendo que busque ajuda do Fórmula dos Gigantes!

Ele foi desenvolvido pelo Ricardo Oliveira, treinador de musculação a mais de 20 anos e que já ajudou a muitas pessoas a conquistarem seus quilos a mais de puro músculos! Pessoas essas, que antes de serem acompanhadas pelo Ricardo não conseguiam resultados, mesmo se alimentando bem, treino e tudo mais.

Devido a falta de acompanhamento no Brasil e a maioria dos médicos não estarem aptos ao uso de anabolizantes, o Ricardo criou um Programa Completo que vai te ajudar no uso de anabolizantes. Seja você iniciante ou não!

Dentro do Fórmula dos Gigantes você irá ter tudo o que precisa para começar um ciclo no mesmo dia em que virar aluno, tendo ciclos já montados, com dosagens, forma de uso, TPC e tudo mais. E de brinde você leva para casa um super módulo de Treino e um módulo de Dieta, para maximizar ainda mais seus resultados!

Efeitos colaterais do Durateston

Apesar dos benefícios que o Durateston pode gerar para os resultados estéticos, o seu uso em dosagens maiores do que o recomendado também pode apresentar alguns efeitos colaterais bastante relevantes.

Sendo assim, é importante que você os conheça para poder se prevenir, e até mesmo utilizar as formas necessárias para seu controle.

Entre os principais efeitos colaterais do Durateston, destacamos:

– Inibição do eixo HTP

A testosterona é um hormônio produzido dentro do corpo humano. Quando injetamos a testosterona por vias externas em excesso, a tendência é que o corpo entenda que há muita quantidade daquele hormônio dentro dele para sua produção.

Com o passar do tempo (curto tempo), o LH e o FSH que estimulam a produção natural param de ser produzidos e se tem o que chamamos de inibição do eixo HTP.

Com isso, a produção natural de testosterona para e outros efeitos começam a surtir, como a impotência sexual, a infertilidade e a aromatização após descontinuar o uso externo do medicamento.

Neste caso, o ideal é mesmo realizar uma boa TPC (terapia pós ciclo). Entretanto, é necessário avaliar cada quadro individualmente para saber quais são os melhores protocolos a serem aderidos.

– Aromatização

Durante o uso de Durateston, a aromatização também pode ocorrer, especialmente pela enzima aromatase, que converte a testosterona em estrógeno.

Isso resulta em problemas, como a retenção de líquidos, a ginecomastia, entre outros. Apesar de também serem importantes, os estrógenos, quando em níveis muito altos, podem apresentar efeitos que reduzem a massa magra e seus ganhos também.

Eles também podem fazer com que o corpo comece a armazenar gordura corporal em maiores quantidades, prejudicando ainda mais a estética.

– Aumento do DHT (Diidrotestosterona)

Outra conversão que pode ocorrer é da testosterona em DHT pela 5-Alfa Redutase, enzima responsável por essa conversão. Isso faz com que alguns efeitos colaterais relevantes ocorram com maior intensidade.

Entre eles: o aumento da oleosidade da pele e surgimento de acne (espinha), o aumento dos riscos do câncer de próstata, a calvície, pode reduzir os níveis de minerais nos ossos, entre outros.

Calvice

Para tentar diminuir esses colaterais, no caso de calvície e de acne, que são os principais pontos observados pela maioria das pessoas, o uso de cosméticos em creme pode ser o mais indicado.

Ainda, para reduzir a oleosidade da pele, pode-se usar menores quantidades de lipídios (gorduras) e de vitaminas do complexo B na dieta.

– Aumento no colesterol

O Colesterol pode ter seus níveis elevados durante o uso de Durateston, inclusive trazendo alterações para as lipoproteínas transportadoras de lipídios (elevando o LDL e reduzindo o HDL).

Portanto, é muito importante utilizar substâncias cardioprotetoras (protetoras do coração), como o Resveratrol, óleo de peixe, o CLA, o ácido lipóico, entre outros. Obviamente, isso não irá reduzir os danos, mas amenizará para que eles não sejam mais intensos.

É necessário também ter um bom controle na dieta, tendo uma atenção especial nos lipídios e nos carboidratos é fundamental.

– Hepatotoxicidade (problemas no fígado)

Costuma-se dizer que esteroides injetáveis não são prejudiciais ao fígado e que a testosterona por si só não é hepatotóxica. Entretanto, sabemos que tudo é metabolizado no fígado de maneira direta ou indireta.

Dessa forma, a testosterona também passará em algum momento por ali. Então, é sempre bom considerar que sim, ela pode ser hepatotóxica. Não a níveis de ser comparada a um halotestin, um dianabol ou o hemogenin (oximetolona), mas não deixará de ser prejudicial ao fígado.

Você pode usar algum tipo de protetor para o fígado como o TUDCA, a silimarina e o ácido alfa-lipoico.

– Outros Efeitos Colaterais

Alguns outros efeitos colaterais podem acontecer com o uso de durateston, como:

  • Desequilíbrio na pressão arterial;
  • Testículos atrofiados;
  • Desenvolver câncer de próstata;
  • Pode inibir o crescimento no caso de consumido na adolescência;
  • Reter líquidos;
  • Maior probabilidade de desenvolver doenças como depressão;
  • Maior chance de aumentar muito os hematócritos.

RECOMENDADO A LEITURA >>> Conheça Todos os Efeitos Colaterais dos Anabolizantes!

Quem não pode usar Durateston?

As mulheres, como citei acima, não devem fazer uso, pois os riscos de colaterais de virilização (características femininas) é muito maior. Existem outros anabolizantes que podem ser usado por elas, que não correm este risco, como Stanozolol, Oxandrolona e Boldenona!Assim como todo medicamento, o durateston não deve ser usado por qualquer pessoa. Existe um grupo de pessoas que não deve (de maneira alguma) usar este medicamento, pois os riscos são muito maiores!

