• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • Descubra 07 motivos pelos quais você não consegue perde peso!

    Você já tentou de tudo para emagrecer e não consegue? Provavelmente você está cometendo alguns erros que podem estar impedindo seu corpo de perder gorduras/peso.

    Perder peso é o sonho de muita gente! Cada vez mais, frente aos índices de obesidade e sobrepeso da população mundial, pessoas de diferentes idades, sexos, etnias e dos mais diferentes cantos do mundo tem buscado a redução de seu peso corpóreo, seja por razões meramente estéticas ou simplesmente para otimizar sua saúde como um todo.

    Além de fugir dos padrões de beleza atual, a obesidade e o sobrepeso tem grande influência negativa na saúde: Causam doenças sistêmicas, crônicas, metabólicas e de uma maneira geral, fazem com que a qualidade de vida se reduza e muito.

    Termogenico

    Esses fatores de aumento da obesidade se devem a dois principais motivos: O primeiro deles é pela diminuição nos níveis de atividades físicas dos seres humanos: A tecnologia avançada, os meios de transporte, as facilidades do dia-a-dia fazem com que o homem se mova cada vez menos. Antes, para simplesmente se alimentar, ele necessitava ir até o seu alimento, colhê-lo ou caçá-lo. Hoje, facilmente ligamos para um delivery e temos tudo que queremos ali, na porta de nossa casa!

    O segundo motivo é, claro, pela mudança nos hábitos, especialmente alimentares. Pessoas cada vez mais tem se alimentado com itens altamente calóricos, ricos em conservantes e aditivos químicos. Além disso, o consumo assustador de álcool também pode ser considerado uma mudança radical aos tempos modernos.

    Todavia, as políticas que pregam o emagrecimento estão aí, a sua volta: Propagandas televisivas, propagandas em jornais e outros veículos de mídia, pessoas que vendem produtos ou serviços, clínicas de estética, spas entre outros vários métodos. Mas, mesmo com o crescente aumento desses inúmeros e intermináveis métodos, não temos percebido uma redução nos níveis de obesidade, mas sim, um relativo aumento. E, você já se perguntou o porque disso? Ao menos, você já se perguntou porque VOCÊ MESMO  não consegue perder peso de maneira suficiente ou ainda, porque sempre sofre os mesmos efeitos rebote?

    Se você já tentou de tudo para emagrecer e, mesmo assim não consegue, algum desses pequenos itens a serem listados podem estar fora do ajuste ideal em sua rotina e, por conta deles, por menores que pareçam ser, é que você deixa de ter os resultados que tanto quer e se esforça para ter. Portanto, que tal conhecê-los?

    1. Você está praticando aeróbios demais

    Muitas pessoas associam a prática de exercícios aeróbios com a perda de peso corpóreo e, se fato eles podem assim ser interligados uma vez que possuem a capacidade de desprender grandes quantidades energéticas do corpo durante sua prática e aumentar, mesmo que pouco o EPOC (consumo de oxigênio pós-treino), o que, claro, desprenderá energia.

    Todavia, os aeróbios podem ser uma faca de dois gumes. Se, por um lado eles queimam calorias, por outro, grandes quantidades de hormônios altamente catabólicos são secretados durante sua realização. Entre eles, podemos mencionar o cortisol e as catecolaminas (noraradrenalina, adrenalina etc). Esses hormônios, apesar de lipolíticos (que queimam gordura), são também catabólicos à massa muscular.

    Mas, você deve estar se pensando: E qual o mal nisso? E a resposta é simples: O tecido muscular é o principal responsável por seu gasto energético diário. Assim, quanto mais massa muscular se tem, mais se consegue queimar calorias naturalmente. Porém, se essas quantidades de massa muscular são forem reduzidas, sim, você terá quedas metabólicas.

    Além disso, o corpo torna-se resistente aos exercícios aeróbios se eles forem frequentemente realizados e, claro, por longos períodos. Assim, mesmo que forem intensos, eles não terão uma boa efetividade em seu corpo.

    Portanto, saber dosar as quantidades de aeróbios é essencial para associar seu programa a um bom treino de musculação. Lembre-se de que tudo que ocorrer em excesso, será prejudicial ao seu corpo.

