Publicado em Deixe um comentário

Dieta do Ovo emagrece | O que comer e Como fazer

Dieta do ovo funciona ? como fazerTempo de Leitura: 5 minutos

Essa dieta surgiu com a intenção de se obter um emagrecimento rápido e tem duração de 3 a 10 dias, existindo duas versões pra ela : A dieta de 3 dias e a de 10 dias.

O ovo é um alimento muito nutritivo considerado um super alimento e melhor inibidor de apetite devido a sua composição fonte de proteína de alto valor biológico, gorduras monoinsaturadas, zinco, vitaminas A, E e D, ferro, potássio, magnésio, vitaminas do complexo B, selênio e colina. Por isso, ele foi escolhido como principal alimento no cardápio dessa dieta, além de ser barato e versátil podendo ser consumido em forma de omelete, cozido, frito ou mexido. 

Quantas calorias tem

É pouco calórico, tem em média entre 60 a 70 kcal por unidade e tem a propriedade de produzir grande sensação de saciedade. Ele auxilia o emagrecimento, ajudando na queima de gordura, controla os níveis de açúcar no sangue e contribui para o aumento da massa muscular e redução do colesterol ruim. Também auxilia no funcionamento de várias funções neurológicas como a contração muscular e a memorização. 

Geralmente em cada refeição ele é associado a algum alimento pouco calórico e com pouco carboidrato, basicamente é uma dieta low carb.

composição do ovo
composição do ovo

O que comer na dieta do ovo de 3 dias ?

O protocolo de 3 dias consiste em 3 refeições diárias ( café da manhã, almoço e jantar ), sem lanches nem beliscos e com consumo de 2 ovos em cada refeição. 

Para acompanhar os ovos são permitidos outros alimentos proteicos magros como frango, peixes, carnes; vegetais sem amido como, abobrinha, tomate, brócolis; folhosos a vontade como alface, espinafre, rúcula; laticínios e queijos integrais; e temperos como azeite, vinagre, limão e ervas. As frutas permitidas são as com baixo teor de carboidratos como os morangos, laranjas, tangerinas e ameixa inibidor de apetite.

Já os alimentos proibidos são os carboidratos tipo pães, massas, arroz, batata, leguminosas ( feijão, lentilha, ervilha, grão de bico ), frutas tipo banana, manga, maçã e também açúcar refinado seja em refrigerantes ou biscoitos, bolos e guloseimas. 

E beber muita água, pelo menos uns 3 a 4 litros por dia para manter o corpo hidratado e facilitar a desintoxicação.

Como fazer a dieta do ovo para emagrecer ?

Nesses três dias deve-se ingerir os ovos feitos da maneira que quiser, com 20 gramas de  queijo e uma salada de folhas ou uma fruta cítrica.

O queijo deve ser aqueles mais gordos como muçarela ou prato pois eles possuem mais gordura do que carboidrato contribuindo para a saciedade emagrecedor natural.

Exemplo de cardápio :

  • Café da manhã : 2 ovos mexidos com 20g de queijo+ 1 tangerina ou 10 morangos
  • Almoço : Omelete de espinafre com 2 ovos e 20 g de queijo
  • Jantar : 2 ovos cozidos + 1 prato grande de salada de folhas com 20g de queijo

Essa dieta deve ser feita somente por 3 dias e depois fazer uma pausa de 4 dias e se quiser pode, repetir por mais 3 dias.

E o ovo de codorna ?

Esse ovo tem basicamente as mesmas propriedades com algumas pequenas diferenças :

5 ovos de codorna equivalem a 1 ovo de galinha, possui um pouco menos de calorias e contém o dobro da quantidade de vitamina B1. Também tem um pouco mais de proteínas em sua composição, cerca de 13% em comparação a 11% do ovo de galinha.

É uma opção bastante viável ao ovo de galinha.

Quantos quilos se emagrece com a dieta do ovo de 3 dias?

A dieta para emagrecer realmente ajuda a emagrecer por conta da redução drástica de calorias em curto período de tempo, o que a longo prazo se mostra ineficaz em conseguir manter o peso perdido. 

E também a maior parte do peso eliminado é, na verdade, água devido a grande restrição de carboidratos. Isso ocorre devido a presença de corpos cetônicos desencadeados pela utilização de gordura como fonte de energia, que faz com que se elimine mais sódio e água pela urina e também pela utilização do glicogênio que fica acumulado no músculo junto com moléculas de água e quando é quebrado para ser utilizado como energia sem precisar remedio para emagrecer, também elimina água pela urina. 

Ou seja, depois de 3 dias quando a dieta acaba e se volta a consumir carboidratos, a água retorna ao corpo voltando grande parte do peso perdido. 

Além disso, a dieta não promove uma reeducação alimentar nem uma mudança de hábitos que exerce um papel crucial na manutenção do peso ao longo do tempo. 

Com um cardápio muito limitado como essa dieta, se deixa de consumir diversos nutrientes em quantidades necessárias podendo ocasionar um desequilíbrio nutricional. O ideal é evitar repetir os mesmos alimentos e diversificar o máximo possível.

Dieta do ovo emagrece
Dieta do ovo emagrece

A dieta ovo é segura ?

Uma das preocupações que podem surgir é sobre o colesterol. O ovo realmente possui uma quantidade significativa ainda mais ingerindo, em média, 6 unidades por dia. Mas como a dieta tem duração de somente 3 dias, não tem motivos para se preocupar a não ser que tenha alguma restrição, ou já possua uma taxa de colesterol alta. 

Indivíduos com algum problema renal devem evitá-la pois o alto consumo de proteínas Suplementos para emagrecer e o aumento da diurese podem sobrecarregar os rins.

Prós e Contras da dieta do ovo :

Prós :

– Promove uma perda de peso rápida

– De curta duração

– Praticidade

– Não conta calorias

Inibidor de apetite

Contra :

– Não é uma dieta personalizada podendo não atender as necessidades nutricionais

– De baixa aceitação a longo prazo

– Promove um reganho de peso após o término da dieta

– Deve ser evitada por quem já possui problemas com o colesterol e nos rins

– Não promove uma mudança de hábitos

– Não pode ser feita por mais de 10 dias

5 ovos de codorna equivalem a 1 ovo de galinha, possui um pouco menos de
calorias e contém o dobro da quantidade de vitamina B1. Também tem um pouco mais de
proteínas em sua composição, cerca de 13% em comparação a 11% do ovo de galinha.
É uma opção bastante viável ao ovo de galinha.
Quantos quilos se emagrece com a dieta do ovo de 3 dias?
A dieta realmente emagrece por conta da redução drástica de calorias em curto
período de tempo, o que a longo prazo se mostra ineficaz em conseguir manter o peso
perdido.
E também a maior parte do peso eliminado é, na verdade, água devido a grande
restrição de carboidratos. Isso ocorre devido a presença de corpos cetônicos
desencadeados pela utilização de gordura como fonte de energia, que faz com que se
elimine mais sódio e água pela urina e também pela utilização do glicogênio que fica
acumulado no músculo junto com moléculas de água e quando é quebrado para ser
utilizado como energia, também elimina água pela urina.
Ou seja, depois de 3 dias quando a dieta acaba e se volta a consumir
carboidratos, a água retorna ao corpo voltando grande parte do peso perdido.
Além disso, a dieta não promove uma reeducação alimentar nem uma mudança
de hábitos que exerce um papel crucial na manutenção do peso ao longo do tempo.
Com um cardápio muito limitado como essa dieta, se deixa de consumir diversos
nutrientes em quantidades necessárias podendo ocasionar um desequilíbrio nutricional. O
ideal é evitar repetir os mesmos alimentos e diversificar o máximo possível.

Publicado em 151 comentários

Aprenda como a proteína da clara do ovo ajuda na musculação

Dieta de clara de ovoTempo de Leitura: 4 minutos


Albumina, proteína da clara do ovo, clara de ovo em pó, clara de ovo pasteurizada… Ou simplesmente OVO! Essas são algumas das denominações que a proteína presente no ovo recebe. Apesar de ser uma proteína ainda banalizada por muitos e colocada sua eficácia em dúvida, a proteína da clara do ovo demonstra aspectos ímpares, tanto em efetividade, quanto em custo benefício.

Assim, diferente de muitos mitos populares ou mesmo preconceitos com essa excelente fonte de proteínas, aprenderemos um pouco mais sobre ela e esclareceremos alguns pontos sobre seu consumo, estimulando-o a obter ainda mais resultados com essas novas descobertas colocadas em prática.

A proteína da clara do ovo

A proteína da clara do ovo pode ser considerada uma proteína de alto valor biológico (AVB), o que demonstra que ela possui todos os aminoácidos essenciais para o corpo. Ainda nesse ponto, por se tratar de uma proteína de origem animal, ela possui quantidades significantes de BCAAs, que são grandes aminoácidos relacionados com a musculação, por seu caráter energético e por ser capaz de estimular a síntese proteica e também a secreção de insulina, o que contribuirá para o anabolismo e o anti-catabolismo muscular. Além disso, ela é rica em outros aminoácidos que são de alta importância no corpo como a L-Glutamina, que está intimamente relacionada com o sistema imunológico, está relacionada com a diminuição da fadiga muscular e etc.

Entre as vitaminas presentes na clara do ovo, que não são muitas, a que mais se destaca é a Riboflavina, também chamada de Vitamina B2 (cerca de 100g de clara de ovo fornecem 28% das necessidades diárias dessa vitamina), que participa do metabolismo energético e é de extrema importância para a saúde dos olhos, pele, cabelos e boca. Caso haja uma deficiência dessa vitamina no corpo, podem ocorrer ulcerações bocais, inflamações gengivais, entre outros sintomas, além do metabolismo energético ser prejudicado.

Já entre os minerais presentes na clara do ovo, os que estão em maior concentração é o sódio, o que também não é algo a se preocupar, e o selênio, que em cerca de 100g de claras de ovos fornece cerca de 29% das necessidades diárias recomendadas.

Suas características de digestão, são muito interessantes. Apresentando-se fácil de digerir, por sua frágil estrutura, a clara de ovo é altamente recomendada para muitas pessoas que sentem desconfortos ou outros problemas no trato gastrointestinal ao se alimentarem com fontes mais pesadas de proteínas, como as carnes.

Portanto, apresentando uma nutrição tão ímpar, a clara de ovo é uma opção barata para fornecimento proteico, seja para praticantes de musculação, praticantes de outras modalidades esportivas ou mesmo indivíduos inativos no esporte. Ela será uma grande aliada na recuperação muscular.

A utilização da clara do ovo

A clara do ovo é muito versátil, de fácil preparo e pode ser consumida desde em sua forma pura, até em adição a receitas doces e salgadas.

Quando consumida sozinha, boas opções são: cozida, pochê, grelhada ou mesmo frita. Entretanto, JAMAIS deve-se consumir a clara de ovo crua, pois isso certamente acarretará prejuízos para a saúde, como a salmonelose. Além disso, ela possui fatores antinutricionais quando crua, o que reduzirão sua eficácia e a absorção de outras vitaminas e proteínas. Quando cozida ou grelhada, é importante que ela passe por um cozimento onde o seu centro geométrico (gema) chegue em pelo menos 74-76ºC.

Os momentos para o consumo da clara do ovo são inúmeros e não existem regras. Ela pode ser uma proteína extremamente interessante para se consumir na primeira refeição, pois combina com alimentos doces; pode ser uma opção antes de dormir, pela facilidade de digestão; e até mesmo usada antes do treino, para facilitar a digestão. Apesar de não ser a proteína mais interessante para se consumir imediatamente após o treino, ela é interessante para a refeição sólida após o treino, onde podemos propor proteínas com uma maior facilidade na digestão.

Cansado de treinar, se alimentar e suplementar mas nunca ver os resultados?

Se você está cansado de se “alimentar corretamente”, de suplementar o que as pessoas te falam e dos treinos que seus professores de academia lhe passam, fique tranquilo, eu tenho a solução para você! A solução que tem ajudado a diversas pessoas a chegarem em seus resultados, de forma natural, apenas utilizando treinos corretos, alimentação correta e suplementação eficaz.

Chega de frango com batata doce todo dia… Chega de whey protein a toda hora… Está na hora de você aprender o que realmente é eficaz para a Hipertrofia Perfeita e colocar em prática só o que funciona, sem perder tempo com esse monte de baboseira que as pessoas tem dito por ai. Faz sentido para você? Está interessado?

Conclusão:

Presente diretamente ou indiretamente na dieta de diversas regiões do mundo, a clara de ovo exibe-se como uma excelente opção de consumo proteico, e é capaz de promover bons resultados em aspectos relacionados a saúde e também ao desempenho físico.

VEJA TAMBÉM: Importância de ingerir o ovo inteiro na dieta

Portanto, sabendo como consumi-la adequadamente, nas quantidades e momentos corretos, certamente muitos serão os benefícios obtidos de maneira prática e barata.