Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas.

Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

X
HomeFarmacológicosEsteróides anabolizantesDeca Durabolin (Nandrolona): O Anabolizante Mais Utilizado no Mundo!

Deca Durabolin (Nandrolona): O Anabolizante Mais Utilizado no Mundo!

Conheça melhor um dos Esteroides Anabolizantes mais Utilizados do Mundo para aumento de massa muscular e força, a Nandrolona, mais conhecida como Deca Durabolin!

ciclo-nandrolona-deca-durabolin


Um dos mais famosos ciclos presentes no Brasil, conhecido como o “arroz com feijão” dos anabolizantes, é a mistura de testosterona com nandrolona, geralmente sendo eles o Durateston e a Deca Durabolin (Nandrolona). Este é um dos ciclos mais comuns no Brasil, mas também é um dos ciclos mais utilizados no mundo inteiro por atletas e amadores há anos.

formula dos gigantes

Levando em consideração que a testosterona é um esteroide anabolizante presente em quase todos os ciclos para homens, nos resta entender um pouco mais então, sobre a Nandrolona, que é um dos esteroides mais populares no mundo inteiro, especialmente no meio do fisiculturismo.

Mas, afinal, o que seria a Nandrolona? Ela seria a mesma coisa do que a conhecida Deca Durabolin? Quais são seus efeitos? Ela possui efeitos colaterais? Em quais tipos de situações ela é indicada? E mulheres, podem fazer uso deste esteroide?

Se você tem dúvidas a respeito da nandrolona, quer conhecer um pouco mais sobre ela e, principalmente, entender quais são seus mecanismos de ação e seus possíveis efeitos colaterais, este artigo, certamente é dedicado para você.

O que é a Nandrolona?

A nandrolona é um dos esteroides anabolizantes mais populares no mundo inteiro e foi criada inicialmente para tratar quadros de desnutrição e algumas carências específicas do corpo. Entretanto, percebeu-se que ela poderia ser altamente eficiente no incremento de performance esportiva também e, logo passou a ser utilizada no mundo esportivo.

A primeira síntese de nandrolona ocorreu nos anos 60 pela empresa Organon, mas somente começou a ser encontrada no mundo inteiro a partir de 1962. Inicialmente, seu primeiro éster foi o de fenilpropionato, gerando então o Fenilpropionato de Nandrolona, ou o NPP. Mais tarde, percebeu-se a necessidade de incrementar um éster com meia-vida mais longa para a substância e, com isso, criou-se a Deca Durabolin, cujo éster é o decanoato. Apesar de existirem outras formas de nandrolona e outras criações, sem sombra de dúvidas, até os dias de hoje, a Deca Durabolin (decanoato de nandrolona) é o mais conhecido, mais comercializado e mais utilizado.

Frasco de Deca Durabolin

A nandrolona é um 19-nortestosterone (19-nor). Isso significa que, quando comparada com a molécula original de testosterona, ela possui um carbono a menos na posição 19.

Ela é um pouco mais anabólica do que a testosterona e muito menos androgênica. Para se ter idéia, enquanto o ratio de androginismo da testosterona é de 100, a nandrolona possui apenas 37. Isso se deve ao fato de que a nandrolona não é convertida em DHT (Dihidrotestosterona), mas sim, em DHN (dihidronandrolona). Apesar disto, ela possui cerca de 20% mais chances de aromatização do que a testosterona e pode elevar os níveis de progesterona, que pode trazer alguns efeitos colaterais.

Esta é uma substância usada especialmente em ciclos de offseason/bulking, pois ela incrementa altas quantidades de peso, adiciona força ao indivíduo e o auxilia em seu crescimento muscular. Entretanto, ela é justamente usada no período de offseason porque traz consigo efeitos como a retenção hídrica. Ainda, ela é bastante usada no offseason porque proporciona altas taxas recuperativas ao corpo, fazendo então com que possa proporcionar efeitos terapêuticos e auxiliar nos processos adaptativos do corpo.

Os Benefícios do decanoato de nandrolona (Deca Durabolin)

A deca durabolin pode trazer muitos efeitos positivos ao praticante de musculação e, claro, ao atleta profissional. Entre eles, podemos mencionar:

– O aumento da síntese protéica

Como qualquer outro esteroide anabolizante, a deca durabolin possui a capacidade de aumentar significativamente a síntese proteica. Ela aumentar de maneira expressiva a retenção de nitrogênio nos músculos, tornando o ambiente muito mais anabólico. Levando em consideração que, cerca de 16% do tecido muscular é composto por nitrogênio, há uma relevância em manter esses níveis pelo menos estáveis.

– Aumento nos níveis de colágeno e da densidade óssea

Durante o uso da deca durabolin (nandrolona), observa-se um incremento na produção de colágeno pelo corpo e também um aumento na densidade mineral óssea. Isso é excelente, pois conseguimos prevenir e até mesmo tratar problemas musculoesqueléticos. Levando em consideração que, especialmente no offseason, o uso de cargas mais elevadas é comum, esta pode ser uma interessante estratégia preventiva de danos. A nandrolona foi, e ainda, é bastante utilizada na prevenção e/ou no tratamento de danos articulares, de tendinites entre outros.

– Reduz os níveis de hormônios glicocorticoides

Sabemos que os hormônios glicocorticoides como, por exemplo, o cortisol, são essenciais para a vida e sem eles não podemos sobreviver. Entretanto, níveis elevados de cortisol podem ser muito prejudiciais ao corpo, especialmente porque eles reduzem o armazenamento de glicogênio intramuscular e também são altamente catabólicos para a massa magra. Assim, eles tendem a se elevar com a prática de musculação intensas. Sendo assim, um controle desses hormônios é altamente indicado para quem deseja bons resultados no aumento de massa magra.

A deca durabolin, ou nandrolona, consegue reduzir a produção e secreção desses hormônios (que, por sinal, desencadeiam processos inflamatórios e prejudicam a recuperação como um todo, além de enfraquecerem o sistema imunológico).

– Aumento nos níveis de IGF-1

O IGF-1, ou fator de crescimento semelhante à insulina 1, é um hormônio produzido e secretado pelo fígado em resposta ao GH. Este é um hormônio altamente anabólico e indispensável para o aumento da massa magra, pessoas com baixas neste hormônio, inclusive, sofrem de grande perda de massa magra.

Quando conseguimos otimizar a produção e a secreção deste hormônio, torna-se possível aumentar a síntese proteica e promover maior anabolismo ao tecido muscular.

– Aumento nas células vermelhas

As células vermelhas são as principais responsáveis pelos processos de oxigenação do corpo. Pessoas com baixas nessas células, normalmente desenvolvem quadros de anemias. A Nandrolona não somente auxilia em quadros de anemia, mas ajuda a incrementar performance em pessoas saudáveis, visto que com uma maior disponibilidade destas células, consegue-se uma melhor oxigenação dos diferentes tecidos do corpo.

– Aumento no aproveitamento de nutrientes pelo corpo

Sendo usada para o tratamento de doenças como o HIV ou mesmo a anemia, a deca durabolin aumenta expressivamente o aproveitamento de micro e de macronuteientes pelas células, otimizando o perfil nutricional do indivíduo.

– Aumento de força

A deca durabolin, por auxiliar no aumento da massa magra e auxiliar na maior disponibilização de nutrientes e sínteses ao corpo, promove em pouco tempo expressivos aumentos de força. O que poderão fazer com que seus treinamentos tenham ainda mais intensidade.

O ciclo de nandrolona

A deca durabolin, como mencionado anteriormente, é uma droga que é mais usada no período de offseason por suas características, especialmente relacionadas a retenção hídrica. Normalmente usada para o aumento de peso em ciclos mais longos, ela é combinada sempre com uma testosterona, pelo menos. Isto porque, ela é altamente inibidora do eixo HTP (hipotálamo-pituitária-testicular), e caso a testosterona não seja usada, você correrá o risco de ter impotência sexual, queda na produção de esperma e até aromatização.