  • Mulheres gestantes e lactantes (que estão amamentando) então, nem pensar!
  • Crianças, menores de 21 anos, que ainda não possuem seu organismo 100% formado, também devem ficar longe deste medicamento. A menos que seja recomendação médica e com acompanhamento.
  • Pessoas que tenham problemas de câncer na família, devem ficar longe também. Principalmente se os problemas da família forem sobre câncer de próstata ou de mama.
  • Pessoas que sejam alérgicas a amendoim não devem fazer o uso também, pois a diluição do medicamento é feito com óleo de amendoim.
  • Pessoas com patologia diversas crônicas, como epilepsia, disfunção renal também não devem fazer uso deste medicamento sem orientação e acompanhamento médico.

Além desses casos, pessoas idosas também não devem fazer o uso sem um acompanhamento médico.

A administração de durateston e sua comercialização

Durateston é normalmente usado em dosagens de 250mg a 500mg por semana para finalidades ergogênicas. Porém, é bastante comum existirem dosagens maiores. A aplicação é feita intramuscular.

saiba como utilizar a durateston

Até quando era produzido, Durateston era encontrado em ampolas contendo 250mg a cada 1ml do produto. Atualmente, sua fabricação está descontinuada, ou seja, ele não é mais fabricado de forma oficial.

Porém, no mercado negro, você consegue o mesmo produto de laboratórios ilegais, porém, com nomes diferentes que misturam os quatro ésteres de testosterona. Porém, vale sempre a pena ter um cuidado extra com esses laboratórios.

Conclusão

Durateston é um esteroide anabolizante que combina quatro tipos de ésteres de testosterona promovendo assim um aproveitamento em conjunto pelo corpo.

Tendo características para aumento da massa magra, da força e da performance, é um hormônio principalmente usado por homens e que não deve ser usado por mulheres.

Seus efeitos colaterais não são tão intensos como de outras substâncias, mas existem e é essencial que você os conheça para se prevenir do que eles podem lhe causar.

Bons ciclos!

Sobre o Autor do Post

Artigos Relacionados

19 COMENTÁRIOS

  1. Olá Marcelo.
    Estou pensando em usar essa droga administrando-a uma vez por semana durante 4 semanas, totalizando 4 doses.
    Você acha necessário usar um ciclo TPC após?
    Como são poucas doses, você acha que conseguirei algum ganho? Algo em torno de 3-4kg?
    Estou seguindo uma ótima dieta, tenho uma boa suplementação e treino pesado.
    Abraços!

    —-

    Não dou recomendações nem opino sobre o uso de substâncias dessa natureza aqui. Consulte o médico e, de preferência, NÃO faça uso.

  2. Me tira uma duvida, tenho 33 anos malho a 2 anos corro todos os dias sou hipertenso tomo enalapril e alodipino fiz exames do coração e deu tudo normal gostaria de saber sua opinião em relação a tomar durateston e ser hipertenso mesmo tendo a pressão controlada tenho duvida pelo que vi o problema e a retenção de liquido, mas em relação a isso eu poderia tomar um medicamento para equilibrar? O que acha? Agradeço antecipadamente!

    ——

    Nem pensar amigo. Você pode estar tomando algo que irá lhe matar.

  3. A titulo de conhecimento, mesmo com uma Terapia pós ciclo contendo Anastrazol ou Tamoxifeno e entre outros, a ginecomastia é anulada ou apenas é diminuída a possibilidade desse efeito colateral com o uso da Durateston? Muito Obrigado.

    —–

    Apenas diminui o risco.

  4. Marcelo, uma dosagem usual em ciclos de durateston seriam 500 mg/semana. Vc acredita que ao final do ciclo, ir “desmamando” a dosagem, (ex: diminuir pra 250 mg, 125 mg… ) seria interessante? Visando dessa forma não causar uma bruta interrupçao da testosterona exógena no organismo. Em ciclos leves/médios quantas semanas de uso de durateston costumam ser feitas?

    Não. Níveis elevados aos fisiológicos já estimulam a supressão. Depende da orientação médica para o uso.
    Não passamos informações sobre uso no site. Procure o médico.

    http://

  5. Sou hipertenso e tomo stanozolol com oxandrolona, controlo minha pressão com medicamento diário, quem me prescreveu foi um médico, no qual faço controle periódico… O que você tem a dizer sobre isso? Obrigado. Faço Personal, nutricionista e medico.

    Não acho interessante não só pelo problema de saúde, mas em minha opinião, ergogênicos hormonais só devem ser usados por atletas profissionais. É totalmente possível obter ÓTIMOS e até melhores resultados sem eles através de protocolos corretos.

    http://

  6. Olá Marcelo! Quantas mg nosso corpo absorve semanalmente sem colocar fora a durateston? E 10 semanas do uso dela seria um tratamento de médio prazo? Sei que vc não entra muito a fundo do assunto de ciclo, mas um ciclo de dez semana com dura acompanhando nas primeiras seis semana 100mg de oxandrolona e nas 4 últimas semana primambolan seria um ciclo de alta qualidade?

    Depende de cada corpo. Não existe regra.
    Depende de cada corpo para a segunda pergunta também.
    Quanto as combinações, não passamos essas informações no site. Se realmente insistir, o auxílio médico é indispensável.

    Sinceramente, não faça uso de erogênicos hormonais. É possível um bom corpo sem o uso deles.

    http://

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui




Enter Captcha Here :

Mais Recentes

Comentários Recentes