Publicado em 60 comentários

Musculação na adolescência atrapalha no crescimento?

Promoção Suplementos Mais Baratos
Tempo de Leitura: 3 minutos

Um adolescente simplesmente tem seu crescimento atrapalhado se realizar musculação? Mito? Verdade? Até que ponto a musculação interfere no crescimento?

Será que musculação para adolescentes ou crianças realmente pode interferir no crescimento? Isso é algo bom ou ruim?

O crescimento talvez seja o fenômeno do corpo humano mais estudado durante todo tempo. O homem sempre teve a curiosidade de saber os fatores que compunham e compõe o crescimento, o desenvolvimento, a mineração óssea e a resistência que o corpo adquire com essas novas caraterísticas. Muito se fala sobre musculação na adolescência e/ou infância e os possíveis males que a mesma pode trazer. Porém, nos últimos, digamos, 10 anos isso tem sido muito discutido e estudado, sendo muitos mitos jogados na lata do lixo.

O osso é um tecido rígido mineralizado que pode ser dividido em cortical (superficial) e trabecular. (profundo) e compõe cerca de 80% do esqueleto.
Assim, sabemos que o osso cresce por meio do sistema endócrino e de importantes hormônios e fatores de crescimento (GH, IGFs) através de uma estrutura em suas extremidades denominada epífise, a qual se consolida com o passar do tempo, impossibilitando o crescimento. Esse crescimento é tido como vertical. Já o crescimento em largura é feito através do tecido ósseo que recobre toda a estrutura dos ossos.

Musculação-adolescência

Com o decorrer da vida, os ossos passam por um processo chamado “remodelagem”, no qual confere densidade óssea e massa para o mesmo, conferindo assim resistência. E sabe-se que isso é extremamente derivado a compressões que acontecem nos ossos. Schultheis em 1991 já relatava a musculação como potente estimulante mecânico para esse fim.

Por fim, não podemos deixar de citar também a remodelagem que acontece vagarosamente, na maioria dos casos, durante a vida, reparando, por exemplo, lesões ou recompondo o tecido desgastado por impactos. ou seja, a ativação dos osteoclastos leva a reabsorção óssea e as ações dos osteoblastos reconstroem a matriz óssea, levando a nova mineralização do tecido.

Veja :  Mask Training: Esse método pode auxiliar ou interferir em seus treinamentos?

E é durante a adolescência que temos maior ganho ósseo, na chamada fase de estirão, onde os hormônios estão realmente a flor da pele, em picos de atividade, gerando as mais diferenças modificações no indivíduo que, normalmente resultarão por toda sua vida. E esse crescimento é principalmente determinado pelas características genéticas herdadas (impossibilitando em condições normais de pais baixos com avós baixos, terem filhos altos, por exemplo).

Em segundo e não menos importante, não podemos deixar de lado a dieta que, fornece substrato suficiente para que haja os diferentes tipos de material para que o crescimento ocorra normalmente, potencializando as características genéticas.

A força gravitacional (externa) e a contração muscular (interna) são duas forças mecânicas primárias aplicadas na estrutura óssea ao longo da vida desde o nascimento. Estas forças incidentes sobre o esqueleto induzem reestruturações ósseas específicas conforme suas intensidades, tanto no sentido longitudinal (vertical) quanto transversal (horizontal), sob a forma de tração, compressão, deslizamento ou torção. (USP, Revista Mackenze, SP). Desta forma, os exercícios aeróbios não possuem, nesse fator, a mesma vantagem de exercícios com compressão, como a musculação. Aliás, alguns estudos demonstram maior densidade óssea em fisiculturistas do que em atletas de outras modalidades como nadadores e corredores.

Comparando a musculatura esquelética então, com as células ósseas, podemos traçar um paralelo sobre o stress gerado nas mesmas e capacidade de recuperação e de refazer os tecidos danados pelo exercício ou pelo dia-a-dia. E isso também envolve plenamente o sistema endócrino, visto que o exercício físico também o estimula. Aliás, lembre-se que durante a atividade física até mesmo os níveis de GH tendem a ser maiores.

E, apesar dos estudos ainda serem relativamente novos, temos de concordar dos diferentes benefícios que a musculação adequada e prudente no caso de crianças, traz, além do crescimento, como força, desenvolvimento endócrino otimizado, melhoria no sistema cardiovascular, melhora na sensibilidade à insulina etc.

Veja :  Musculação na adolescência atrapalha no crescimento? Pt2

[VÍDEO] MUSCULAÇÃO NA ADOLESCÊNCIA

Que tal saber ainda mais? No vídeo a seguir, gravado por , para o nosso canal no YouTube, você vai ter muito mais informação sobre esse assunto tão importante que é a musculação na adolescência. Vale a pena assistir até o final!