Ela ainda pode ser combinada com outras substâncias sinérgicas como a boldenona, a oximetolona (Hemogenin) ou mesmo a Dianabol. Porém, tudo variará de acordo com cada pessoa e com as respostas individuais às combinações. Não convém misturar a deca durabolin com drogas que proporcionam maior qualidade muscular como o stanozolol, o propionato de drostanolona (masteron) ou o Primobolan.

Aplicação da Deca Durabolin

Mesmo em períodos de melhora da definição muscular e da redução da gordura corpórea, a nandrolona pode ser usada por alguns indivíduos mais geneticamente beneficiados a fim de lubrificar articulações e prevenir danos. Porém as dosagens serão bem menores.

A deca durabolin, normalmente é usada em dosagens de pelo menos 200mg/semanais sendo feita duas aplicações na semana para manter estáveis seus níveis na corrente sanguínea. Já no caso de apena usá-la como preventiva a danos articulares, doses de 25mg-50mg já suprem bem este papel. Ciclos de nandrolona devem ter pelo menos 8 semanas, visto seu éster que é relativamente longo. Ciclos menores do que estes geralmente serão ineficientes para um bom aumento da massa magra.

Dosagens mais avançadas giram em torno de 300-400mg por semanas, entretanto, não é incomum vermos profissionais que utilizam doses iguais ou ainda maiores do que 1000mg na semana. Porém, isto não deve, em hipótese alguma, ser feito por pessoas com pouca experiência. Além disso, a combinação com superdoses de testosterona será necessário para manter as funções deste hormônio.

As mulheres podem, em alguns casos, fazer o uso da nandrolona, porém elas devem ter bastante experiência e realizado alguns ciclos anteriores. Mesmo assim, elas devem conhecer seus efeitos colaterais virilizantes e estarem cientes dos riscos que correm, além do aumento brusco de peso, o que pode causar um mal estar em algumas mulheres. As doses mais comuns entre mulheres costumam ser entre 25-50mg na semana, apenas.

Em todos os casos, a nandrolona não é usada com dietas hipocalóricas (baixa ingestão de calorias), mas sim, dietas as quais visam aumentar o peso corpóreo. Seria irrelevante usar a nandrolona em grandes doses para períodos onde você está com restrição energética. Portanto, lembre-se de que este é um esteroide que necessitará de boas quantidades de substratos para ter seus efeitos visíveis.

Como utilizar o esteroide anabolizante Deca Durabolin corretamente?

O mais correto para se usar anabolizantes é procurar ajuda médica, que poderá lhe indicar os exames necessários, as doses, o tempo e fazer o acompanhamento. Porém no Brasil são RAROS os médicos que receitam esse tipo de anabolizantes para pessoas comuns (que não são competidores e etc), por conta da máfia dos Suplementos.

Fórmula dos Gigantes

A máfia dos suplementos quer que você acredite que os anabolizantes fazem mal e por isso as matérias em jornais e revistas só falam sobre isso, desfavorecendo o uso assim, como os médicos (que são pagos por eles) te fazem acreditar nisso.

Porém chegou uma pessoa no Brasil disposta a por a cara a tapa e ensinar como utilizar corretamente os anabolizantes, de forma a aumentar a massa muscular e não prejudicar a sua saúde. É o Ricardo Oliveira e ele criou o Programa Fórmula dos Gigantes, onde ele explica DETALHADAMENTE como utilizar os anabolizantes para aumento de massa muscular e como se proteger durante e após o uso.

CLIQUE AQUI e conheça o Programa Fórmula dos Gigantes, que possui Ciclos de Deca e muitos outros anabolizantes. Pare de gastar dinheiro com coisas que não vão te fazer ganhar massa muscular e confie em quem sabe o que diz.

Efeitos colaterais da deca durabolin

Apesar de ser uma droga relativamente segura e mais amena do que outras várias, como quaisquer outros esteroides anabolizantes, a deca durabolin possui sim efeitos colaterais e você deve conhece-los bem para se prevenir ao máximo. Entre os principais, ressaltamos:

– Efeitos estrogênicos

A deca durabolin se converte muito pouco em estrógeno, e isto é um fato. Porém, ela pode fazer com que haja aromatização por outros mecanismos.

Quando levamos em consideração o aumento nos níveis de estrógeno, temos de considerar colaterais como: a ginecomastia (aumento da glândula mamária em homens), o aumento da retenção hídrica (intramuscular e subcutânea), a redução nos níveis de testosterona livre, entre outros. Porém, nestes casos, normalmente consegue-se controlar bem estes efeitos com o uso de anastrozol ou algumas vezes com o próprio tamoxifeno, caso a sua aromatização seja algo mais específico.

– Aumento nos níveis de prolactina

Um colateral muito relevante e que não pode ser desconsiderado frente ao uso de nandrolona é que ela é uma droga que aumenta os níveis de progesterona no corpo. Como sabemos, em homens, isto pode gerar problemas como a ginecomastia, queda de libido e perda da função de ereção.

É sempre importante fazer um bom monitoramento da progesterona em seu corpo e perceber sua sensibilidade e aumento frente as dosagens utilizadas de nandrolona.

– Efeitos no sistema cardiovascular

A Nandrolona é mais danosa ao HDL do que quando comparada com a testosterona. Todavia, ela não é considerada como altamente prejudicial ao sistema cardiovascular. Entretanto, indivíduos mais sensíveis devem ficar atentos a possíveis alterações.

Outro ponto a ser observado no que tange o sistema cardiovascular é que a nandrolona pode aumentar os níveis de retenção hídrica e com isso fazer a pressão arterial se elevar. Pessoas as quais já tenham problemas de hipertensão ou tendências, não devem fazer uso dela. Mesmo indivíduos saudáveis devem ter ciência da necessidade de controle do sódio e da ingestão de água na dieta.

– Efeitos androgênicos

A deca durabolin não é uma droga muito androgênica. Como mencionada, ela é quase 1/3 do que é a testosterona, porém isto não quer dizer que em alguns casos não existam estes efeitos. E, no caso da nandrolona, é importante deixarmos claro que o uso de finasterida, ou outros inibidores de DHT, não adiantarão, visto que a nandrolona se converte em DHN e não em DHT.

Efeitos relacionados com a androgenidade podem resultar em acne, pele oleosa, queda de cabelo etc.

Já nas mulheres, ocorrerá o que chamamos de virilização, que é a aparição de características masculinas, como: o engrossamento de voz, o aumento na quantidade de pelos, a calvice e etc. A melhor forma de evitar esses efeitos em mulheres é mesmo com o controle das dosagens de acordo com a sensibilidade.

– Supressão na produção natural dos níveis de testosterona endógenos

A deca durabolin suprimirá 100% da sua produção natural de testosterona e é justamente por isso que ciclos de nandrolona devem conter testosterona. Este estado pode permanecer após o uso da mesma por tempos indeterminados. De qualquer forma, a melhor maneira é fazer TPC SERMs após o uso dela.

Baixos níveis de testosterona estão associados com o aumento de estrógeno no corpo, perda de massa magra, aumento da gordura corpórea, perda das funções sexuais, perda de libido, depressão entre outros.

– Hepatoxidade

A deca durabolin não é uma substância altamente hepatotóxica. Apesar de, como quaisquer outras substâncias, ela também ser direta ou indiretamente processada no tecido hepático, seus efeitos prejudiciais não são tão relevantes a ponto de nos preocuparmos excessivamente.

Você não precisará utilizar hepatoprotetores, mas se quiser fazer, é ainda melhor. Lembre-se de que, quanto menos você prejudicar o seu fígado, melhores serão os seus resultados.

A administração da nandrolona

A nandrolona pode ter algumas diferentes formas de ser utilizada, mas isso variará de acordo com seu éster. Levando em consideração que quaisquer formas de nandrolona serão injetáveis, as aplicações devem ser feitas de maneira intramuscular profunda e sempre com a devida higienização. Este não é um esteroide que costuma promover inflamações ou ser muito dolorido.

