sábado, dezembro 3, 2022
Promoção Suplementos Mais Baratos
InícioReceitasDicas e Receitas para Preparar Peito de Frango de Forma Saborosa

Dicas e Receitas para Preparar Peito de Frango de Forma Saborosa

- Advertisement -
Tempo de Leitura: 6 minutos


Muitas pessoas quando tem como objetivo principal a hipertrofia muscular, logo inserem o peito de frango ao seu cardápio, porém, o que notamos é que em poucas semanas estas pessoas criam um certo “nojo” pelo alimento. Isso ocorre, pois poucos são os que pesquisam como preparar de maneira correta, diferenciada e saborosa este alimento tão importante no mundo da musculação.

Um ponto a ser analisado antes de mais nada é: O porquê de grande parte dos fisiculturistas e atletas optam sempre por ingerir peito de frago ao invés de alimentos que também são fontes ricas de proteínas?

A realidade, é que a maior parte dos indivíduos já utilizam diversas fontes de proteínas, entretanto, a fonte mais utilizada entre as demais é o peito de frango, pelo fato de que proporciona uma quantidade considerável de proteína (20-25g de proteína a cada 100g de carne crua), incluindo os aminoácidos indispensáveis para ocasionar na hipertrofia perfeita. Ainda, é um alimento relativamente barato, quando comparado ao demais.

O problema central do frango, se é que podemos chamar de problema, uma vez que facilmente pode-se resolver, é o motivo que por o peito de frango ser uma carne seca (sem conter muita gordura), passa a não ser tão saborosa. Por isso, é importante que você saiba prepará-la da maneira correta.

Se você está começando uma dieta e não quer que seu peito de frango tenha gosto de isopor, leia este artigo e aprenda como prepará-lo de maneira saborosa, com opções variadas de receitas. Entenda também quais sãos benefícios que este alimento poderá lhe proporcionar e ainda obtenha a sua ficha nutricional.

Quer aprender tudo isso e contribuir para a sua hipertrofia muscular? Então continue esta leitura!

10 Benefícios do peito de frango

Agora quero ressaltar que o peito de frango possui sim diversos benefícios, conheça-os mais abaixo!

  1. Rica fonte de proteínas
  2. Fonte de vitaminas e minerais
  3. Auxilia na perda de peso
  4. Ajuda a controlar a pressão sanguínea
  5. Possui vitamina B6, que ajuda na saúde do coração.
  6. Possui selênio, o que ajuda na função da tireoide
  7. Reduz o risco de câncer
  8. Auxilia na redução do colesterol
  9. Auxilia no alívio de resfriados comuns
  10. Baixo custo

Devo cortar o sódio da receita?

Em primeiro lugar, a primeira coisa que você precisa entender, é que se você não é um fisiculturista que tem uma competição a porta ou se você não tem problemas de hipertensão, não é necessário que você elimine o sódio da sua dieta.

O que poucos sabem, é que o sódio é essencial para determinadas funções vitais no organismo, portanto, não corte-o sem traçar antes uma estratégia bem planejada, pois pode ser perigoso.

É importante que você saiba que o nosso organismo a todo momento trabalha para administrar o sódio presente no corpo, se você ingerir sódio demais, ele automaticamente irá descartá-lo por sua urina, e se caso você ingerir pouco sódio, seu organismo irá trabalhar retendo sódio para na próxima você ingerir. Entretanto, se você cortar o sódio, o organismo não consegue administrar as ações e poderá ser muito perigoso para a sua saúde.

Devo eliminar a gordura da minha alimentação?

Uma outras questão importante e muito comum, é que as pessoas tem o hábito de assim que iniciam uma dieta, é começar a cortar a gordura.

Existe um processo em nosso corpo, onde ele utiliza gorduras e colesterol para suportar diversos processos circundam a criação de hormônios, além da questão já levantada mais acima, onde a gordura é a parte que deixará seu alimento mais saboroso.

Logicamente, você não irá se empanturrar de alimentos super gordurosos, sem moderação, entretanto, você poderá deixar seu frango saudável e saboroso de acordo com os objetivos e particularidades de cada indivíduo. Em outras palavras, o segredo não é cortar a gorduras, mas escolher a gordura certa!

Os óleos vegetais devem ser evitados, como milho, canola, soja, girassol e etc…Ainda que eles conseguem deixar a comida bastante saborosa, são inconstantes, não aguentando durante o processo de preparo altas temperaturas, podendo oxidar e liberar compostos tóxicos em seu alimento.

Porém, podemos encontrar outros tipos de óleos que conseguem suportar altas temperaturas e não oxidam, trazendo inclusive diversas propriedades nutricionais para beneficiar sua saúde. São eles: óleo de coco e óleo de oliva extra virgem. Com eles você poderá deixar seu alimento saboroso e saudável!