    2. Você está negligenciando o consumo de verduras e legumes

    Whey Protein

    Verduras e legumes são não somente ricos em vitaminas e sais minerais, mas ainda, são importantíssimas fontes de fibras alimentares para o corpo.

    As vitaminas e os sais minerais são indispensáveis para o funcionamento do metabolismo, visto suas funções de cofatores enzimáticos e de reações diversas.

    Já as fibras alimentares, solúveis ou insolúveis, são também fundamentais no trânsito intestinal, no controle da glicemia pós-prandial e, principalmente no controle da saciedade. Sim, você sentirá menos fome comendo mais verduras e legumes simplesmente pelo fato de que seu estômago será ocupado em grande quantidade, causando um estiramento da parede gástrica e também por estes alimentos terem uma digestão mais lenta e também retardarem a digestão de outros alimentos.

    E já que verduras e legumes não possuem grandes quantidades calóricas, então, podem ser consumidos com um pouco mais de liberdade.

    Muitas pessoas querem fazer dieta, mas não se dão ao luxo de comer esses alimentos. O resultado é que passam a ter fome constantemente e ainda, ficam deficientes em micronutrientes. De uma forma ou de outra, isso será prejudicial para uma perda saudável de gordura e, muitas vezes, aquela desistência sua é por conta dessa negligência.

    3. Seu treino está submáximo

    Tem gente que vai para a academia e parece que está brincando! Ora! Se for para brincar, que BRINQUE SÉRIO!!!

    Sem sombra de dúvidas, o treinamento é essencial no emagrecimento. Mas, muitas pessoas treinam sem vontade, treinam sem vigor e não fazem o seu máximo. Isso resulta em nada mais do que perda de tempo! Isso é o que chamamos de treino submáximo (ou seja, abaixo do seu máximo).

    Se o seu corpo não tem estímulos suficientes para progredir ou para ser estimulado a progredir, como você espera ter algum tipo de evolução? Isso é, teoricamente, impossível.

    Treinar sério é dar o seu máximo em cada série, em cada repetição. Se você, simplesmente, se limita a ir, fazer um X de repetições com uma carga leve e ficar conversando com seu amigo (a) ou com aquela pessoa que você nem conhece e que quer treinar sério, é melhor que FIQUE EM CASA!

    Termogenico

    Muitas pessoas não gostam da musculação em si e, não há nada de mais com isso. Porém, elas devem aderir a práticas físicas as quais possam trazer benefícios e ao mesmo tempo, possam ter um caráter lúdico e prazeroso. Certamente assim, conseguirão se sentir motivadas a buscarem sempre melhorar e jamais deixarem o esporte de lado.

    4. Você está se importando apenas com a balança

    Um grande erro no emagrecimento é se importar apenas com a balança. Apesar de ela ser uma ferramenta útil em alguns casos, ela não representa se você está tendo bons resultados ou não.

    Na verdade, ela apenas mensura a sua massa sob determinada gravidade. Mas, massa essa que é total (músculos, ossos, gordura corpórea, órgãos etc). Porém, quando falamos na perda de peso, falamos na perda de gordura corpórea e é incontestável que seja necessário que o indivíduo perca ela e não outros tecidos de seu corpo.

    Sendo assim, quando você passa a querer sempre reduzir o peso, mas, mesmo assim não vê resultados, a resposta para isso é que você não está mais perdendo gordura, mas sim, massa muscular, por exemplo. Assim, você até vê o peso reduzir, mas, não vê mudanças no espelho. Passa a reduzir cada vez mais as calorias, restringir cada vez mais a dieta a troco de somente muitas vezes tornar o quadro ainda mais agravado.

    Assim, se você quer ter uma boa ideia do quanto está ou não sendo efetiva a sua perda de peso, comece a fazer avaliações físicas para checar sua quantidade de gordura corpórea e, principalmente, use o espelho como um melhor guia, afinal, quando olhamos para um bom corpo, não queremos saber se ele tem 70kg, 80kg ou 100kg, mas sim, se ele está aparentando aspectos de beleza ou não.

    5. Você sempre está utilizando os mesmos métodos aeróbios

    Whey Protein

    Os exercícios aeróbios, como mencionado anteriormente, podem ser aliados importantes no emagrecimento. Logicamente, como coadjuvantes, mas, não podemos desconsiderá-los em muitos casos.

    Porém, se você muda seu treinamento de musculação de tempo em tempo, justamente pelo fato de que seu corpo se adaptou aqueles estímulos e não está mais progredindo, por que não fazer o mesmo com os treinamentos aeróbios? Assim como os treinamentos resistidos com pesos (musculação), o corpo tende a se adaptar a determinados estímulos e com isso passa a não progredir mais.

    Suponhamos que, por exemplo, você corra 5km por dia em 60 minutos. Então, depois de uma semana fazendo isso, você verá uma facilidade maior. Então, é justamente aí que você tem de agir e tentar, por exemplo, fazer os mesmos 5km em 55 minutos. Ou ainda, correr nesses mesmos 60 minutos 6km…

    Porém, mesmo fazendo essas alterações, pode ser necessário que você modique seu sistema de treinamentos aeróbios. Na musculação, por exemplo, existem muitas metodologias de treino, como o Heavy Duty, SST, MAX-OT etc…

    Da mesma forma, no seguimento aeróbio também você pode encontrar diversos tipos de treinamentos como, o HIIT, trabalhos aeróbios prolongados e assim por diante.

    O importante é sempre promover o máximo de mudanças ao seu corpo. Lembre-se de que quanto mais mudanças você fizer, estimulando-o a responder de diferentes maneiras e formas, mais ele terá de se adaptar aos estímulos e, portanto, mais irá progredir. E é claro, sempre procure incrementar intensidade em seus treinos.

    6. Você está com problemas hormonais

    Grande parte das pessoas pensam que elas não emagrecem porque tem algum tipo de problema hormonal, como os da famosa glândula tireoide.  Entretanto, os dados nos mostram que cerca de apenas 5% dessas pessoas de fato tem algum descontrole hormonal, que pode variar desde problemas hormonais relacionados com hormônios sexuais, com hormônios que controlam o metabolismo e assim por diante. A grande maioria, na verdade, está é cometendo erros em seus protocolos dietéticos e de treinamento.

    Porém, como mencionado, ainda existe esses 5% e eles não podem ser desconsiderados em hipótese alguma, tanto porque, descontroles hormonais podem matar!

    Problemas relacionados com a tireoide, podem fazer o peso corpóreo subir muito, assim como outros hormônios tais quais a insulina (resistência à insulina, por exemplo), com o estrogênio, com a progesterona, entre outros.

    Esses hormônios precisam ser avaliados por um especialista (endocrinologista) e precisam ser ajustados. Do contrário, de fato, por mais que estejam certos seus protocolos dietéticos e de treinamento, você não conseguirá ter resultados.

    Portanto, tendo ou não desconfianças de tais problemas, é sempre importante precaver-se deles, com a realização de exames periódicos e um bom acompanhamento médico. Lembre-se de que, muitas vezes, esses problemas se tornam graves não por sua existência, mas sim, por sua falta de cuidados específicos.

    7. Você tem comido por gula, não por necessidades metabólicas

    Há centros do corpo os quais regulam o apetite fisiológico, ou seja, nos alertam de quando é necessário comer, porque o corpo está carecendo por nutrientes e, mais especificamente por energia.

    Porém, o fato de nos alimentarmos envolvem também questões psicológicas, afetivas, emocionais etc. E isso não pode ser desconsiderado. Quantas, vezes, por exemplo, você não comeu um pedaço de chocolate porque estava triste ou ainda, foi a um rede de Fast Food só pra acompanhar os amigos? Claro, claro… Isso não era fome, de fato!

    O problema é que quando comemos por gula ou por algo que não seja nossas necessidades fisiológicas, estamos, simplesmente, deixando de perder a quantidade de gordura que deveríamos, ou ainda, prejudicando nossos resultados como um todo.

    Assim, procure sempre seguir protocolos precisos e observar o que você PRECISA comer e não o que você QUER comer.

    Conclusão:

    Perder peso não é difícil, mas difícil é que esse peso seja perdido de gordura corpórea e, da forma correta. Portanto, quanto menores forem os erros cometidos por você em seus protocolos, muito provavelmente serão melhores (e mais rápidos) os seus resultados, trazendo melhorias ao físico, à mente e à saúde.

    Bons treinos!

    Whey Protein





    /* */