• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • Aprenda Tudo sobre os Pró-Hormonais: O que são, Benefícios, Para que Servem

    Aprenda TUDO sobre os Pró-Hormonais, seus benefícios, o que são, para que servem, efeitos colaterais e MUITO mais, e decida se vale a pena o uso ou não para você!

    Os pró-hormonais atualmente estão entre os suplementos ergogênicos mais discutidos nas academias e na ciência, seja frente a sua eficiência, sua segurança, sua forma de ação ou até mesmo seus efeitos colaterais.

    Entretanto, hoje, estes suplementos estão com tecnologias cada vez mais inovadoras, podendo trazer aos seus usuários, certo grau de credibilidade, diferente do que ocorria no passado e que acabou “taxando” estes suplementos como maléficos.

    Guia dos Pró-Hormonais

    Termogenico

    Mas, o que seriam os pró-hormonais? Como eles funcionam? Quais são seus mecanismos de ação no corpo? Ele traz efeitos colaterais? Existiria um melhor pró-hormonal? Mulheres podem fazer uso destes suplementos ou elas deveriam ficar totalmente distantes dos mesmos?

    Se você deseja aprender um pouco mais sobre essa classe de suplementos a qual gera muitos TABUs, recomendo que leia o artigo até o final, ele está grande, mas completo! Portanto não tenha preguiça e descubra tudo sobre os Pró-hormonais!

    O que são os pró-hormonais?

    Decompondo a palavra “pró-hormonal”, encontramos a primeira parte da composição “pró” e a segunda “hormonal”. A primeira, faz menção a algo que será convertido em algo específico. No caso do segundo termo, fazemos menção aos hormônios. Logo, fica claro perceber que os pró-hormonais são substâncias que não são hormônios, mas que serão convertidos neles.

    Pró-hormonais são substâncias as quais imitam hormônios no corpo e são substâncias que quando ingeridas, tem as mesmas funções de hormônios no corpo. De uma maneira simplória, essas substâncias são convertidas em hormônios no corpo, gerando praticamente os mesmos efeitos da maioria dos esteroides anabolizantes e peptídeos existentes hoje no mundo esportivo.

    Os pró-hormonais podem ser substâncias as quais imitam tanto hormônios esteroides quanto hormônios pepetídicos. Por exemplo, o M-Stane é uma substância próxima ao Stanozolol, enquanto a Laxogenina, próxima da Oxandrolona. Ainda, podemos contar com alguns peptídeos como o MK-677 que é um imitador do hormônio do crescimento (GH).

    Como agem os pró-hormonais?

    Os pró-hormonais agem assim como hormônios no corpo. Apesar de não serem hormônios, eles são convertidos em tais e promovem efeitos relacionados com cada tipo diferente de pró-hormonal, inclusive no que tange os efeitos colaterais que podem ser mais amenos ou intensos.

    Pró-hormonais são substâncias as quais podem ser combinadas entre si com diferentes tipos de substâncias. Assim, em um único produto, pode haver mais de um PH e com isso, torna-lo ainda mais poderoso (e também propenso a gerar efeitos colaterais, especialmente em indivíduos mais sensíveis a tais substâncias).

    Da mesma forma, eles podem agir com compostos os quais auxiliam na manutenção dos resultados, como redutores da progesterona, como o Max-LMG, com a inibição da aromatase, que é a enzima responsável por converter testosterona em estrógeno ou mesmo o Carbopol, que tem a função de otimizar a absorção de algumas substâncias e, da mesma forma, fazer com que elas sejam gradualmente absorvidas.

    Como os pró-hormonais são classificados?

    Assim como várias substâncias, os pró-hormonais também recebem suas classificações frente ao seu grau de eficiência e “poder”. Dito de outra forma, eles podem ser classificados em “classes”, as quais variam de 1 a 4, sendo o 1 o mais leve e o 4, o mais forte.

    Normalmente, pró-hormonais classe 4, somente são utilizados por usuários mais experimentes e costumam combinar não somente uma substância pró-hormonal, mas mais de uma delas, fazendo com que um empilhamento de substâncias ocorra dentro de seu corpo. Portanto não é recomendado a iniciantes.

    Classificação e Tipos de Pró-Hormonal

    Termogenico

    Após o uso dos pró-hormonais, as ações são praticamente as mesmas observadas com os esteroides anabolizantes e peptídeos, incluindo os efeitos colaterais, como a supressão do eixo ou problemas relacionados com a aromatização. E isso faz com que nos remetamos diretamente a sua classe, pois pró-hormonais classe 5 têm muito mais chances de gerar efeitos negativos do que os classe 1.

    CONHEÇA >>> 05 Pró-Hormonais Que Podem Auxiliar em Seus Ganhos Musculares!

    Qual diferença entre Pró-Hormonais e Anabolizantes?

    Estamos falando que os pró-hormonais são substâncias convertidas em hormônios no corpo, não é mesmo? Pensando assim, muitas pessoas devem imaginar que então seria a mesma coisa usar um pró-hormonal ou um anabolizantes, mas na realidade, não é bem assim. Isso porque, os pró-hormonais possuem vantagens e desvantagens quando comparados com anabolizantes. Entre as quais, podemos mencionar:

    Vantagens:

    • São substâncias comercializadas com maior facilidade e não necessitam de receita médica;
    • Não são substâncias injetáveis. Especialmente para pessoas com aversão a picadas e agulhas, esta pode ser uma boa opção;
    • Os pró-hormonais são substâncias de maior controle no pós-ciclo, necessitando de menores e mais simples protocolos;
    • As proteções envolvidas no uso dos pró-hormonais estão normalmente associadas com prevenções hepáticas com o uso de substâncias, tais quais a Silimarina ou o Milk Thristle;
    • O risco de contaminações por aplicações ou aplicações erradas (especialmente aos mais inexperientes) não ocorre com o uso dos pró-hormonais;
    • Os pró-hormonais normalmente possuem protocolos específicos de uso, enquanto isso pode ser muito variável no caso dos anabolizantes.

    Desvantagens:

    • São substâncias altamente hepatotóxicas em sua maioria;
    • Alguns deles necessitam ser ingeridos mais de uma vez ao dia para a manutenção da Meia-vida da substância;
    • Os pró-hormonais são substâncias as quais possuem ações hormonais e ações inibitórias, como a inibição de enzimas responsáveis pela diurese, motivo esse pelo qual costuma-se acumular grandes quantidades de água com o uso de algumas dessas substâncias;
    • Pró-hormonais podem ser facilmente adulterados e vendidos. Isso pode ocorrer com anabolizantes também, mas, as chances e a facilidade de ocorrer com PHs é bem maior.

    Além disso, pelos pró-hormonais serem divididos em 05 classes, dependendo da classe que você pegar, os efeitos colaterais podem ser muito menores e menos potentes do que os dos anabolizantes. Mas também os ganhos musculares, no caso dos pró-hormonais, são muito menores.

    Pró-hormonais X Pré-hormonais

    Você já deve ter visto ambas as palavras e, ainda mais, utilizando a sigla “PH” para ambas, você deve ter achado que estamos falando da mesma coisa, não é mesmo? Porém, estas são palavras distintas as quais trazem conceitos totalmente diferentes. E vale a pena falar sobre eles.

    A primeira delas, traz o conceito já mencionado, de substâncias as quais serão convertidas em hormônios no corpo. Já a segunda nos liga diretamente ao conceito de substâncias as quais são precursoras e/ou estimulantes de hormônios no corpo. É o caso do zinco, do magnésio, ZMA, do ácido D-Aspártico ou da Vitamina D3, os quais são estimulantes da produção e da secreção de testosterona no corpo.

    Obviamente, pré-hormonais são substâncias “naturais” muito menos propensas a gerar quaisquer efeitos colaterais. Na realidade, apesar de até terem impactos no aumento dos níveis hormonais no corpo, este impacto não é extremamente grande como no caso dos pró-hormonais, propriamente ditos.

    Erros cometidos no uso de pró-hormonais

    Se você já acessou algum site procurando sobre pró-hormonais, deve ter se deparado com relatos de pessoas as quais se deram mal com esse uso, ou mesmo de pessoas que contraindicam o uso destes suplementos ergogênicos por X ou Y motivo. A realidade é que isso ocorre não por sua ineficiência, na maioria, mas por erros cometidos pelos próprios usuários.

    O primeiro deles é não observar as próprias condutas de uso, fazendo então superdosagens ou subdosagens. Quando ocorre o primeiro caso, o indivíduo sofre com os efeitos colaterais mais do que tem resultados. No segundo caso, não observa resultados e ainda, muitas vezes sofre algum tipo de efeito colateral.

    O segundo deles é não se atentar a (s) substância (s) presente (s) naquele produto. Existiram no passado várias substâncias que mais geravam colaterais do que resultados ou que faziam muito mal para a saúde do indivíduo. Além disso, poucas dessas substâncias eram de fato conhecidas e o empirismo perdurava mais do que a ciência que se tem hoje em dia.

    O terceiro ponto é que muitos produtos, mesmo bons, passaram por processos de falsificação por empresas “fajutas”. O resultado é que muitos consumiram produtos que nada continham dentro ou que continham outros tipos de substâncias.

    Termogenico

    Sendo assim, essencialmente há uma necessidade de antes de fazer uso destes produtos, pesquisar a fundo o quanto eles podem ser considerados eficientes em seu caso. Além disso, é necessário observar a sua própria resposta ao produto usado e sempre seguir as orientações de uso propostas pelo fabricante, sem negligenciar nenhum ponto.

    É necessário também seguir as orientações de proteções usadas durante e após o ciclo, bem como, observar o que é necessário para o pós-ciclo do mesmo. Se o fabricante não o atenta a estes itens, comece a desconfiar da eficiência e parcial segurança (pois, nunca existirá segurança completa) do produto que está sendo usado.

    Quais os Benefícios com o uso dos pró-hormonais?

    Como mencionado, cada pró-hormonal imita uma substância diferente no corpo e, cada pró-hormonal então, gera um tipo de efeito específico. Porém, de uma maneira geral, costuma-se utilizar os pró-hormonais com as seguintes finalidades:

    • Aumento da massa muscular;
    • Aumento da força;
    • Aumento da resistência;
    • Aumento da recuperação muscular;
    • Redução dos níveis de gordura corpórea;
    • Aumento do balanço nitrogenado positivo no corpo;
    • Entre outros.

    Pró-Hormonal em Cápsula

    Quais pessoas podem usar pró-hormonais?

    Quando falamos de pró-hormonais, temos que entender que estamos falando de substâncias muito próximas aos esteroides anabolizantes. Desta forma, em primeiro lugar, caso você esteja fazendo o uso de algum tipo de medicamento ou mesmo tenha algum tipo de doença, desconsidere por completo o uso de pró-hormonais. Além disso, eles interferem no eixo de produção endógena (natural) de hormônios como a testosterona e jamais devem ser usados por crianças ou adolescentes. Normalmente, o eixo costuma se estabilizar após os 21 anos de idade e, antes disso, você deve aproveitar o máximo de seu potencial genético.

    A maioria dos pró-hormonais serão destinados para os homens, mas hoje já existem produtos destinados para as mulheres os quais podem ser usados por ambos os sexos. Entretanto, com exceção desses produtos, mulheres devem ficar bem longe destes suplementos, uma vez que eles causarão problemas relacionados com a virilização, além de possível infertilidade.

    Termogenico

    Ainda, se você não quer ganhos realmente significativos, não vale a pena utilizar pró-hormonais.

    Pro-hormonais e mulheres

    Assim como os homens, mulheres também sonham em ter um bom corpo, mas infelizmente muitas vezes carecem produtos existentes especificamente para elas. Quando optam por esteroides anabolizantes o resultado estético até pode vir, mas acompanhado de muitos efeitos colaterais. Isso porque, a maioria das substâncias têm alguma relação com a testosterona e outros hormônios androgênicos. Mulheres, entretanto, têm níveis relativamente baixos destes hormônios dentro do corpo, e aumentando  nível deste hormônio, faz com que haja mais riscos de masculinização. E é justamente por isso que elas não devem usar estes produtos.

    Todavia, hoje já existem alguns poucos produtos destinados para mulheres. Por exemplo, hoje já existe o uso da Laxogenina em pró-hormonais femininos, que é uma substância que imita os efeitos da oxandrolona, promovendo um significativo aumento da massa magra, da força e da redução da gordura corpórea. Além disso, outras opções como o MK-677 que estimulam a produção de GH também podem ser usados por elas sem problemas de efeitos colaterais.

    A vantagem maior do uso desses produtos é que eles normalmente não requerem precauções durante ou após o ciclo (TPC) e, desta forma, seu uso é muito mais facilitado.

    Homens também podem fazer uso destes hormônios sem problemas de efeitos colaterais. Assim, se você é homem e tem medo de efeitos colaterais mesmo de pró-hormonais de classes mais fracas, essa pode ser uma opção talvez válida.

    Efeitos colaterais trazidos pelos pró-hormonais

    Como quaisquer substâncias de alta potencialidade e que giram em torno de hormônios são muito propensos a gerar efeitos colaterais e quanto mais poderoso é o produto maiores são as chances de efeitos colaterais.

    No que tange os pró-hormonais, isso não é diferente: De acordo com da substância utilizada, podemos ter diferentes tipos de efeitos colaterais. Porém, a maioria deles podem ser resumidos nos seguintes:

    – Retenção hídrica: Normalmente, a maioria dos pró-hormonais trazem retenção hídrica, especialmente os que inibem enzimas responsáveis pelo processo de diurese. Sendo assim, eles geram um aumento significativo de peso o qual muitas vezes pode ser perdido com o desuso dos mesmos.