Ficha Nutricional

Receitas de peito de frango

1 – Peito de frango no forno:

Ingredientes:

  • 1kg de peito de frango (sem pele e sem osso)
  • ½ (meia) colher de sopa de tempero pronto (sal, cebola e alho)
  • ½ limão pequeno espremido
  • 1 colher de sopa rasa de óleo de oliva extra virgem ou óleo de coco
  • 1 colher de sopa de alho moído/triturado
  • 1 colher de sopa de água (para evitar que o frango fique muito seco depois de feito)

Como preparar:

  1. Corte o peito de frango em pedaços menores (cubos ou pequenas tiras) e deixe em um pote/panela com tampa que possa ser usado para guardar na geladeira mais tarde.
  2. Misture o restante dos ingredientes com o frango usando as mãos até que todos os pedaços estejam temperados.
  3. Guarde na geladeira por pelo menos duas horas para pegar mais gosto.
  4. Deixe o forno preaquecendo em 250ºC por 20 minutos, coloque todo o frango temperado em uma travessa e deixe assando por 20 minutos. Não é necessário colocar óleo ou água adicional.

2 – Peito de frango na frigideira antiaderente

Ingredientes:

  • 1kg de peito de frango (sem pele e sem osso)
  • ½ (meia) colher de sopa de tempero pronto (sal, cebola e alho)
  • ½ limão pequeno espremido
  • 1 colher de sopa rasa de óleo de oliva extra virgem ou óleo de coco
  • 1 colher de sopa de alho moído/triturado
  • 1 colher de sopa de água (para evitar que o frango fique muito seco depois de feito)

Como preparar:

  1. Corte o peito de frango em pedaços menores (cubos ou pequenas tiras) e deixe em um pote/panela com tampa que possa ser usado para guardar na geladeira mais tarde.
  2. Misture o restante dos ingredientes com o frango usando as mãos até que todos os pedaços estejam temperados.
  3. Guarde na geladeira por pelo menos duas horas para pegar mais gosto.
  4. Deixe a frigideira no fogo alto por 2 a 3 minutos e colocar a quantia necessária de frango.
  5. Jogue um pouco de água na frigideira e deixe fritar cada lado por cerca de 2 minutos.
  6. Pronto!

3 – Receita de Strognoff light com peito de frango

Ingredientes:

  • 300 gramas peito de frango picado;
  • 1 dente alho picado;
  • 1 xícara molho de tomate;
  • 2 colheres de sopa requeijão light;
  • 1/2 xícara de champignon;
  • sal a gosto;
  • pimenta a gosto.

Modo de preparo:

  • Corte o peito de frango em cubos e reserve.
  • Em uma frigideira grande doure o alho no azeite e acrescente o champignon e o frango.
  • Em seguida, quando estiver cozido, adicione o molho de tomate e deixe apurar em fogo baixo por cerca de 10 minutos.
  • Tempere com sal e pimenta a gosto.
  • Desligue o fogo e acrescente o requeijão, misture bem até incorporar.
  • Sirva em seguida com arroz integral.

5 – Receita light com peito de frango e legumes

Ingredientes:

  • ½ kg de filé de peito de frango cortado em cubos;
  • 1 ovo batido;
  • 1 colher de sopa de amido de milho;
  • sal a gosto;
  • 2 colheres de sopa óleo de oliva extra virgem;
  • 2 tomates sem pele e sem sementes picados;
  • 1 pimentão amarelo picado;
  • 1 pimentão vermelho picado;
  • 1 cebola média cortada em fatias;
  • 1 xícara de chá de água;
  • ½ xícara de chá de molho de soja;
  • 3 colheres de sopa de amido de milho;
  • 1 colher de sopa de extrato de tomate.

Modo de preparo:

  • Em uma vasilha grande coloque o frango e misture com o ovo, 1 colher de amido de milo, alho e sal.
  • Misture tudo muito bem e reserve.
  • Coloque o óleo de oliva extra virgem em uma frigideira e doure o frango até estar cozido e macio.
  • Acrescente o tomate, pimentões, cebolas e deixe cozinhar por mais alguns minutos.
  • Acrescente a água, o molho de soja, o restante do amido de milho, extrato de tomate e misture tudo.
  • Deixe apurar por mais alguns minutos. Sirva em seguida acompanhado de arroz integral.

Conclusão:

Portanto, como você pôde ver ao longo deste artigo, o peito de frango não é um alimento que podemos classificar como obrigatório para a hipertrofia muscular, caso não goste, existem outras opções. Entretanto, ele é um dos alimentos mais baratos e rico em diversos benefícios, por este motivo, torna-o presente em quase todas as dietas.

Agora, se o problema era não saber diversificar a sua dieta, esse prolema creio que já foi resolvido, pois neste artigo você entendeu o que deve e o que não deve estar presente em sua alimentação, logicamente, ensinamos a diversificar o modo de preparo para deixar sua alimentação saudável e saborosa.

Sobre o Autor do Post

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui




Enter Captcha Here :

Mais Recentes