Publicado em Deixe um comentário

Plano de treinamento de hipertrofia comprovado para fase de bulking

Promoção Suplementos Mais Baratos
Tempo de Leitura: 4 minutos

Bem-vindo ao mundo do treinamento de hipertrofia, onde o objetivo é maximizar o tamanho e a força muscular. Se você está procurando levar seu jogo de fitness para o próximo nível e ganhar massa muscular, então o treinamento de hipertrofia é o caminho a seguir. No entanto, para atingir esse objetivo, você precisa de um plano de treinamento de hipertrofia bem estruturado que leve em conta a ciência por trás do crescimento muscular.

Neste artigo, discutiremos a ciência por trás do treinamento de hipertrofia, os principais componentes de um plano de treinamento de hipertrofia bem-sucedido e o papel crítico que a nutrição desempenha no crescimento muscular. Ao final deste artigo, você terá todas as ferramentas necessárias para iniciar sua jornada de crescimento muscular.

A ciência por trás do treinamento de hipertrofia: entendendo o crescimento muscular

Antes de mergulhar na criação do plano de treinamento de hipertrofia certo, é essencial entender a ciência por trás do crescimento muscular. Os 3 fatores-chave que contribuem para o crescimento muscular são tensão mecânica, estresse metabólico e dano muscular.

Os 3 fatores-chave da hipertrofia: tensão mecânica, estresse metabólico e dano muscular

A tensão mecânica é o estiramento nas fibras musculares quando elas estão sob tensão, como quando levantam pesos. Levantar pesos mais pesados com a forma adequada cria mais tensão mecânica nas fibras musculares.

Veja :  Conheça uma rotina completa de treino em 16 semanas

O estresse metabólico é o acúmulo de subprodutos metabólicos como lactato e íons hidrogênio, que desencadeiam o crescimento muscular. O estresse metabólico é frequentemente alcançado com repetições mais altas em uma série de treino, aumentando o fluxo sanguíneo para o músculo ou controlando o tempo de descanso entre os exercícios.

O dano muscular é resultado da fibra muscular passar por estresse no treinamento, efetivamente criando pequenas rupturas. Essas lágrimas são reparadas pelo corpo, resultando em um leve crescimento muscular, dor muscular e aumento da força muscular.

O plano de treinamento de hipertrofia muscular bombeia: um guia passo a passo

Agora que cobrimos a ciência por trás do treinamento de hipertrofia, vamos mergulhar na construção do plano de treinamento de hipertrofia perfeito.

Fase 1: Construindo uma base sólida com exercícios compostos

Os exercícios compostos referem-se a movimentos que usam vários grupos musculares ao mesmo tempo, como agachamentos, levantamento terra, supino e shoulder press. Estes exercícios estabelecem uma excelente base e ajudam a fortalecer o seu corpo em geral, preparando-o para um treino de hipertrofia mais desafiante

Fase 2: Treinamento específico para hipertrofia: visando as fibras musculares para o máximo crescimento

Agora que você construiu uma base sólida, é hora de se concentrar no crescimento muscular. O treinamento específico para hipertrofia envolve o direcionamento dos grupos musculares com exercícios específicos e repetições mais altas para aumentar a tensão mecânica, o estresse metabólico e o dano muscular.

Para o treinamento de hipertrofia, é necessário entender o volume de trabalho realizado. Um alto volume de trabalho com tempo de descanso suficiente permite que seus músculos se recuperem e cresçam.

Frequência e tempo de descanso: dando aos seus músculos tempo para se recuperar

É importante oferecer aos músculos tempo de descanso suficiente para se recuperar e crescer. Estudos têm mostrado que, quando realizado corretamente, duas a três sessões de treinamento específico para hipertrofia por semana são mais suficientes do que o treinamento diário.

Veja :  Se eu não mudar meu treino, o organismo para de responder aos estímulos?

Seleção de exercícios: Escolhendo os exercícios certos para alcançar seu objetivo

Quando se trata de treinamento de hipertrofia, concentre-se em exercícios que coloquem uma grande quantidade de tensão nos músculos visados. Por exemplo, o ritmo do levantamento deve ser lento e controlado, visando o músculo com um bom aperto dentro do tempo sob tensão.

Representantes e conjuntos: fazendo repetições e conjuntos suficientes para promover o crescimento

O crescimento bem-sucedido do músculo hipertrofia depende muito do número de repetições e séries que você realiza. O treinamento de alto volume é a chave para o treinamento de hipertrofia, e recomenda-se realizar de três a seis séries de oito a 12 repetições para cada exercício.

A importância da nutrição para a hipertrofia: Alimentando seus músculos para o crescimento

A conversa sobre o treinamento de hipertrofia é incompleta sem mencionar como a nutrição é crucial para alcançar seu objetivo de construção muscular.

Ingestão de proteína e tempo: quanta proteína comer e quando comê-la

As proteínas são os blocos de construção dos músculos, e os músculos precisam de uma boa fonte de proteína para o crescimento. Sem uma proteína adequada, você não vai chegar longe com o treinamento de hipertrofia.

A ingestão adequada de proteínas é essencial, e é recomendada para um adulto saudável, 1,2 a 1,5 gramas de proteína por quilograma de peso corporal para promover o crescimento muscular hipertrofia.

Excedente calórico: comer o suficiente para construir músculos sem ganhar gordura em excesso

O excedente calórico é a chave para a hipertrofia do crescimento muscular, mas o desafio está em evitar o ganho excessivo de gorduras. Um excedente de calorias significa consumir mais calorias do que seu corpo usa, apoiando seu treinamento, crescimento e recuperação de hipertrofia.

Por que você precisa de um nutricionista para fase de bulking?

Incorporar hábitos nutricionais adequados em seu plano de treinamento de hipertrofia pode ser uma tarefa assustadora. Portanto, você pode precisar consultar um nutricionista bulking certificado para aconselhamento especializado, obtendo recomendações específicas sobre o horário das refeições, o controle da porção e a ingestão geral de nutrientes.

Veja :  Treino para deltóides e trapézio

Juntando tudo para obter o máximo de resultados

Em conclusão, a construção de um plano de treinamento de hipertrofia completo requer uma combinação de compreensão da ciência por trás da hipertrofia, seleção adequada de exercícios, nutrição adequada, descanso e recuperação. Para maximizar o crescimento muscular e alcançar seus objetivos de construção muscular, coloque todos esses aspectos juntos corretamente.

Ao seguir um plano de treinamento de hipertrofia apoiado pela ciência, concentrando-se no treinamento de volume e na seleção de exercícios, alimentando seu corpo com ingestão suficiente de proteínas e calorias e dando ao seu corpo tempo de recuperação suficiente, você poderá efetivamente aumentar o volume e alcançar os ganhos desejados.

Lembre-se, consistência e paciência são essenciais, e é importante acompanhar seu progresso e ajustar seu plano quando necessário. Com todos esses aspectos em vigor, sua jornada de transformação deve ser cheia de histórias de sucesso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :