• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • Conheça 6 grandes descobertas científicas sobre a perda de gordura

    Conheça as últimas 06 "descobertas" da ciência a respeito da queima de gordura corporal e otimize ainda mais o seu emagrecimento.

    Para a maioria das pessoas hoje em dia, queimar gordura não é algo meramente estético, mas necessário para melhorar a saúde, corrigir déficits de saúde e até mesmo para reduzir as chances de ocorrerem algum tipo de complicação em quadros já existentes.

    Obviamente, sabemos que o excesso de peso não é algo saudável. Ele pode trazer consigo outras inúmeras doenças como: as cardiovasculares, metabólicas, doenças musculoesqueléticas e até mesmo psicológicas. Portanto, cada vez mais as pessoas buscam formas de queimar gordura afim de reduzir essas chances.

    Termogenico

    Sabemos também que a queima de gordura está grandemente associada com a cultura a qual vivemos: Hoje, pessoas magras são consideradas como padrões para a beleza, e todos querem atingir esse ponto (ou, pelo menos, quase todos).

    E por ser algo tão importante na vida do ser humano de hoje, seja esteticamente ou visando saúde, todos os dias estudos são feitos sobre a queima de gordura e sobre como podemos otimizar essa queima e favorecer melhores resultados ao corpo humano.

    Conceitos que antes eram tidos como verdades, hoje não são mais e vice-versa. Diariamente, a ciência vem trazendo novas otimizações de seus protocolos e com isso vem fazendo com que se torne mais fácil a queima de gordura. E neste artigo iremos conhecer 06 novas “descobertas” da CIÊNCIA sobre a queima de gordura.

    Obs: Este artigo não é baseado em achismo ou em teste realizados individualmente. Ele é baseado em estudos de cientistas, portanto, é algo que serve para a maioria das pessoas, se não todas.

    Vamos lá?

    1- Beber água antes das refeições auxilia na queima de gordura

    Sabemos da importância da água e de líquidos naturais de uma maneira geral. Entretanto, até certo tempo atrás, ingerir líquidos com refeições era praticamente um pecado mortal e muitos ainda diziam que essa era uma prática a qual poderia engordar. Normalmente, dizia-se que não se podia beber nada 30 minutos antes das refeições e, da mesma forma, 2h depois das mesmas.

    Porém, hoje sabemos que isso é uma inverdade. Acontece que, além de inverdade, a ciência tem demonstrado que a ingestão de água antes das refeições pode auxiliar na queima de gordura.

    Em primeiro lugar, porque a água causará uma maior distensão da parede do estômago, o qual possui receptores de sua capacidade. Desta forma, a ingestão alimentar subsequente será menor, sem dúvidas.

    Outro ponto que a água auxilia é também por seu fato termogênico, ou seja, o corpo precisa elevar a temperatura da mesma no trato gastrointestinal, desprendendo assim mais energia.

    Você não precisa, entretanto, se entupir de água. Alguns goles antes da refeição já conseguirão fazer bem a sua função.

    Whey Protein

    2- A melatonina auxilia na queima de gordura

    Sabemos que a melatonina (que também é produzida pela glândula pineal) é grandemente usada para melhorar o sono.

    Porém, o que pesquisadores observaram que é ela pode ir além: Indivíduos obesos os quais fizeram a suplementação de melatonina antes de dormir, além de terem melhor sono, conseguiram também queimar mais gordura, e de maneira significativa.

    Não é entendido ao certo o porque, mas sabe-se que evidentemente a melatonina auxilia na contrarregulação da gordura corpórea.

    Sendo um suplemento natural, certamente você poderá obter ótimos benefícios e sem a chance de efeitos colaterais.

    3- Aeróbios em HIIT auxiliam no controle do apetite

    Sabemos que, no que tange a queima de gordura relacionada aos exercícios físicos, um dos mecanismos mais utilizados é do do aeróbio em sistema HIIT, ou seja, aeróbios intervalados em intensidade alta/média e baixa/média a depender do caso.

    Treino de corrida em alta intensidade

    Esses aeróbios são característicos por terem curta duração e alta intensidade, sendo que o mecanismo pelo qual eles estimulam a queima de gordura não é pelo elevado gasto energético momentâneo como em aeróbios em intensidade moderada e longa duração, mas sim por mecanismos oxidativos e pelo EPOC (consumo de oxigênio pós-treino).

    Todavia, esses aeróbios também podem auxiliar no controle do apetite. Em 2015, foi publicado na revista Medicine Science Sports Exercise que pessoas que praticaram aeróbios em HIIT por 12 semanas tiveram uma redução nos seus níveis de apetite. Além disso, esses voluntários mostraram também uma redução nos níveis de açúcares sanguíneos e uma melhor resposta glicêmica.

    Termogenico

    Todavia, lembre-se que aeróbios em HIIT devem seguir uma intensidade a qual progressivamente vai aumentando. Não adianta nada, caso você não tenha bom condicionamento físico, querer ir muito além do que seu corpo permite. Isso pode ser perigoso para sua saúde, portanto, VÁ COM CALMA!

    4- Alimentos derivados de leite ricos em cálcio auxiliam na queima de gordura, mas a suplementação com cálcio não

    Muitas vezes vemos pessoas as quais dizem que o cálcio é capaz de auxiliar na queima de gordura corpórea. E isso logo faz com que muitos “especialistas” saiam recomendando a suplementação com cálcio.

    Porém, a suplementação com cálcio, em primeiro lugar deve ser feita com cuidado (se necessário for) para que não ocorra armazenamento excessivo de cálcio em tecidos os quais ele não deva se acumular, como nos rins ou em parte do sistema cardiovascular.

    Além disso, ele deve ser acompanhado de outros itens como a Vitamina D3, zinco e magnésio. Mas, de qualquer forma, ela NÃO TEM INFLUÊNCIA NA QUEIMA DE GORDURA!

    Em 2015, a British Journal Nutrition mostrou um interessante estudo no qual concluíram que o consumo de alimentos derivados de leite ricos em cálcio auxiliava as pessoas a emagrecerem, enquanto a suplementação isolada de cálcio não.

    O consumo de cálcio é eficiente na queima de gordura, pois quando bem garantidos os níveis de cálcio no corpo, ele diminui a chance do calcitriol estimular a entrada do mineral em células adiposas, o que impediria a queima de gordura caso ocorresse.

    Portanto, consuma moderadamente derivados de leite ou o próprio leite (com exceção caso você seja intolerante à lactose, tenha alergia à proteína do leite ou galactosemia) e você começara a ver uma boa perda de peso em algumas semanas.

    Obviamente, convém que esse hábito esteja associado com uma boa dieta e exercícios físicos, além de um estilo de vida saudável como um todo.

    Whey Protein

    5- Dietas com baixos teores de lipídios dificultam a queima de gordura corpórea

    Durante muitos e muitos anos, o consumo de gorduras foi demonizado, especialmente pela área de medicina. Isso se deve ao fato da associação da gordura corporal e da gordura armazenada em tecidos os quais não deveria ser, como nos vasos sanguíneos, com a gordura ingerida da alimentação.

    De uma forma geral, acreditava-se que, por ambas serem gorduras, eram iguais, quando na realidade, uma coisa não tem nada haver com outra.

    Temos de entender que a gordura armazenada no corpo é armazenada pelo excessos de energia, ou seja, excesso de alimentos energéticos, os quais são convertidos em gordura corporal, por ações hormonais.

    Porém, as gorduras advindas da alimentação, são macronutrientes essenciais para o corpo: Participam de processos hormonais, participam do sistema imunológico, da constituição de membranas celulares, da produção de compostos no corpo (como a bile) etc. Elas também estão associadas com algumas sinalizações como, por exemplo, o estímulo para a queima de gordura corpórea e a termogênese.

    Muitas vezes, recomendava-se que as dietas para emagrecimento fossem pobres em gorduras e ricas em carboidratos.

    Porém, hoje sabemos que os carboidratos são mais facilmente armazenados em forma de gordura, pois possuem um metabolismo mais fácil e estimulam maiores secreções de insulina. Ainda, existem carboidratos mais facilmente estocados como gordura, como é o caso da frutose.

    Dietas pobres em lipídios durante o processo de emagrecimento também podem causar quedas hormonais, especialmente de testosterona.

    Assim, priorize por uma dieta com boas quantidades de lipídios (tanto saturados quanto insaturados) a fim de obter um melhor e mais saudável emagrecimento.

    6- Fibras alimentares em excesso podem prejudicar a absorção de nutrientes

    Sabemos que as fibras alimentares são excelentes e devem estar na dieta. Entretanto, muitas pessoas abusam do consumo de fibras alimentares no processo de emagrecimento, o que pode ser prejudicial.

    Sim, elas até podem auxiliar você a manter um apetite menor, ter mais saciedade e, de uma forma geral, comer menos…

    Porém, seus excessos estão diretamente associados com problemas relacionados a má absorção de vitaminas e sais minerais, especialmente de cálcio, zinco e magnésio. Ainda, alguns macronutrientes podem sofrer alterações em sua absorção, como os lipídios.

    Estando naturalmente a dieta de emagrecimento mais restrita e ingestão alimentar menor, você deve ter atenção, pios podem ocorrer déficits nutricionais muito mais facilmente.

    Portanto, não é porque fibras alimentares têm benefícios e não tem calorias que elas podem ser consumidas sem um bom senso.

    LEIA MAIS >>> Fibras Alimentares Podem Prejudicar a Sua Dieta

    Conclusão:

    Emagrecer não é fácil, e leva tempo! Entretanto, você pode usar dicas para otimizar esse processo torná-lo mais saudável.

    Aproveite sempre novos conceitos, fique sempre ligado no que a ciência diz, mas aprenda a escutar o que o seu corpo diz e tenha cada vez mais resultados, e melhores.

    Bons treinos!

    Whey Protein





    /* */