Glucosamina: Diga Adeus as Dores Articulares

Tempo de Leitura: 4 minutos

Você já sentiu alguma dor articular? Pois bem, se sim, já deve muito provavelmente ter sido apresentado ou, até mesmo sugerido ser apresentado à glucosamina (também conhecida como Glicosamina).

Entretanto, sua eficácia e difusão tem sido tão ampla que, muitas pessoas hoje, antes mesmo de possuírem algum prejuízo articular, são apresentados a esse nome “estranho”.

Desta forma, hoje, vamos conhecer um pouquinho mais sobre esse composto que vem auxiliando não só atletas e praticantes de atividades físicas em geral, mas indivíduos sedentários ou com baixo nível de atividade física, incluindo estes, indivíduos com patogenias tais quais a artrite e a artrose.

O que são Glucosamina, Condroitina e MSM?

A glucosamina e condroitina é uma fração das moléculas que são chamadas de glicosaminoglicanos, empregadas para formar e reconstruir a cartilagem. Já a condroitina e a glicosaminoglicana mais farto presente na cartilagem e é encarregado por sua recuperação.

Existe ainda um outro composto que se chama MSM (metilsulfonilmetano), este suplemento é usado na tentativa de ajudar várias condições, incluindo artrites, alergias e inclusive roncos. O MSM é completamente inodoro, insípido e natural, consistindo num enxofre que é encontrado em todas as coisas vivas.

Para que serve?

Devido ao desgaste que ocorre diariamente e, de maneira natural nas articulações ao movimentarmo-nos ou, simplesmente impor algum tipo de carga sobre as mesmas, os tecidos conjuntivos sofrem um certo prejuízo, porém, parte dele consegue ser naturalmente reestruturado pelo próprio organismo.

Veja :  A creatina é um suplemento que afeta aos rins?

Entretanto, essa regeneração ou reparo acontece de maneira extremamente lenta, quando comparada ao desgaste que é mais presente e também frequente.

Ao acontecer essa degeneração natural, principalmente por enzimas acabam destruindo a própria cartilagem, em um processo natural também, o que ocasiona os conhecidos “buracos” nos ossos. Entretanto, com algumas substâncias, tais quais a condroitina e glucosamina , conseguimos, em parte inibir ou diminuir esse processo.

Sendo um aminossacarídeo, ou seja, um composto formado parte por aminoácido (L-Glutamina) e, parte por polímeros de glicose interligados a estruturas de nitrogênio presentes no aminoácido, a glucosamina é a estrutura de alguns tantos polissacarídeos.

Assim, esta é não só precursora da síntese de cartilagem, mas, estimulante também, fazendo assim, bastante diferença em aspectos, principalmente relacionados à dor.

Aliás, quem já teve algum tipo de dor articular, sabe o quando REALMENTE É UM PROCESSO DOLOROSO, interferindo, muitas vezes até mesmo na vida do indivíduo, impossibilitando-o de realizar determinados movimentos e em determinadas angulações de movimentos.

Mas, quem já sofreu dessa dor e foi medicado de maneira correta com a glucosamina condroitina , também sabe sobre a eficácia do produto, principalmente quando aliado a outros compostos como a condroitina.

Para quem é indicado?

Pertinente aos seus benefícios e particularidades, a glucosamina é indicada para indivíduos que sofrem com artrite e artrose, ou estão começando a desenvolver problemas de dores articulares, devido à prática de exercícios físicos de alto impacto, repetições de movimentos ou até mesmo à idade.

Ela pode ser utilizada também por praticantes de musculação, e outras atividades físicas, para prevenir o desenvolvimento de dores/doenças articulares.