60 comentários sobre “Musculação na adolescência atrapalha no crescimento?

  1. tenho 15 anos e acho que quando eu comecei a fazer cademia atrapalhou meu crescimento estou…
    certo ou errado

    1. Você está errado, Maicon. Isso é um mito bem antigo, já existem diversos artigos científicos que demonstram que treinamento na adolescência não atrapalha crescimento (não fecha as epifises osseas)

  2. Tenho 13 anos, faço academia desde os 12, normalmente treino pesado, desde que eu faça os movimentos corretos não tem problema?Não vou parar de crescer?

    1. Tudo bem, Igor?
      A questão de se parar de crescer com a musculação é um mito já derrubado há tempos. Antigamente, achava-se que o treino de musculação poderia ajudar no fechamento das epífises ósseas. Mas a ciência provou que o treino deveria ser muito intenso/tensional (altas cargas) para que isso acontecesse e um iniciante na musculação não tem condições de realizar um treino assim.
      Tenha em mente, sempre, que a execução vem antes das cargas. E sempre peça orientação pra um professor qualificado!

  3. Não sou especialista na área, mas para mim atrapalha sim ! Tenho 1.90m e meus pais não são altos. Passei a juventude toda fazendo basquete e, vejo literalmente, a diferença dos meus amigos que não praticaram exercícios de alongamentos. Pelo sim, pelo não, acho melhor não arriscar molecada ! Vão nadar para adquirir ombros largos e quando forem malhar, terão um shape bem mais bonito !

    1. Você está equivocado, precisa se atualizar. Não precisa ser especialista, apenas acompanhar os estudos mais recentes sobre esse assunto.

  4. Eu agora tenho 14 anos e tenho 1,66m e este ano de 2017 vou fazer 15 anos, e eu comecei a malhar com 12 anos e nessa época tinha 1,56m e eu continuei crescendo, é bom que tenham sempre alguém a seu lado mais velho e mais experiente e também é bom vocês terem uma alimentação saudável, e eu também alongava muito e isso ajuda muito, é isso aí galera. Tmj é nois!

  5. Pode malhar com 12 anos sem atrapalhar o crecimento

    1. Leia o texto

  6. Olá eu tenho 14 anos comecei na academia com 13 vou completa 1 ano agora em maio e todos da academia quando descobrem a minha idade começam a dizer ” nossa você não vai crescer mais se você continua treinando ” então comecei a pesquisa sobre isso e são poucas site que dizem que musculação impossibilita de crescer hoje com 14 anos consigo pegar 25 Kilos no supino de cada lado leg press aguento 220 fazendo o movimento correto sem rouba então eu acho que devi ser por isso que a maioria da academia começa a dizer que eu não vou crescer que elas ver vc evoluindo cada vez mais e elas tentam fazer vc cair fazer vc parar de treina então eu resolvi não ligar para o que as pessoas dizem

  7. eu tenho 12 anos e faço, mas nao academia só o basico de flexão e abdominal, isso vai atrapalhar o crescimento?

    1. Uma excelente pergunta … leia o texto pra obter a resposta!

  8. Olá tenho 12 anos eu malho já faz alguns meses tenho abdômen definido se eu continuar assim vai dificultar o meu crescimento

    1. Musculação não atrapalha no crescimento, muito pelo contrário. Esse mito já caiu por terra faz muito tempo. Você pode aprofundar seu estudo lendo o texto e entendendo as bases fisiológicas de funcionamento do crescimento ósseo.

  9. Olá, tenho 15 anos e comecei a malhar com 13. Comecei a pegar um pouco mais de carga no final dos meus 14 anos. Meu irmão é alto, cerca de 1,84. Já eu tenho 1,71. Faço diversas atividades alem de musculação, corro, pedalo, pratico motocross e ocasionalmente, nado. Meus pais não são altos, cerca de 1,76, meu pai, e cerca de 1,68 a minha mãe. Estou crescendo normal? Ou teve algum tipo de interrupção durante esse periodo?

    1. Luis, a musculação não atrapalha no crescimento. Isso é um mito que já ficou pra trás há muito tempo.

  10. Olá, tenho 13 anos e vou completar 14 daqui a 4 meses e tenho 1,61 de altura.. Estou com medo de ficar baixo, pois faço academia moderadamente e consegui me definir fazendo corrida e aerobicos com uma alimentção boa. Até quando vou crescer? pois meus pais são baixos e eu sou da altura do meu pai. Vou crescer quantos cm aproximadamente ainda?

    1. A musculação, sendo bem executada e acompanhada, junto de uma boa alimentação, não irão afetar o seu crescimento. Mas saber quantos centímetros você ainda vai crescer, é impossível, talvez o seu médico Pediatra possa te dar essa prévia. Mas se você ainda tiver que crescer mais, irá crescer.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :