sábado, junho 25, 2022
Promoção Suplementos Mais Baratos
InícioDicas sobre nutrição esportivaA importância de comer de maneira simples

A importância de comer de maneira simples

Tempo de Leitura: 4 minutos

Alimentar-se adequadamente é benéfico não só para o desempenho esportivo, mas também para a manutenção da saúde e da qualidade de vida. Uma boa alimentação, em termos gerais, promove efeitos como: aumento das capacidades físicas, melhora no sistema imunológico, melhora na qualidade do sono, a melhor e manutenção de aspectos cognitivos e assim por diante. Do contrário, a má alimentação pode associar-se a um indivíduo com quedas nos sistema imunológico, quedas energéticas, falta de de vigor e etc.

Mas, da mesma forma em que nutrir-se adequadamente é importante, precisamos de tempo, dedicação e muito jogo de cintura para preparar as refeições diariamente. Com a correria do dia a dia, com os outros afazeres diários, preocupações e necessidades de tempo para descansar, muitos abrem mão dessa nutrição adequada simplesmente porque não tem tempo algum para preparar suas refeições.

Passa-se então a elaboração de alimentos que desprendem tempo de preparo e que ainda deixam a desejar nos quesitos nutricionais. Entre esses alimentos, podemos citar as tais e famosas crepiocas, tapiocas de proteína, manteigas de amendoim com whey protein, brownie e pudins proteicos e assim por diante. E muitos, simplesmente querem inserir essas coisas em sua ROTINA alimentar.

A verdade é que esses alimentos até poderia ter certa aplicação dentro do cenário de um musculador, desde que usados eventualmente. No entanto, coloca-los como alimentos do dia a dia é complicar a dieta e torna-la cara e desmotivante a ser preparada. Por mais que se tenha uma “diferenciação com esses alimentos” é importantíssimo entendermos que a qualidade nutricional DOS ALIMENTOS SÓLIDOS (que não estão relacionados com suplementos alimentares) os ganhos são bem mais evidentes, além e colocarmos em prática algo muito mais simples.

Imagine que em uma primeira refeição, comamos aveia, ovos, castanhas e algum tipo de fruta. Temos uma mescla de carboidratos, uma fonte de lipídios e uma fonte de proteína, e o corpo já vai estar devidamente nutrido com isso. Do contrário, imagine começamos o desjejum com “crepiocas”, pastas, frutas, pães, frios e por aí vai a enorme lista. Além do preço ser muito mais alto, o tempo de preparo também é, e com isso a dificuldade em se alimentar torna-se evidente.

Da mesma forma, imagine em uma refeição próxima do almoço aquelas pessoas que cismam de preparar comidas gourmets e mirabolantes, com mil e um pratos diferentes, enquanto, de maneira simples, poderíamos comer arroz com uma boa porção de carne vermelha magra e alguns vegetais, o que garantiria uma ingestão extremamente adequada de todos os macronutrientes. É simplório, sem os tais “alimentos funcionais”, mas com uma funcionalidade prática que compensa tudo o que essas refeições trabalhadas demais tentam muitas vezes fazer.

É interessante observar que, quanto mais complexa é uma refeição, mais difícil é o seu preparo, uma vez que leva-se tempo para conseguir os nutrientes requeridos pela preparação, leva-se ainda mais tempo para fazer as cocções e o custo dos alimentos da preparação é sempre mais elevado.

Mesmo nas refeições intermediárias (que, na verdade não gosto dessa denominação, pois, vejo-as com igual importância), onde as mesmas devem ser o mais fácil e práticas possíveis, muitos ainda insistem em mirabolâncias.

O motivo de realizarmos simples refeições

Sem sombra de dúvidas, investir em preparações, investir em nutrientes é essencial para quem leva o esporte a sério, afinal como um material de treino ou um sistema de treino, a alimentação também tem de ser feita com a máxima qualidade. Porém isso não quer dizer que você esteja necessariamente fazendo o certo sendo complexo demais.

A maioria das pessoas as quais fazem esse tipo de alimentação complexa costuma ficar saturadas após um longo tempo com essa alimentação, que demanda tempo, demanda criatividade, demanda nutrientes específicos e difíceis (além de caros) de serem conseguidos e assim por diante. Sendo elas saturadas por todos esses processos, fica bastante propensa a desistência e a não consolidação de seus objetivos, sejam eles quais forem.

Obviamente, algo que é difícil demais de se fazer, acaba “enchendo o saco”. Diante de um mundo onde cada vez mais buscamos praticidade, pois mal podemos nos dar ao luxo de sentar e comer com calma, fica difícil  mantermos uma alimentação onde nos consume tanto tempo, tendo de abrir mão de coisas importantes para preparar e/ou consumir nossa refeição.

Grandes atletas de diversas modalidades conseguem bons resultados, pois mantem uma alimentação boa o ano todo, mas boa e simples. Não vemos frequentemente dentro de suas casas, bodybuilders fazendo preparações extravagantes… Normalmente, o velho arroz e/ou batatas e algum tipo de carne… Pela manhã aveias, ovos e frutas, e passam muito bem com isso, além de terem ótimos resultados, o que é o mais importante de tudo isso!

Por isso fique certo que simplificar a alimentação é o melhor caminho. Você irá economizar em tempo, em dinheiro e terá menos chances de errar nos nutrientes. E faça refeição mais complexas, gourmets quando estiver com um tempo maior, pois a ideia também não é aboli-las por completo.

Conclusão:

Fica claro que a importância de uma alimentação simples é que será mais possível de mantê-la. De nada adianta refeições muito elaboradas se em 30 dias você não irá mais conseguir mantê-la, seja por falta de tempo ou de dinheiro. Muito adianta fazer simples e completas refeições durante o dia e deixar as gourmets pra ocasiões especiais.

Boa alimentação!

Artigos Relacionados

2 COMENTÁRIOS

  1. Estou começando musculação na academia agora, e não sei como
    montar um cardápio. queria uma ajuda se possível.
    Meu muito obrigado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui




Enter Captcha Here :

Mais Recentes

Comentários Recentes