    – Queda na produção endógena (natural) hormonal: Assim como os anabolizantes, grande parte dos pró-hormonais, por serem convertidos em hormônios no corpo, fazem com que a produção hormonal passem a produzir menores quantidades naturais destes hormônios e isso resulta em inúmeros problemas para a saúde. Essa supressão pode durar pouco tempo, tempos médios ou pode permanecer, dependendo da resposta de cada indivíduo.

    – Queda de libido e impotência sexual após o uso: Pela baixa produção hormonal natural de hormônios, normalmente, se tem uma significativa queda de libido e, muitas vezes, impotência, após o uso, especialmente se não forem respeitados os protocolos de Terapia pós-ciclo (TPC).

    – Infertilidade: Não é um efeito colateral extremamente expressivo, mas, em alguns indivíduos, pode ocorrer infertilidade devido também a baixa produção hormonal endógena.

    – Hepatoxicidade: A maioria dos pró-hormonais são 17-aa, ou seja, substâncias que passam por metabolização hepática. Eles costumam ser muito tóxicos e, se você não fizer o uso adequado de proteções intra-ciclo, certamente terá problemas desta natureza.

    – Nas mulheres, efeitos androgênicos: Os efeitos androgênicos são todos aqueles relacionados com as características masculinas. Com exceção de Pró-hormonais destinados para elas, a maioria dos outros poderá ocasionar problemas como aumento da região genital, o crescimento excessivo de pelos (inclusive no rosto, peito e axilas), redução das mamas, infertilidade, modificações na voz, entre outros.

    Sendo assim é importantíssimo que você, antes de usar os pró-hormonais, conheça os riscos os quais está se submetendo e trace um custo X benefício sobre eles.

    Usar ou não usar pró-hormonais?

    Diante de todos esses aspectos, você deve estar se perguntando se realmente vale ou não a pena utilizar suplementos PHs.

    A realidade é que, se estamos falando de substâncias tão poderosas quanto esteroides anabolizantes, temos de entender que estes são para quebra de limites genéticos os quais não poderiam ser quebrados sem esses mecanismos. Isso quer dizer que, se você deseja realmente um diferencial, já tentou de tudo (dietas, treinos, tem anos de experiência etc) e mesmo assim não ultrapassa alguns limites, você pode ser um dos indicados a usar PHs. Porém, a maioria das pessoas não querem resultados tão específicos e tão expressivos. Assim, não justifica que elas utilizem PHs simplesmente para ter resultados mais rápidos (que é o que a maioria costuma fazer).

    Pró-Hormonais em Comprimido

    O uso de pró-hormonais deve ser entendido praticamente da mesma forma do que o uso de hormônios sintéticos. Se pensarmos por esse lado, temos de colocar em jogo o que queremos, o que poderemos fazer e o quanto eles podem nos prejudicar ou realmente ajudar. E então, você está realmente pronto (a)?

    Os principais cuidados o usar pró-hormonais

    Existem vários cuidados os quais devem ser tomados com os pró-hormonais, porém, três deles se destacam:

    – Segurança e procedência do produto: É importante que você conheça os princípios do que esteja usando e acredite na marca que está escolhendo. Busque sempre referências e opiniões de quem já usou a mesma.

    – Cuidados intra-ciclo: Especialmente com o tecido hepático, você deve seguir as orientações do fabricante. Utilize os devidos protocolos durante o ciclo para que você não tenha prejuízos com os efeitos colaterais que, podem até ser irreversíveis.

    – Cuidados pós-ciclo: Praticamente todo PH requer protocolos de terapia pós-ciclo as quais JAMAIS devem ser negligenciadas. Elas serão responsáveis por reestabelecer (ou ajudar a reestabelecer) o eixo de produção hormonal endógena, evitando muitos dos colaterais após o uso.

    Conclusão

    Os pró-hormonais são substâncias muito próximas aos hormônios sintéticos e podem gerar tanto ganhos quanto efeitos colaterais próximos a eles. Entretanto, faz-se necessário observar pontos fundamentais caso você opte por usar um destes produtos. Conhecer sua procedência e seus princípios ativos, bem como, os efeitos gerados por eles, será essencial para garantir o máximo de resultados positivos e o mínimo de efeitos colaterais.

    Lembre-se de que, como quaisquer outros processos de otimização corpórea, você deve sempre considerar uma boa nutrição, um treinamento adequado e um bom período de descanso, os quais serão essenciais para consolidar bons e sólidos resultados.

    Bons treinos!

    Termogenico





    /* */