Ampolas de Nandrolona da Organon

Quanto a meia-vida da substância, para que ela possa ser respeitada, os ésteres de decanoato necessitam ser usados 1X na semana, mas usar 2X garantirá um balanço melhor nas concentrações sanguíneas.

Normalmente, se você dividir as dosagens, não há necessidade de fazer uma aplicação com maior quantidade e uma com menor. Faça ambas com as mesmas dosagens, ou seja, se você vai usar 300mg de decanoato de nandrolona por semana, então, faça duas injeções com 150mg cada, uma na segunda-feira e outra na quinta-feira, por exemplo.

A Deca Durabolin (nandrolona) queima gordura?

A resposta para essa pergunta é: Nenhum esteroide anabolizante tem o poder de queimar gorduras do corpo. Portanto, não, a nandrolona não queima gorduras do corpo!

O que acontece é que como ocorre um aumento de massa magra no corpo, o nosso metabolismo basal tende a ficar mais acelerado, e com uma boa dieta e bons exercícios, o seu corpo consegue queimar gorduras enquanto constrói massa muscular.

Mas isso só acontece se o nível de gordura corporal, for baixa. Se for algo muito grande, não irá adiantar e o uso da deca durabolin não é indicado.

Para perder gordura, precisa de dieta, treino e ajuda de um queimador de gordura, ou termogênico.

É necessário fazer TPC?

Muitas pessoas negligenciam a importância de uma boa terapia pós-ciclo (TPC), porém ela é mais do que essencial para amenizar os efeitos colaterais pós-ciclo.

Uma boa TPC garante manutenção de boa parte dos ganhos, melhora o restabelecimento do eixo HTP, redução de danos hepáticos, aumentos de GH e IGF-1, prevenção de processos de aromatização, entre outros.

Com a nandrolona É NECESSÁRIO FAZER TPC, mas não existe uma regra de uma determinada TPC ideal para este caso. Tudo isso se deve ao fato de que ela pode variar de acordo com o ciclo feito, levando em consideração as substâncias usadas, o tempo de exposição às drogas, as dosagens usadas e a sua resposta individual.

Normalmente, levando em conta um ciclo simples de nandrolona com testosterona, uma TPC SERMs consegue dar conta do recado. Porém, ciclos muito longos e até mesmo com drogas mais supressivas ao eixo HTP podem requerer outros protocolos, inclusive com o uso do HCG.

Porém, é importante avaliar seu quadro como um todo e seus exames pós-ciclo para saber quais serão os melhores protocolos a serem seguidos.

Mulheres, entretanto, não necessitam realizar TPC após o uso da nandrolona.

Compra e segurança da Deca Durabolin

A nandrolona hoje é um esteroide relativamente fácil de ser encontrado original, especialmente porque ela é encontrada em farmácias (Deca Durabolin). Todavia, ainda existem muitos produtos paralelos no mercado, inclusive, que se dizem de farmácia.

Como você deve já saber, não existe uma forma de saber se o esteroide é, ou não, original além de usar o empirismo e análises laboratoriais (o que seria inviável). Portanto, a forma mais segura de se obter a nandrolona mesmo é em farmácias.

O único inconveniente da deca durabolin de farmácia é que ela é vendida em ampolas de 50mg/ml, o que pode ser requerido 6ml na semana, por exemplo. Já as nandrolonas de laboratórios underground podem ser encontradas em concentrações maiores as quais variam de 150mg/ml a 300mg/ml.

A legalidade no uso da nandrolona

Diferente de algumas substâncias, a deca durabolin NÃO É PROIBIDA, mas possui sua venda controlada e somente é feita sob prescrição médica. Na maioria dos países, apesar de não ser proibida, a nandrolona não é comercializada para fins esportivos, ou seja, mesmo com receita médica, é difícil conseguir quantidades necessárias para um ciclo.

No caso de laboratórios undergrounds, esta pode ser uma boa opção, mas não deixa de ser ilegal. Portanto, é sempre essencial que você saiba os riscos que corre e veja se está disposto a pagar por eles.

Perfil da nandrolona

Nome molecular: [19-nor-androst-4-en-3-one-17beta-ol]
Peso molecular (base): 274.4022
Peso molecular (éster): 172.2668
Fórmula (base): C18 H26 O2
Fórmula (éster): C10 H20 O2
Ponto de fusão (base): 122-124C
Ponto de fusão (éster): 31 – 32 C
Laboratório produtor originário: Organon
Data de síntese (nos EUA): 1962
Dose efetiva (Homens): 200-600mgs/semana (2mg/0,454g de peso corpóreo)
Dosagem efetiva (Mulheres): 50-100mgs/semana
Meia-veia: 15 dias
Tempo de detecção: 18 semanas
Taxa anabólica/androgênica: 125:37

Conclusão

A nandrolona é um esteroide injetável, conhecido como Deca Durabolin, e é um esteroide 19-nor, que é uma molécula de testosterona com modificações no carbono 19. Esta mudança traz características singulares à droga e faz dela uma das mais usadas por indivíduos que desejam aumentar expressivamente a sua massa muscular.

Por promover ganhos com retenção hídrica, ela não é ideal para ser usada em cutting, mas pode ter aplicações em baixas dosagens a fim de valorizar seus quesitos terapêuticos como a prevenção de danos articulares.

Não somente homens, mas mulheres podem se beneficiar com o uso da nandrolona, porém apenas as mais experientes devem seguir tais protocolos.

Sendo um esteroide bastante interessante para homens e mulheres, você deve sempre observar as melhores formas de uso de acordo com suas necessidades individuais e, se possível, consultar uma opinião profissional. Exames antes e após o ciclo com deca durabolin serão indispensáveis para propor as melhores formas de realização de uma boa teria pós-ciclo que é altamente necessária.

Bons treinos!

Gostou do conteúdo? Clique nas Estrelinhas abaixo e nos diga, de 1 a 5, qual a sua nota para este conteúdo!

Avaliação média: 4.6
Total de Votos: 32

Deca Durabolin (Nandrolona): O Anabolizante Mais Utilizado no Mundo!
Fórmula dos Gigantes

Artigos Relacionados

Suplementos em Promoção


Receba mais artigos

Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas.

Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

73 Comentários


  1. Silvia disse:

    Olá! Sabe dizer pq as farmácias deixaram de receber o Deca-Durabolin? Está proibido? Obrigada!

  2. LARISSA disse:

    Posso utilizar o Deca conjunto a Oxandrolona como iniciante mulher?

  3. Alícia U. disse:

    Muito bom conteúdo sobre o assunto, informativo e abrangente!

  4. victor disse:

    nao entendo isso de utilizar deca somente com testosterona ou em qualquer outro ciclo, pois vai suprimir ainda mais a produçao emdogena de testosterona, talvez ajude na libido dursnte o ciclo, mas e depois???!!

  5. Carla disse:

    Olá bom eu Quero muito tomar a deca me faleram para fazer 4 ciclos dela e depois 1 ciclo de stanozolol se eu fizer isso Depois eu posso parar de tomar a deca ea stanozolol e tomar suplemento ou eu tenho que tomar anabolizante pro restô da minha vida

  6. Queria saber se caso tomar essa droga poder mesmo diminuir o libido ou e só boatos, varia de genética e etc?

    —–

    Pode diminuir sim. Porém não são todos que tem os mesmos efeitos colaterais.

  7. Thayla disse:

    Sou transexual e faço tratamento hormonal desde os 14 anos gostaria de saber se auxiliar a deca a os hormônios femininos e a um bloqueador de testosterona resultaria em um aumento melhor de massa? Obrigada.

    Só utilize com recomendação médica.

    M.sendon

    http://www.facebook.com/marcelosendonofficial1

Carregar mais Comentários

Deixe o seu comentário!