Benefícios da Glucosamina

  • Preserva a cartilagem, ligamentos e tendões, tratando a artrite e artrose;
  • Ajuda a combater inflamações nos discos vertebrais, combatendo dores na coluna;
  • Auxilia no combate a inflamações nas articulações de idosos e no combate de dores no nervo ciático;
  • Melhora problemas circulatórios e digestivos, dependendo do nível;
  • Colabora na falta ou decomposição do líquido sinoval (presente nas articulações);
  • Protege as articulações prevenindo bursites e tendinites.
Veja :  A suplementação exagerada de L-Leucina NÃO é eficaz na síntese proteica

Glucosamina engorda?

Muitas pessoas que tem dificuldades na perda de peso ou até mesmo receio em engordarem, acabam tendo medo de ingerirem ou medicamento novo e obter reações não desejadas, como o ganho de peso.

Entretanto, se a sua dúvida é se a glucosamina engorda, saiba que não! É impossível fazer tal afirmação, uma vez que dentre seus efeitos colaterais esse efeito não está presente.

Além do mais, a glucosamina não manifesta reações negativas ao organismo, como por exemplo; desacelerar seu metabolismo, aumentar o apetite, ocasionar cansaço, causar fraqueza e fadiga, que como consequência poderá causar o aumento da ingestão calórica e a redução do gasto calórico.

Como usar a glucosamina

As recomendações diárias de glucosamina, podem variar de pessoa para pessoa, mas, sabe-se que o mais comum a ser indicado ou prescrito por algum médico é em torno de 1500-3000mg por dia, sendo dividida essa porção em 2 ou 3 tomadas diárias, evitando assim, quaisquer possíveis interações com outros alimentos ou substâncias retiradas deles.

Contraindicações?

A glucosamina, apesar de sua eficácia, merece uma atenção extra, visto que, ela não deve ser usada por pessoas que tem algum tipo de alergia a frutos do mar, em especial os crustáceos.

Diabéticos devem tomar cuidado, pois a glucosamina pode acarretar no agravamento do quadro de resistência a insulina.

Portanto, é importante que os mesmos façam exames de sangue com rotina, com a finalidade de saber se o suplemento alterou o agravou  quadro de resistência a insulina.

Efeitos Colaterais?

De acordo com pesquisas, não existem efeitos colaterais graves quanto ao uso da glucosamina. Entretanto, pode ser que ocorra alguns efeitos como:

  • Desconfortos gastrointestinais;
  • Perturbação no estômago;
  • Azia;
  • Sonolência;
  • Dor de cabeça;
  • Náusea;
  • Diarreia;
  • Inchaço;
  • Prisão de ventre; e
  • Erupção cutânea.
Veja :  Conheça os Melhores Suplementos de Creatina do Mercado (2022)

Porém qualquer um desses efeitos só foram relatos por menos de 1% das pessoas que usaram a Glucosamina. Ou seja, são muitos raros de acontecer e se você seguir a contra indicação e recomendação de uso, muito provavelmente não irão acontecer.

Preço e Onde Comprar

O preço pode variar de lugar para lugar, tanto na forma pronta, quanto na forma manipulada, além do preço variar de acordo com a quantidade de mg por cápsula.

De acordo com pesquisas que realizamos, seu valor pode variar entre R$58,40 a R$124,40. Vale a pena ficar de olho e sempre pesquisar os valores antes de finalizar a compra.

Você consegue encontrar a Glucosamina nas melhores lojas de suplementos da sua cidade, e/ou na internet. É um suplemento liberado pela ANVISA.

Vídeo sobre a Glucosamina:

Assista a um vídeo sobre a Glucosamina e aprenda um pouco mais sobre este excelente suplemento. Não deixe de assistir, pois ele contém informações complementares ao artigo em si.

Conclusão:

Se você, ou alguém que conhece, sofre com dores nas articulações, seja por alto impacto ou por doenças, fica a dica de testar a Glucosamina para tentar amenizar essa dor.

E caso você ainda não sofra, mas realizar trabalhos de alto impactos em sua articulação, saiba que um dia o corpo vai lhe cobrar. Adiante-se a cobrança dele e já comece HOJE a se prevenir, para que você tenha articulações fortes e saudáveis no futuro.